Meteorologia

  • 25 OUTUBRO 2021
Tempo
22º
MIN 14º MÁX 23º

Edição

Grupo usava credenciais falsas para roubar contas bancárias

Operação da Polícia Judiciária resultou na detenção de uma mulher, presumível líder do grupo, suspeita de crimes de burla informática e branqueamento.

Grupo usava credenciais falsas para roubar contas bancárias

Uma mulher foi detida e vários documentos foram apreendidos, esta segunda-feira, pela Polícia Judiciária, depois de uma operação que decorreu nas localidades do Porto, Matosinhos e Vila Nova de Gaia.

A operação tinha como alvo um dos elementos centrais de um grupo criminoso que se dedica à presumível prática de crimes de burla informática, acesso ilegítimo e falsidade informática. 

A detida, suspeita de liderar o grupo, é uma mulher de 39 anos, sem antecedentes criminais, sobre a qual impendem indícios da prática de pelo menos 10 crimes de burla, 15 crimes de burla informática, 16 crimes de falsidade informática e 13 crimes de acesso ilegítimo.

De acordo com o apurado até ao momento pela investigação, este grupo criminoso acedeu e subtraiu de diversas contas bancárias valores a rondar os 50.000 euros, servindo-se de credenciais falsas de acesso ao 'home banking' dos lesados.

De acordo com o comunicado da Polícia Judiciária, foi apreendida documentação diversa relativa à atividade criminosa, entre correspondência desviada aos lesados, ficheiros informáticos e mais de 4.000 registos com informações confidenciais de particulares e empresas.

A mulher detida vai ser presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação.

Leia Também: Homens atraídos para encontros amorosos acabaram assaltados no Norte

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório