Meteorologia

  • 15 AGOSTO 2018
Tempo
20º
MIN 20º MÁX 20º

Edição

Mulher detida por não respeitar ASAE. Comida tinha larvas e baratas

A dona do estabelecimento comercial não acatou a decisão da ASAE e reabriu as instalações, acabando por ser detida.

Mulher detida por não respeitar ASAE. Comida tinha larvas e baratas

A GNR, através do Comando Territorial de Castelo Branco, deteve uma mulher de 68 anos, no concelho da Sertã, que não cumpriu uma determinação da Autoridade de Saúde Alimentar e Económica (ASAE).

Em causa está o facto de a entidade de saúde alimentar ter encontrado no estabelecimento comercial alimentos “em decomposição e putrefação, assim como, fora da validade e suscetíveis de criar perigo para a saúde”, revela o comunicado enviado às redações.

Nesta ação de fiscalização foram apreendidos 35 artigos alimentares, muitos deles com larvas e baratas que “foram destruídos, após análise do veterinário municipal”.

No decorrer das diligências verificou-se que a suspeita, no dia 5 de dezembro de 2017, já havia sido notificada pela Autoridade de Saúde Alimentar e Económica (ASAE) de Castelo Branco para suspender a atividade comercial de venda de bens alimentares, a qual não cumpriu, levando à sua detenção.

A suspeita foi constituída arguida e sujeita a termo de identidade e residência.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador.

Ao utilizar o nosso website, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.