Meteorologia

  • 18 MAIO 2022
Tempo
24º
MIN 15º MÁX 26º

AO MINUTO: Covax já distribuiu mil milhões de doses; Protestos em França

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19.

AO MINUTO: Covax já distribuiu mil milhões de doses; Protestos em França
Notícias ao Minuto

08:03 - 15/01/22 por Notícias ao Minuto

Mundo Covid-19

O dia de ontem ficou marcado pelo levantamento de algumas medidas impostas durante o período festivo no estrangeiro. Itália levantou as restrições de viagem de Moçambique e da África Austral, decididas para combater a nova variante Ómicron. Já nos Países Baixos, reabriu o comércio mas mantêm-se fechadas hotelaria e cultura.

Por cá, saiu ontem mais um Relatório das 'Linhas Vermelhas'. No boletim desta sexta-feira ficamos a saber que as pessoas com o esquema vacinal completo tiveram um risco de morte 3 a 6 vezes menor do que as não-vacinadas, entre o total de pessoas infetadas em dezembro. A mortalidade por Covid-19 aumentou 25% numa semana.

Pode consultar nestes mapas interativos a evolução da pandemia de coronavírus em Portugal e no mundo.

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19: 

00h07 - Encerra-se aqui mais um registo ao Minuto da evolução da pandemia em Portugal e no Mundo nas últimas horas. Inicia-se amanhã de manhã um novo Minuto com todos os detalhes sobre a Covid-19. 

23h56 - Brasil regista mais 48.520 casos e 175 óbitos nas últimas 24 horas

O Brasil registou, este sábado, mais 48.520 casos e 175 mortes por Covid-19, segundo os dados mais recentes do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS) do país. Desta forma, o número de infetados desde o início da pandemia atinge os 22.975.723 e de óbitos chega aos 620.971. De referir que este número não possui a atualização dos números referentes aos estados de Mato Grosso, Rio Grande do Sul e Distrito Federal.

23h20 - Guiné-Bissau regista mais 106 novos casos e duas vítimas mortais

A Guiné-Bissau registou mais 106 novos casos da doença provocada pelo novo coronavírus e duas vítimas mortais, segundo dados hoje divulgados pelo Alto Comissariado para a Covid-19.

23h07 - Protestos em França contra passe sanitário e vacinas com 54 mil pessoas

Cerca de 54.000 pessoas protestaram hoje em França contra o passe sanitário e as vacinas para a covid-19, o que representa metade dos participantes dos protestos da semana passada, revelou o Ministério do Interior.

Na semana passada, os protestos registados em várias cidades francesas mobilizaram 105.200 pessoas, mas hoje a participação rondou os 54.000 manifestantes.

21h44 - Madeira soma mais duas mortes e 2.034 novos casos

A Madeira registou mais duas mortes associadas à covid-19, tendo identificado 2.034 novos casos e 13.193 situações ativas nas últimas 24 horas, informaram hoje as autoridades de saúde. O relatório sobre a situação epidemiológica divulgado pela Direção Regional de Saúde (DRS) indica que a região soma agora um total de 43.885 infetados por SARS-CoV-2 e 145 óbitos desde o início da pandemia.

21h07 - Mecanismo Covax já distribuiu mil milhões de doses de vacinas
 
O mecanismo internacional de partilha de vacinas para a covid-19 COVAX atingiu os mil milhões de doses de vacinas distribuídas contra a covid-19, em 144 países, foi hoje anunciado. A informação foi divulgada pelo presidente da Aliança Global para as Vacinas (GAVI), que colidera o mecanismo COVAX, José Manuel Durão Barroso, na rede social Twitter. "Hoje a COVAX atingiu a bilionésima dose de vacina contra a covid-19, como parte da maior e mais complexa operação global de vacinação", escreveu Durão Barroso.

19h19 - Dezenas de milhares manifestam-se em Viena contra vacina obrigatória
 
Dezenas de milhares de pessoas, cerca de 30.000 segundo a polícia, manifestaram-se hoje em Viena contra a obrigatoriedade da vacinação contra a covid-19 e a política de saúde pública do governo conservador-ecologista relacionada com a pandemia.

17h53 - Doses de reforço administradas já ultrapassaram 3,7 milhões em Portugal

Foram dadas mais 63.720 doses de reforço da vacina contra a Covid-19 em Portugal nas últimas 24 horas, de acordo com o último relatório da vacinação publicado pela Direção Geral de Saúde. Segundo os dados mais recentes, estas mais de 63 mil doses aumentam o número de vacinados com o reforço a vacinação para 3.722.623. Quanto ao esquema de vacinação primária, foram dadas mais 3.243 num total de 8.755.749 utentes com a vacinação primária completa. Relativamente à vacinação contra a Covid-19 de crianças, foram inoculadas mais 32 menores, num total de 300.624 desde o início deste processo.

17h29 - Itália com decréscimo de novos casos: 180.426 registados no último dia

Os números da pandemia registados, este sábado, em Itália, confirmam o decréscimo de casos desta semana no país. De acordo com os dados, publicados esta tarde, do boletim diário do Ministério da Saúde italiano, hoje contabilizaram-se 180.426 novos casos de Covid-19, um ligeiro decréscimo face aos 186.253 de sexta-feira. Com estes 180.426 novos casos, o país registou um total de 8.549.450 infetados desde que a pandemia começou. Quanto às mortes, são este sábado 308. O país soma agora 140.856 vítimas mortais desde o início da pandemia. 

16h27 - Ómicron. Vacinados com cinco vezes menos probabilidade de internamento

A sexta onda da pandemia de Covid-19 em Espanha encontra-se a perder intensidade. Agora que os números têm vindo a registar um abrandamento, de acordo com o jornal espanhol El País, analisam-se os dados, nomeadamente os que dizem respeito aos internamentos no país. Apesar de nos últimos 14 dias, se terem registado quase 1,4 milhão de casos e outros milhares de positivos não notificados, os números não se refletem proporcionalmente com os internamentos. Segundo os dados mais recentes recolhidos e divulgados pela Catalunha, agregados por estado de vacinação, os pacientes vacinados têm cerca de cinco vezes menos probabilidade de serem internados do que os que não estão imunizados. 

16h17 - A homenagem de São Paulo às vítimas da Covid-19, no Brasil e no Mundo

Foi inaugurada, este sábado, uma exposição de homenagem às vítimas da Covid-19, em São Paulo, no Brasil, com o nome 'Renascimento'. A instalação localiza-se na Casa das Rosas na Avenida Paulista e mostra 365 manequins suspensos, elaborados pelo artista plástico Siron Franco. Para além de homenagear as vítimas, estão retratados nos bonecos suspensos no ar os vários profissionais de saúde que se sacrificaram.

Notícias ao Minuto© Reuters

15h33 - Professores e funcionários do Superior recebem reforço este fim de semana

A Direção Geral da Saúde (DGS) avançou hoje que está disponível a dose de reforço à comunidade escolar do Ensino Superior nos Centros de Vacinação, em modalidade de Casa Aberta com senha digital. De acordo com um comunicado a que o Notícias ao Minuto teve acesso, o pessoal docente e não docente que quiser receber a terceira dose da vacina terá de efetuar previamente o pedido de senha digital no Portal COVID-19,  neste link, e, no Centro de Vacinação, devem fazer prova da sua atividade profissional.

14h48 - Centro de vacinação na FIL recebe centenas de membros de mesas de voto

O centro de vacinação contra a Covid-19 na Feira Internacional de Lisboa recebe hoje centenas de membros de mesas de voto que serão vacinados em preparação para as eleições legislativas deste mês, no primeiro de dois dias dedicados. "Hoje o dia foi inicialmente reservado para o agendamento local normal, depois foi reservado unicamente para inocular com dose de reforço as pessoas que vão participar e colaborar no processo eleitoral, e são essas pessoas que hoje estamos a receber, fundamentalmente", explicou à Lusa o enfermeiro-chefe Pedro Faustino.

14h46 - Portugal regista mais 38.136 novos casos e 33 mortes pela Covid-19

De acordo com o boletim epidemiológico divulgado este sábado pela Direção-Geral da Saúde (DGS), Portugal contabilizou, nas últimas 24 horas, mais 33 mortes e 38.136 novos casos. Em relação a ontem, há uma variação de 2,10% no número de contágios e de 0,17% nas vítimas mortais. Estão agora internadas 1.733 pessoas infetadas com o vírus SARS-CoV-2, mais 34 do que na sexta-feira, sendo que 163 delas estão em unidades de cuidados intensivos (mais uma do que há 24 horas).

14h06 - Habitantes de freguesia do Alentejo sem medo mantêm plano de ir às urnas

Com o país a atingir recordes de casos diários de Covid-19, habitantes de uma das freguesias com menos eleitores do Alentejo mantêm o plano, sem "pensar duas vezes", de ir às urnas nas legislativas do dia 30. 

13h50 - Madeira começou a dar reforço da vacina a membros das mesas de voto

O reforço da vacina contra Covid-19 para as pessoas que vão integrar as mesas de voto nas eleições legislativas de 30 de janeiro começou hoje a ser administrado na Madeira, disse o secretário da Saúde da região. "Hoje estamos a administrar a dose reforço aos que vão fazer parte das mesas de voto, para terem 14 dias de estimulação imunitária", afirmou Pedro Ramos.

13h49 - Açores com 552 novas infeções, 789 recuperações e 37 doentes internados

Os Açores diagnosticaram, nas últimas 24 horas, 552 novos casos positivos de Covid-19, 789 pessoas recuperam da doença e hoje há 37 pessoas internadas, mais três do que na sexta-feira. A informação é avançada no boletim diário da Autoridade de Saúde dos Açores, revelando que foram registados "340 novos casos positivos de covid-19 em São Miguel, 122 na Terceira, 50 no Faial, 27 no Pico, oito em Santa Maria, quatro em São Jorge e um nas Flores, resultantes de 2.735 análises".

13h19 - Visitas nos hospitais da Madeira suspensas por mais 10 dias

O Serviço Regional de Saúde da Madeira (Sesaram) decidiu prolongar por mais dez dias a suspensão do regime de visitas nas unidades hospitalares do Funchal na sequência do aumento dos casos de Covid-19, foi hoje anunciado.

12h40 - Autoridade de Saúde avança com rastreio a alunos do Faial e Pico

Os alunos das escolas dos 1º e 2º ciclo das ilhas do Faial e do Pico, nos Açores, vão ser testados à Covid-19, numa operação que se vai desenvolver "até ao final da próxima semana".

12h20 - Infeções e quarentenas podem condicionar eleição de Presidente de Itália

As infeções e quarentenas devido à Covid-19 podem condicionar a eleição do Presidente da Itália, que é feita pelo parlamento, a partir de 24 de janeiro, por causa das faltas de deputados e senadores, alertaram partidos direita.

12h00 - Sobem para 17 os infetados no surto em Jardim-de-Infância de Alandroal

O número total de infetados no surto de Covid-19 que obrigou a fechar na sexta-feira o Jardim-de-Infância de Alandroal, distrito de Évora, subiu para 17, disse hoje à agência Lusa o diretor do agrupamento de escolas local.

11h34 - Estudantes protestam para voltar ao ensino remoto nos EUA

Centenas de estudantes em Boston e Chicago abandonaram as aulas, esta sexta-feira, para protestar a favor do ensino remoto. Nestes estados, muitos alunos consideram que deviam voltar a este sistema devido ao aumento de casos provocado pela nova variante Ómicron. Em Chicago, o terceiro estado com mais alunos no país, a paralisação ocorreu dois dias após o regresso às aulas.

Notícias ao Minuto Estudantes protestam para voltar ao ensino remoto nos EUA© Getty

10h15 - Covid-19? "Medicamentos não substituem a vacina"

O regulador europeu já aprovou seis medicamentos para tratar a Covid-19, considerados fundamentais para controlar a pandemia, mas especialistas médicos e farmacêuticos consideram que esses fármacos não vão substituir as vacinas. "Estes medicamentos não substituem a vacina, mas vão complementar o combate à pandemia, através de terapêuticas antivirais específicas", adiantou à Lusa o pneumologista Filipe Froes, que coordena o gabinete de crise da Ordem dos Médicos para a Covid-19.

09h17 - Menina de 5 anos dá a sua opinião sobre Boris: "É muito maroto!"

Layla Somani, de cinco anos, mostrou que entende as regras e regulamentos da Covid-19 (muito melhor do que o primeiro-ministro britânico) num vídeo partilhado na rede social Facebook, pelos seus pais. Esta quinta-feira, depois de tomar o pequeno almoço Layla decidiu explicar a controvérsia em volta da festas de Downing Street aos avós Kanti Somani, e Kusun Somani.

08h09 - Alemanha regista descida de casos. Hoje são 78.022 casos e 235 mortes

A Alemanha registou, este sábado, um decréscimo no número de casos diários. São hoje 78.022, menos 14.201 do que ontem. Segundo os dados divulgados pelo Instituto Robert Koch, morreram ainda mais 235 nas últimas 24 horas, menos 54. Depois de três dias de recorde este é o primeiro dia em que se regista uma descida no número de casos. Esta sexta-feira tinham sido registados 92.223 novos casos, quinta-feira 81.417 e quarta-feira 80.430.

07h50 - "Entre 3% e 7% da população" em isolamento no dia das eleições

Entre 3% e 7% dos portugueses poderão estar em isolamento devido à pandemia de Covid-19 no dia das eleições legislativas, 30 de janeiro, altura em que a incidência de infeções deverá estar mais baixa, indicam os cenários do INSA.

"Relativamente aos indivíduos em isolamento ou quarentena, a verificarem-se os cenários traçados, já deveremos estar em fase descendente nessa altura e, de acordo com as nossas simulações, esse valor a 30 de janeiro poderá estar entre 3% a 7% da população", adiantou à Lusa Baltazar Nunes, investigador do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA).

07h41 - Membros de mesas de voto vacinados hoje com dose de reforço

Cerca de 90 mil pessoas são hoje chamadas a ser vacinadas com a dose de reforço contra a Covid-19, por irem integrar as 16.400 mesas de voto nas eleições legislativas ou serem funcionários das juntas de freguesia. Segundo um comunicado conjunto do Ministério da Saúde e do Ministério da Administração Interna divulgado na quinta-feira, a vacinação no dia de hoje fica dedicada a este universo, "convocado por SMS, através de agendamento central".

Para as pessoas elegíveis que não recebam a mensagem, haverá senhas digitais, mediante a apresentação de um documento comprovativo das funções em causa.

07h33 - Teletrabalho deixa de ser obrigatório e passa a recomendado

O regime de teletrabalho obrigatório, decretado pelo Governo no final de dezembro de 2021 devido ao agravamento da pandemia de Covid-19, termina hoje, voltando a ser recomendado para todas as empresas, confirmou o Ministério do Trabalho.

"Depois do dia 14, a adoção do teletrabalho passa a ser apenas recomendada para os trabalhadores que exerçam as suas funções a partir de casa, em todo o mesmo território, sempre que as funções em causa o permitam nos termos do Decreto-Lei n.º 79-A/2020, de 01 de outubro, na sua redação atual", disse fonte oficial do Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social.

07h28 - Macau exige registo de itinerários para se entrar nos serviços públicos

A entrada nos serviços públicos de Macau só vai ser possível a partir de segunda-feira com a apresentação de um registo de itinerários, através de uma aplicação móvel que rastreia o percurso individual do utilizador.

07h26 - Pedopsiquiatra defende importância de libertar crianças dos medos

O pedopsiquiatra Pedro Caldeira da Silva defendeu ser importante encontrar uma maneira de "libertar as crianças" e deixá-las em "paz na escola" sem os medos associados à pandemia de Covid-19.

07h25 - Norte-americanos podem pedir até 4 testes por casa através de site

O novo 'site' onde os norte-americanos podem solicitar testes gratuitos à Covid-19 começa a aceitar pedidos na quarta-feira, mas limitado a quatro por família, enquanto a Casa Branca resolve o problema de escassez sentido em todo o país.

07h22 - China regista 165 infetados nas últimas 24 horas. 104 por contágio local

A Comissão Nacional de Saúde da China anunciou hoje a deteção de 165 infetados com o novo coronavírus nas últimas 24 horas, 104 dos quais por contágio local.

07h20 - Vaga da Ómicron está a recuar na Costa Leste dos EUA

Algumas grandes cidades do nordeste dos Estados Unidos, incluindo Nova Iorque, que foi fortemente atingida pela vaga de Covid-19 associada à variante Ómicron, estão a registar uma diminuição da taxa de infeção, apesar da tendência de aumento no país.

07h10 - Bom dia! Damos início a um novo registo de acompanhamento AO MINUTO da pandemia de Covid-19. Pode recordar aqui o anterior.

Leia Também: AO MINUTO: Mortalidade aumentou 25%; Casos nas escolas cairam para metade

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2022 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório