Meteorologia

  • 19 AGOSTO 2018
Tempo
32º
MIN 32º MÁX 33º

Edição

Apesar "do que se chegou a temer", concentração decorreu sem incidentes

A 37.ª Concentração Internacional de Motos terminou sem incidentes ou alterações significativas da ordem pública e, de acordo com dados da Câmara de Faro, reuniu 20 mil visitantes durante os quatro dias de evento.

Apesar "do que se chegou a temer", concentração decorreu sem incidentes
Notícias ao Minuto

10:33 - 23/07/18 por Lusa

País Câmara de Faro

Em comunicado, a Câmara de Faro elogiou o trabalho das autoridades envolvidas, "que souberam estar à altura das circunstâncias, montando um dispositivo de segurança que foi eficiente e ajustado na sua implementação".

A edição deste ano da Concentração de Motos de Faro decorreu numa altura em que as autoridades receavam confrontos entre grupos rivais no recinto após a detenção de mais de 50 pessoas ligadas ao grupo Hells Angels.

"Ao contrário do que se chegou a temer, não se registaram alterações significativas da ordem pública, o que demonstra bem, uma vez mais, o caráter pacífico e até familiar desta que é considerada uma das maiores concentrações motards de todo o Mundo", lê-se no comunicado divulgado pela autarquia.

Além de um total de 1.000 voluntários, o evento envolveu elementos de autoridades policiais, dos bombeiros, do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), da Cruz Vermelha e outros, que implementaram o plano de segurança elaborado com o apoio da autarquia.

A organização da Concentração de Motos de Faro manteve a segurança habitual no recinto, instalado em Vale das Almas, junto ao aeroporto de Faro, embora o dispositivo policial nas áreas envolventes tenha sido reforçado face a anos anteriores.

A Polícia Judiciária deteve há duas semanas 59 elementos do grupo de motociclistas Hells Angels (58 em Portugal e um na Alemanha), por indícios de tentativa de homicídio, roubo, ofensa à integridade física e associação criminosa.

Três dos 59 arguidos no processo passaram de prisão preventiva para prisão domiciliária com pulseira eletrónica, este domingo, mas há ainda outras 36 pessoas que estão com a medida de coação mais pesada. Do grupo detido, 19 estão em liberdade, mas obrigados a apresentaram-se às autoridades com regularidade.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador.

Ao utilizar o nosso website, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.