Meteorologia

  • 11 ABRIL 2021
Tempo
12º
MIN 11º MÁX 21º

Edição

Depressão Hortense: Imagens mostram a intensidade do vento

Por causa do vento, o IPMA colocou sob aviso amarelo os distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Vila Real, Bragança, Aveiro, Viseu e Coimbra.

Portugal continental está a ser afetado esta sexta-feira por chuva e vento forte e agitação marítima devido à passagem de sistemas frontais associados à depressão Hortense, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Na sequência da previsão, o IPMA colocou os distritos de Castelo Branco e Guarda sob aviso laranja até às 09h00 de hoje devido à previsão de oeste com rajadas até 95 quilómetros por hora, sendo até 120 quilómetros por hora (km/h) nas terras altas.

Por causa do vento, o IPMA colocou sob aviso amarelo os distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Vila Real, Bragança, Aveiro, Viseu e Coimbra, até às 12h00 de hoje, prevendo-se rajadas até 70 km/h, sendo até 90 km/h nas terras altas. Na galeria acima, pode assistir a um registo captado no distrito de Vila Real e que mostra a intensidade com que o vento soprou durante a noite passada.

O vento forte provocou quedas de árvores em Portugal continental e só no distrito de Viseu foram registadas 60 ocorrências, sem gravidade.

Os distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Viseu, Vila Real, Bragança e Castelo Branco estão igualmente sob aviso amarelo devido à queda de neve acima da cota dos 1.200 metros até às 15h00 de hoje.

O IPMA colocou ainda os distritos de Viana do Castelo, Porto, Braga, Aveiro, Coimbra, Leiria e Lisboa sob aviso laranja até às 22h00 de hoje devido à agitação marítima com ondas de noroeste com 5 a 6 metros, podendo atingir 10 a 12 metros de altura máxima, passando depois a amarelo até às 09h00 de sábado.

O aviso laranja indica situação meteorológica de risco moderado a elevado e o amarelo é emitido pelo IPMA sempre que existe risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.

Em declarações à agência Lusa, a meteorologista Paula Leitão adiantou que o vento e a chuva vão diminuir de intensidade durante o dia de hoje.

"A situação mais gravosa já passou durante a noite com aguaceiros forte e vento forte e houve trovoada, mas tudo isso está a diminuir de intensidade. Para hoje ainda são esperados aguaceiros que serão mais frequentes nas regiões do Norte e Centro", disse.

De acordo com Paula Leitão, também o vento vai diminuir de intensidade a partir da manhã de hoje.

Leia Também: Portugal continental afetado por passagem da depressão Hortense até sexta

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório