Meteorologia

  • 15 SETEMBRO 2019
Tempo
22º
MIN 21º MÁX 30º

Edição

Miguel Macedo terá influenciado outros membros do Governo

Ex-ministro da Administração Interna terá conseguido influenciar vários secretários de Estado a ajudá-lo em processos de vistos gold

Miguel Macedo terá influenciado outros membros do Governo

Miguel Macedo foi ontem formalmente acusado pelos crimes de prevaricação e tráfico de influência nos processos de vistos gold. Porém, refere o Público a acusação não deixa imune vários outros elementos do anterior Governo.

Falamos de Paulo Núncio, secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, Rui Machete, secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros e José Cesário, secretário de Estado das Comunidades, que terão ajudado a favorecer pessoas próximas de Macedo.

Paulo Núncio terá aceitado reunir-se com os responsáveis da empresa ILS, a qual terá trazido para Portugal vários cidadãos líbios, vítimas de guerra, sem ter que pagar os 23% de IVA relativos a dois contratos de saúde realizados com o Ministério da Saúde líbio.

Já Rui Machete terá ajudado Macedo a desbloquear os vistos dos cidadãos sírios e José Cesário surge como candidato a sócio de uma futura agência que prestava serviços a cidadãos chineses que quisessem obter vistos gold no país.

A acusação, que envolve mais de 500 páginas, faz referência ainda a um caderno de encargos para operar e manter os helicópteros Kamov, comprados em 2006 pelo Estado, e que terá sido aberto três meses antes da data de início da abertura do concurso.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório