Meteorologia

  • 19 JULHO 2018
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 19º

Edição

Morreu João Calvão da Silva, ex-ministro de Passos Coelho

O ex-presidente do Conselho Nacional de Jurisdição do PSD morreu esta terça-feira, aos 66 anos, vítima de doença prolongada. O presidente do partido já expressou, em nome pessoal e do PSD, "as mais profundas condolências".

Morreu João Calvão da Silva, ex-ministro de Passos Coelho
Notícias ao Minuto

12:41 - 20/03/18 por Lusa com Notícias ao Minuto

País PSD

João Calvão da Silva nasceu em 20 de fevereiro de 1952, foi professor universitário, e desempenhou o cargo de ministro da Administração Interna no curto segundo Governo PSD/CDS-PP liderado por Pedro Passos Coelho, em 2015, que durou menos de um mês.

Até ao último congresso do PSD, que se realizou em fevereiro, foi presidente do Conselho de Jurisdição Nacional do partido, mas já não participou no encontro devido à doença, tendo merecido palavras de homenagem do antigo e do atual presidente do PSD, Pedro Passos Coelho e Rui Rio, durante a reunião magna.

Politicamente, foi dirigente do PSD e deputado à Assembleia da República, entre 1995 e 1999.

De 1983 a 1985, foi secretário de Estado Adjunto do vice-primeiro-ministro, Carlos Mota Pinto, no governo de Bloco Central (PS-PSD).

Nascido em Montalegre, licenciou-se em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra, em 1975, universidade pela qual se doutorou em 1990 e onde lecionou.

Depois da experiência governativa, entre 1985 e 1992, foi presidente da Comissão de Fiscalização da TAP Portugal. Entre 1992 e 1995 foi membro do Conselho Superior do Ministério Público, tendo também integrado o Conselho Superior da Magistratura, até 2009.

PSD lamenta profundamente o desaparecimento de Calvão da Silva

O presidente do PSD, Rui Rio, já expressou "as mais profundas condolências pelo falecimento do professor João Calvão da Silva, em seu nome pessoal e em nome do Partido Social Democrata", lê-se no comunicado enviado às redações.

Destacando os "diversos cargos" que desempenhou  no PSD, Rui Rio sublinha "a  militância ativa e defesa das causas nacionais" de Calvão da Silva.

O corpo do professor catedrático, que faleceu esta terça-feira, aos 66 anos, vítima de doença prolongada, ficará em câmara ardente na Capela da Universidade de Coimbra, a partir das 15h00 de hoje. O funeral realiza-se amanhã, pelas 15h00.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador.

Ao utilizar o nosso website, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.