Meteorologia

  • 05 JULHO 2022
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 32º

As ilhas Maurícias têm cada vez menos conchas

Consequência das mudanças climáticas, de atividades como pesca predatória, turismo e da poluição.

As ilhas Maurícias têm cada vez menos conchas
Notícias ao Minuto

21:27 - 29/12/21 por Notícias ao Minuto

Mundo Alterações Climáticas

Nas últimas três décadas as ilhas Maurícias foram perdendo as inúmeras conchas que se podiam encontrar no areal e tinham diversos significados para a população local.

O oceanógrafo Vassen Kauppaymuthoo afirma que o número de conchas na ilha diminuiu 60% nos últimos 30 anos e acredita que as mudanças climáticas e atividades como pesca predatória, turismo e poluição por águas residuais e barcos serão a causa.

Segundo a BBC, as ilhas Maurícias são dos países mais vulneráveis ​​do mundo no que diz respeito às mudanças climáticas, visto que enfrentam a subida do nível do mar, secas e ciclones.

O aumento da temperatura da água do mar afetou grande parte do ecossistema, incluindo as conchas marinhas onde vivem os moluscos. Kauppaymuthoo explicou que o aumento do dióxido de carbono na atmosfera "causa a acidificação do oceano, fazendo com que as conchas fiquem mais finas".

O especialista esclareceu também que “quando não existem moluscos não há predadores, o que faz com que outros organismos comecem a proliferar, causando um desequilíbrio do ecossistema na ilha tropical e em todo o mundo”.
 
As conchas sempre desempenharam um papel relevante na cultura das ilhas Maurícias, sendo associadas a diferentes significados como amor, sorte ou dinheiro por já terem sido utilizadas como moeda em algumas partes de África há milhares de anos. 

Leia Também: Temperaturas altas no Alasca quebram recordes

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório