Meteorologia

  • 23 OUTUBRO 2017
Tempo
11º
MIN 7º MÁX 14º

Edição

Famosa jihadista britânica morta por drone norte-americano

Sally Jones tornou-se um dos principais alvos da coligação internacional liderada pelos Estados Unidos, devido às constantes ameaças ao Ocidente. Tal como aconteceu com o seu marido, foi morta, na Síria, num bombardeamento norte-americano.

Famosa jihadista britânica morta por drone norte-americano
Notícias ao Minuto

23:19 - 11/10/17 por Notícias Ao Minuto

Mundo Sally Jones

A famosa jihadista britânica Sally Jones, mais conhecida pela alcunha de ‘viúva-negra’, morreu na sequência de um ataque com drones levado a cabo pelos Estados Unidos na fronteira entre o Iraque e a Síria, noticia o The Sun.

De acordo com o mesmo jornal, o governo britânico foi informado da operação pela CIA. O ataque terá ocorrido em junho, sendo que a informação só agora foi divulgada uma vez que havia a suspeita de que o filho de Sally Jones, de 12 anos, também poderia ter morrido no ataque.

No entanto, não é ainda claro se a criança está ou não morta.

Sally Jones, que adotou o nome de Umm Hussain al-Britani, foi para a Síria em 2013 para combater ao lado do autodesignado Estado Islâmico. Levou o filho de 10 anos consigo e, já na Síria, casou-se com Junaid Hussain, que foi morto dois anos mais tarde por um drone norte-americano.

No interior da célula jihadista, Sally Jones desempenhou um papel importante no recrutamento de novos combatentes para o grupo terrorista. Para além disso, tornou-se particularmente famosa por fazer ameaças aos Estados Unidos e ao Reino Unido.

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório