Meteorologia

  • 26 MAIO 2024
Tempo
21º
MIN 14º MÁX 23º

Baixa taxa de aprovação nos exames de candidatos a professores em Timor

Apenas 568 candidatos à bolsa de professores do Ministério da Educação de Timor-Leste passaram nos testes realizados para preencher um total de 2.400 vagas, indicam dados oficiais a que a Lusa teve hoje acesso.

Baixa taxa de aprovação nos exames de candidatos a professores em Timor
Notícias ao Minuto

07:59 - 18/04/24 por Lusa

Mundo Timor-Leste

"Em geral, a taxa de aprovação foi baixa, não tendo nenhum exame obtido uma taxa de aprovação superior a 10%", de acordo com os dados do Ministério da Educação.

Os dados indicam que dos "11.273 exames realizados, foram registadas 568 aprovações, o que corresponde a uma taxa de aprovação de 5%".

O Ministério da Educação de Timor-Leste realizou, entre 15 de março e terça-feira, 11.273 exames para preencher um total de 2.400 vagas numa bolsa de candidatos, a partir da qual os professores serão contratados.

Nos exames os candidatos à bolsa de professores tinham de obter uma pontuação mínima de 60 num total de 100 pontos, mas apenas foi obtida uma "pontuação de 44,4 pontos em todos os testes".

"O nível com a taxa de aprovação mais elevada foi na disciplina de Língua Portuguesa do terceiro ciclo do Ensino Básico com uma taxa de aprovação de 9,7%", enquanto a taxa de aprovação mais baixa foi na disciplina de Ciências Naturais do terceiro ciclo do Ensino Básico, registando uma taxa de aprovação de 1,7%.

Na reunião do Conselho de Ministros, realizada na quarta-feira, a ministra da Educação timorense, Dulce Soares, informou que será realizada uma segunda fase de testes para completar as restantes vagas disponíveis.

Leia Também: Governo timorense retira comércio ilegal das ruas de Díli

Recomendados para si

;
Campo obrigatório