Meteorologia

  • 21 MAIO 2024
Tempo
16º
MIN 13º MÁX 20º

Netanyahu diz que Israel evitou catástrofe humanitária em Gaza

O primeiro-ministro israelita declarou hoje que Israel evitou uma "catástrofe humanitária" em Rafah, no sul da Faixa de Gaza, onde 1,4 milhão de pessoas estão aglomeradas e acontece uma operação militar israelita há uma semana.

Netanyahu diz que Israel evitou catástrofe humanitária em Gaza
Notícias ao Minuto

16:00 - 15/05/24 por Lusa

Mundo Israel/Palestina

"Neste momento, quase meio milhão de pessoas saíram zona de combate em Rafah. A catástrofe humanitária que se aventou não aconteceu e não irá acontecer", assegurou Benjamin Netanyahu, num comunicado.

O primeiro-ministro israelita acrescentou que as forças israelitas "estavam a lutar em toda a Faixa de Gaza (...), ao mesmo tempo que estavam a retirar a população civil e a cumprir as suas obrigações para satisfazer as suas necessidades humanitárias".

Netanyahu rejeitou falar sobre o "dia seguinte" ao fim da guerra na Faixa de Gaza, acrescentando que "só existe a alternativa de vitória militar" no enclave palestiniano.

"Enquanto não estiver claro que o Hamas não controla militarmente Gaza, nenhum ator estará disposto a assumir a gestão civil de Gaza", disse Netanyahu na mensagem, acusando o grupo islamita palestiniano de intimidar e atacar civis por trabalharem na distribuição de alimentos dentro do território de Gaza.

As palavras de Netanyahu surgem três dias após o secretário de Estado norte-americano, Antony Blinken, ter garantido numa entrevista à televisão CBS que os Estados Unidos ainda não viram um plano para Gaza pós-conflito.

Cerca de 450 mil pessoas fugiram de Rafah desde 06 de maio, segundo a Agência das Nações Unidas para os Refugiados Palestinianos (UNRWA), enquanto o exército israelita intensifica a sua ofensiva na cidade.

Segundo a agência de notícias palestiniana Wafa, os bairros de Al-Salam, Al-Jeneina e Al-Barazil, a leste da cidade de Rafah, foram alvo de bombardeamentos de artilharia, causando destruição generalizada de casas e propriedades.

Leia Também: Israel mata palestiniano em confrontos durante marcha na Cisjordânia

Recomendados para si

;
Campo obrigatório