Meteorologia

  • 08 DEZEMBRO 2019
Tempo
17º
MIN 12º MÁX 17º

Edição

Entre-os-Rios: Gabinete de apoio compensa "falta de resposta do Estado"

A Associação dos Familiares das Vítimas da Tragédia de Entre-os-Rios inaugura no sábado, em Castelo de Paiva, um gabinete de apoio psicossocial para compensar a "falta de resposta do Estado".

Entre-os-Rios: Gabinete de apoio compensa "falta de resposta do Estado"

"O gabinete surge devido à omissão do Estado em dar uma resposta de proximidade aos familiares", explicou hoje à Lusa o presidente da associação, Augusto Moreira.

Segundo o dirigente, "o gabinete surge porque os familiares das vítimas não têm nenhuma resposta ao nível de apoio psicológico e há estudos que indicam a importância desse apoio".

O representante sublinhou ter "chegado a hora de dar condições aos familiares de terem um apoio especializado, de forma gratuita", já que prevalece ainda, na localidade, uma situação de isolamento destas pessoas.

"Alguns familiares, por dificuldades financeiras ou por constrangimentos psicológicos, não atravessam a ponte de Entre-os-Rios para irem a consultas ao Hospital de Penafiel", destacou.

Questionado sobre o facto de o gabinete só agora ser criado, 16 anos depois da queda da Ponte Hintze Ribeiro, que provocou 59 mortos, a maioria dos quais de Castelo de Paiva, Augusto Moreira alegou dificuldades económicas.

A associação é formada por familiares das vítimas mortais e a falta de condições financeiras e logísticas atrasou o objetivo de abrir um apoio destes, observou.

O gabinete psicossocial vai funcionar numa habitação adquirida há um ano, no lugar de Raiva, no concelho de Castelo de Paiva, servindo cerca de meia centena de familiares das vítimas da queda da ponte.

O novo serviço será composto por uma equipa multidisciplinar, com um assistente social, voluntários e um ou dois psicólogos. A associação pretende fazer um protocolo com uma universidade, na área da psicologia, para ter esse apoio semanalmente.

É também objetivo criar mais valências no imóvel onde ficará instalado o gabinete, nomeadamente um centro de acolhimento de pessoas vítimas de violência doméstica e maus-tratos e uma casa de emergência social.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório