Meteorologia

  • 13 DEZEMBRO 2018
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

Quercus pede fim às largadas de balões

A Organização alerta para o impacte ambiental.

Quercus pede fim às largadas de balões
Notícias ao Minuto

16:40 - 11/09/18 por Filipa Matias Pereira 

País Ambiente

Este verão, as tradicionais romarias que se realizaram um pouco por todo o país não foram assinaladas, como era habitual, com o fogo de artifício. Em causa estava a proibição imposta pelas autoridades como medida de prevenção de incêndios florestais.

Ora, como refere a Quercus, em muitos destes casos, os fogos de artifício foram substituídos por largadas de balões. Por isso, a Organização enviou ao Ministério do Ambiente, com conhecimento de todos os Grupos Parlamentares e Partidos com assento na Assembleia da República, um novo pedido para a adoção de medidas que proíbam a largada de balões.

Os balões, de plástico, “por vezes são equipados com lâmpadas LED usadas particularmente em libertações noturnas de eventos festivos” e, depois de lançados, o seu destino serão “as matas mais próximas ou os meios marinhos (rios, lagoas, mares ou oceanos). Aliás, em limpezas de matas e praias é frequente encontrar-sem vestígios de balões”.

A Quercus adverte ainda que “o plástico é um material duradouro, havendo assim uma grande probabilidade de armazenamento na natureza de milhares destes exemplares com os impactos negativos que lhes estão associados”.

Já em 2016, a Quercus pediu regulamentação ao Ministério do Ambiente, solicitação que reiterou agora, junto deste Ministério e de todos os Grupos Parlamentares e Partidos com assento na Assembleia da República, para a adoção de medidas que proíbam as largadas de balões.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório