Meteorologia

  • 06 DEZEMBRO 2021
Tempo
11º
MIN 9º MÁX 17º

Edição

Luso-canadiano detido no Algarve por sequestro é assassino condenado

O jornal Mirror divulgou vários pormenores sobre o homem, de 35 anos, que sequestrou e violou duas mulheres no Algarve.

Luso-canadiano detido no Algarve por sequestro é assassino condenado

O luso-canadiano de 35 anos detido no dia 7 de janeiro pela Polícia Judiciária (PJ), no Algarve, por suspeitas do crime de rapto, sequestro, violação e ameaça agravada de duas mulheres, é um assassino já condenado.

O Notícias ao Minuto já tinha noticiado esta informação, com base numa notícia avançada pela SIC Notícias, no dia 8 de janeiro, contudo, este sábado, dia 19 de janeiro, o Mirror revela mais detalhes sobre o suspeito e sobre o homicídio pelo qual foi condenado, no Canadá.

De acordo com o jornal britânico, o suspeito chama-se Donald Fernandes e, em 2003, participou no homicídio do engenheiro reformado José Silveira, de 66 anos, morto a tiro em Montreal.

Donald Fernandes e outros dois cúmplices terão tentado roubar nove revólveres antigos à vítima, mas como esta resistiu abateram-na a tiro. O luso-canadiano, agora detido no Algarve, terá sido o motorista do carro onde o trio se colocou em fuga após o homicídio.

Ainda segundo a mesma publicação, quem disparou os tiros foi Raphael Gopie, de 19 anos. Já o autor moral do crime foi David Langlais, de 22 anos, enteado de uma das filhas da vítima.

Dois anos depois de ter sido detido, Donald Fernandes fugiu da prisão. Após seis dias foragido, rendeu-se às autoridades.

Depois de sair da prisão, onde esteve detido durante sete anos, Donald Fernandes viajou até Portugal e instalou-se no Algarve.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

;
Campo obrigatório