Meteorologia

  • 17 DEZEMBRO 2017
Tempo
MIN 5º MÁX 6º

Edição

Brasil confiante em acordo comercial entre UE e Mercosul

O Presidente brasileiro Michel Temer participa na próxima reunião da Organização Mundial do Comércio (OMC), confiando de que será anunciada a conclusão de um acordo comercial entre a União Europeia e o Mercosul, disse hoje fonte oficial em Brasília.

Brasil confiante em acordo comercial entre UE e Mercosul
Notícias ao Minuto

20:15 - 07/12/17 por Lusa

Mundo OMC

"A expectativa é que o anúncio político da conclusão das negociações [entre os dois blocos] seja feito durante a reunião ministerial da OMC, embora algumas questões técnicas permaneçam pendentes", afirmou hoje Carlos Márcio Cozendey, subsecretário de Assuntos Económicos do Ministério das Relações Exteriores do Brasil.

A OMC organizará uma reunião ministerial ente 10 e 13 de dezembro em Buenos Aires, que contará com a presença dos Presidentes da Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai, países fundadores do Mercosul.

As negociações do bloco sul-americano com a União Europeia, que começaram há duas décadas atrás, entraram numa fase decisiva em 2016 e se aproximaram de uma conclusão depois de delegados de ambos os lados terem trocado novas propostas na passada quarta-feira, em Bruxelas.

De acordo com Márcio Cozendey, as propostas já estão em análise e continuarão a ser debatidas a nível ministerial em Buenos Aires em novos encontros de representantes dos dois blocos, à margem da reunião da OMC.

O diplomata brasileiro considerou que, se o "anúncio político" sobre o fim das negociações entre o Mercosul e a UE for atingido, o acordo comercial entre a UE e o Mercosul poderá ser assinado "durante o primeiro semestre do próximo ano".

Márcio Cozendey reconheceu, no entanto, que ainda há dificuldades por resolver, especialmente as relacionadas com a entrada de carne e de biocombustíveis do Mercosul no mercado europeu.

A proposta inicial apresentada pela UE não ia ao encontro das exigências do bloco sul-americano e não foi alterada nas propostas "melhoradas" apresentadas esta semana.

No entanto, fontes próximas das negociações disseram à agência de notícias espanhola Efe que os capítulos do acordo sobre a carne e os biocombustíveis poderiam ser objeto de uma discussão entre ministros de ambas as partes a fim de alcançar uma "solução política para o que não pudesse ser acordado" pelas equipas técnicas.

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório