Meteorologia

  • 24 ABRIL 2019
Tempo
12º
MIN 10º MÁX 14º

Edição

Gémeas acusadas de matarem bebé no Seixal condenadas a prisão

A sentença foi conhecida esta terça-feira no Tribunal de Almada, distrito de Setúbal.

Gémeas acusadas de matarem bebé no Seixal condenadas a prisão

As duas irmãs que, em abril de 2018, mataram uma bebé no Seixal, distrito de Setúbal, foram condenadas, esta terça-feira, a penas de prisão de 15 e 18 anos.

A mãe da bebé foi condenada a 18 anos e três meses de prisão, enquanto a irmã gémea, tia da bebé, foi condenada a 15 anos e três meses. 

Em causa estão os crimes de homicídio qualificado e profanação de cadáver na forma tentada.

Recorde-se que, nas alegações finais do julgamento, o Ministério Público havia pedido a pena máxima de prisão - 25 anos - para as duas irmãs pela coautoria dos crimes de homicídio qualificado e profanação de cadáver.

Recorde-se que em 9 de abril do ano passado, na localidade de Corroios, no Seixal, Rafaela, então com 25 anos, deu à luz uma menina em casa, estando apenas presente a irmã gémea, Inês.

Assim que a bebé nasceu, a mãe da recém-nascida esfaqueou-a até à morte, contando para o efeito com o auxílio da irmã. Antes, tentaram afogar a bebé.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório