Meteorologia

  • 19 MAIO 2024
Tempo
17º
MIN 12º MÁX 21º

Tratamento contra tuberculose com um terço dos fármacos para 5 países

Um novo tratamento de baixo custo para a tuberculose, que reduz o número de medicamentos necessários para um terço, será distribuído em cinco países africanos, incluindo Moçambique, que foram particularmente afetados pela doença este ano.

Tratamento contra tuberculose com um terço dos fármacos para 5 países
Notícias ao Minuto

16:14 - 03/02/21 por Lusa

Mundo África

De acordo com a organização sem fins lucrativos de investigação sobre a sida e a tuberculose Aurum Institute, "espera-se que este ano estejam disponíveis para os países elegíveis tratamentos que possam tratar até três milhões de doentes".

O novo tratamento reduzirá de nove para três o número de cápsulas a tomar semanalmente.

Inicialmente, foram selecionados cinco países: Etiópia, Gana, Quénia, Moçambique e Zimbabué.

Um acordo entre o fabricante, a empresa farmacêutica Macleods, a organização internacional de aquisição de medicamentos Unitaid e a Clinton Health Access Initiative (Chai) prevê um preço máximo de 15 dólares (12,49 euros) para um tratamento completo ao longo de três meses.

Segundo o diretor-executivo da Aurum, Gavin Churchyard, este novo tratamento tornará novamente credível o objetivo de erradicar a tuberculose até 2030.

"No final, perderemos se a mortalidade por covid-19 diminuir, mas as taxas de tuberculose aumentarem", advertiu.

A doença infecciosa mais mortal do mundo, a tuberculose, que é tão antiga como a humanidade, mata mais de 1,4 milhões de pessoas todos os anos.

A doença é subdiagnosticada e os programas de tratamento são sub-financiados. Ao mesmo tempo, a pandemia de covid-19 ameaça minar os progressos feitos nos últimos anos para travar a propagação da tuberculose.

Leia Também: RCA: Primeiro-ministro anuncia recuperação de cidade aos rebeldes

Recomendados para si

;
Campo obrigatório