Meteorologia

  • 29 SETEMBRO 2020
Tempo
19º
MIN 15º MÁX 29º

Edição

ISIS executou 19 mulheres por recusarem 'jihad sexual'

As mulheres terão sido condenadas à morte por se terem recusado a colaborar na chamada 'jihad sexual'.

ISIS executou 19 mulheres por recusarem 'jihad sexual'

Os militantes do autodenominado Estado Islâmico executam 19 mulheres que se recusaram a ter práticas sexuais com os jihadistas.

Segundo uma fonte oficial do partido Curdo, citada pelo Daily Mail, as mulheres encontravam-se presas em Mossul, no Iraque, onde foram vendidas como escravas sexuais.

Uma investigação norte-americana diz que as mulheres sequestradas pelo grupo extremista são vendidas como se se tratassem de barris de petróleo e podem ser compradas por seis ou mais homens diferentes.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório