Meteorologia

  • 22 JUNHO 2021
Tempo
23º
MIN 15º MÁX 23º

Edição

Guardia Civil vai usar submarino para procurar no mar irmãs desaparecidas

Irmãs Anna e Olivia, de um e seis anos de idade, respetivamente, desapareceram em Tenerife, há quase um mês.

Guardia Civil vai usar submarino para procurar no mar irmãs desaparecidas

Quase um mês após o desaparecimento das duas crianças espanholas, alegadamente levadas pelo pai, a Guardia Civil vai recorrer a um submarino para tentar encontrar vestígios de Anna e Olivia no fundo do mar, no local junto ao qual foi encontrada, à deriva, a embarcação na qual se acredita que o pai das meninas fugiu com elas.

Segundo o La Vanguardia, as autoridades vão usar uma sonda e o submarino para ver se encontram vestígios quer das meninas, quer do pai delas, Tomás Gimeno.

Com recurso a estes dois meios, as autoridades vão percorrer a área onde foi encontrada uma embarcação com vestígios de sangue do homem. Recorde-se que uma das principais teorias do desaparecimento, é que Tomás terá fugido com as filhas de barco. O que se terá passado depois é, ainda, uma incógnita, embora haja relatos de que este possa ter entrado numa outra embarcação e rumado a um novo destino. Há também relatos de que foi visto a regressar ao porto, sem a companhia das crianças.

O objetivo destas investigações é reconstituir as horas anteriores ao desaparecimento do pai e das suas filhas, a 27 de abril, dia em que Tomás Gimeno deveria entregar as filhas à mãe das meninas.

Leia Também: Espanha. Pai de meninas foi multado no dia do desaparecimento

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório