Meteorologia

  • 07 MARçO 2021
Tempo
14º
MIN 11º MÁX 18º

Edição

AO MINUTO: Não há colapso de rede de oxigénio, problema é de estrutura

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo.

AO MINUTO: Não há colapso de rede de oxigénio, problema é de estrutura

Portugal registou hoje 291 mortes relacionadas com a Covid-19, o maior número de óbitos em 24 horas desde o início da pandemia, e 10.765 casos de infeção com o novo coronavírus, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS).

Há 167.381 infeções ativas, menos 3.254 em relação a ontem. Quanto a recuperados, há a contabilizar 475.485 (mais 13.728).

Consulte os mapas da evolução da pandemia do novo coronavírus em Portugal e no Mundo.

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19:

00h00 - Suspendemos aqui o registo de hoje. O acompanhamento será retomado na manhã de quarta-feira. Já sabe, consulte a informação no site da DGS e acompanhe sempre as comunicações das autoridades competentes. Caso tenha sintomas:

SNS24 de Portugal Continental: 808 24 24 24

SNS24 da Madeira: 800 24 24 20

SNS24 dos Açores: 808 24 60 24

Só quer tirar dúvidas? Não assoberbe as linhas telefónicas: [email protected]

23h51 - Hospitais do Oeste aumentam capacidade de internamento para doentes Covid. O Centro Hospitalar do Oeste (CHO) anunciou hoje a abertura de uma nova enfermaria para doentes com Covid-19 na unidade das Caldas da Rainha e um aumento da capacidade em Torres Vedras, onde a situação pandémica está mais controlada.

23h31 - Pelo menos 33 detidos durante a quarta noite de distúrbios nos Países Baixos. Pelo menos 33 pessoas foram hoje detidas nos arredores de Roterdão durante a quarta noite de distúrbios entre a polícia e grupos de jovens em protesto contra o recolher obrigatório em vigor nos Países Baixos.

23h00 - Declarações de enfermeiro-chefe do Hospital da Amadora-Sintra. Os doentes transferidos são todos doentes Covid-19 mas nenhum internado em UCI, apenas internados em enfermaria. Serão transferidos para unidades como o Hospital de Santa Maria, Hospital Egas Moniz e Hospital de Campanha do Estádio Universitário.

22h41 - Amadora-Sintra vai transferir 48 doentes. O Hospital Fernando da Fonseca (Amadora-Sintra) emitiu um comunicado onde indicou que vai transferir, ao todo, 48 doentes, para várias unidades de saúde e que não está em causa o colapso da rede de oxigénio.

"Não está em causa a disponibilidade de oxigénio ou o colapso da rede, mas sim a dificuldade da estrutura existente em manter a pressão. Assim é necessário aliviar o consumo de oxigénio para estabilizar a rede e repor a normalidade"

22h38 - A questão da falha de oxigénio explicada por quem está na linha da frente. Tratar-se-á de uma questão de estrutura. O consumo de oxigénio é muito superior ao normal, o que poderá fazer com que este perca pressão.

22h07 - Embarca de Lisboa para os Açores com teste positivo e ARS participa crime. Autoridade Regional de Saúde sublinha que o homem, natural do Faial, estava "consciente da obrigatoriedade da apresentação do mesmo no momento do embarque".

22h02 - Amadora-Sintra transfere 31 doentes mas nega colapso na rede de oxigénio. Trinta e um pacientes do Hospital Amadora-Sintra estão a ser transferidos hoje à noite para outros hospitais de Lisboa devido a problemas no fornecimento de oxigénio, mas não houve colapso da rede de oxigénio, garante o hospital. "Não houve colapso na rede de oxigénio do Hospital Fernando da Fonseca (Amadora -Sintra). Houve uma flutuação do débito de oxigénio", disse à Lusa Diana Ralha, assessora do Hospital Amaradora-Sintra.

"Nossos tanques [dois tanques] têm imenso oxigénio. Não está em causa e nunca esteve em causa a vida dos doentes, porque assim que foram reportadas as flutuações no débito do oxigénio, estes doente iniciarem ventilação através de botijas, de cilindros de oxigénio que nós temos muitos, estamos muito bem fornecidos", sublinhou a assessora.

21h58 - Brasil com quase 62 mil novos casos e 1.214 mortes nas últimas 24 horas. O Brasil contabiliza agora mais de 218 mil óbitos associados à Covid-19 e mais de 8,9 milhões de casos confirmados desde o início da pandemia no país.

21h11 - Bastonária indica que "existe grande pressão sobre o consumo de oxigénio". Ana Rita Cavaco, bastonária da ordem dos enfermeiros, indicou à TVI24 que esta situação - falha de oxigénio no Hospital Amadora-Sintra - já era previsível. A profissional de saúde explicou que existe "grande pressão sobre o consumo de oxigénio" em virtude do aumento de doentes internados. Contribui para esta sobrecarga o facto de muitos doentes estarem com "ventilação não-invasiva", ou seja, "consumidores de muito oxigénio".

20h50 - Hospital Amadora-Sintra está a enviar pacientes para o Hospital Santa Maria por causa de falta de oxigénio. Há um "colapso na rede de oxigénio" do Hospital Amadora-Sintra, avança a TVI24, obrigando à transferência de, pelo menos, 20 doentes Covid-19 para o Hospital de Santa Maria. A estação de Queluz de Baixo indica, ainda, que estão a ser chamados todos os enfermeiros para ajudar na transferência. Há mais de 330 doentes internados no Amadora-Sintra, sendo que 30 estão em UCI, unidade que tinha hoje apenas uma cama vaga. Fonte do hospital disse à TVI que "nenhum dos doentes corre risco de vida".

20h43 - Rei de Espanha felicitou Marcelo e conversaram sobre Covid-19. O rei de Espanha, Felipe VI, felicitou hoje o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, pela sua reeleição no domingo, numa conversa telefónica em que abordaram a situação da Covid-19 e os seus efeitos nos dois países.

20h38 - Já foram superados os 100 milhões de casos no mundo inteiro. Apandemia de coronavírus atingiu mais uma marca histórica. O número acumulado de casos de Covid-19 no mundo inteiro ultrapassou esta terça-feira os 100 milhões, segundo os dados compilados pela Universidade Johns Hopkins.

20h21 - Surto com 17 infetados identificado em Castro Verde. Um surto de Covid-19 com um total de 17 infetados foi detetado na zona do Rossio do Santo, na vila de Castro Verde (distrito de Beja), anunciou hoje a Proteção Civil Municipal.

20h14 - Indígenas da Amazónia denunciam tratamento desigual face a vacina. A Coordenação das Organizações Indígenas da Bacia Amazónica (Coica) denunciou hoje políticas governamentais discriminatórias e injustas na distribuição de vacinas contra a Covid-19, que já fez mais de 1,7 milhões de infetados entre povos nativos.

20h10 - Dois idosos já morreram no surto do lar da Misericórdia de Redondo. O surto de Covid-19 no lar da Santa Casa da Misericórdia de Redondo, no distrito de Évora, com um total de 72 infetados, já provocou a morte de dois utentes, disse hoje o provedor da instituição.

20h08 - Número de óbitos volta a subir nos Açores após morte de idosa de 85 anos. É a segunda vez esta terça-feira, dia 26 de janeiro, que a Autoridade Regional de Saúde dos Açores atualiza o número de vítimas provocadas pela Covid-19.

19h34 - Multas e distribuição gratuita, Alemanha aperta controlo nas máscaras. A Alemanha decretou, a 19 de janeiro, o uso obrigatório de máscaras cirúrgicas ou FFP2 nos transportes públicos e comércios, aplicando multas, em alguns estados, ou fazendo distribuição gratuita para quem precisa.

19h32 - Locais de vacinação nos EUA estão sem doses para administrar. Um número crescente de locais de vacinação contra a Covid-19 nos EUA estão a cancelar consultas por falta de doses e o 'mayor' de Nova Iorque garantiu hoje que a cidade não tem vacinas disponíveis.

18h58 - França reporta 22 mil contágios e mais 612 óbitos. A Direção-Geral da Saúde francesa referiu esta terça-feira que foram identificados 22.086 novos casos de Covid-19 e morreram 612 pessoas no último dia. O número acumulado de casos de infeção em França é agora de 3.079.943 e o total de mortes é de 74.106.

18h42 - Hospital de Santarém esgotou capacidade de internamento em enfermaria. O Hospital de Santarém esgotou a capacidade de internamento em enfermaria para doentes com Covid-19, com 137 internados, estando três pessoas na urgência a aguardar vaga, com previsão de instalar na quarta-feira mais seis camas, disse fonte hospitalar.

18h39 - Irlanda prolonga terceiro confinamento e impõe quarentena obrigatória. A Irlanda vai prolongar até 5 de março o confinamento em vigor, o terceiro, e adotar a quarentena obrigatória para quem entra no país, de forma a combater a pandemia de covid-19, anunciou hoje o primeiro-ministro, Micheál Martin.

18h38 - Sete infetados na residência da Casa Pia na Lourinhã. Sete pessoas estão infetadas no espaço de acolhimento de jovens da Casa Pia, na Lourinhã, no distrito de Lisboa, esclareceu hoje o responsável da comunicação da instituição.

18h36 - Islândia é um dos primeiros países a emitir certificados de vacinação. A Islândia tornou-se num dos primeiros países a emitir certificados de vacinação com o intuito de facilitar as viagens de pessoas imunizadas contra a covid-19, divulgou hoje Reiquiavique, a propósito desta questão que gera discórdia na União Europeia.

18h32 - Nova Emergência deverá incluir "possibilidade de fechar fronteiras". Marina Silva, deputada e dirigente do PEV, afirmou, esta terça-feira, que o decreto da renovação do Estado de Emergência será semelhante ao último diploma. Contudo, adiantou a parlamentar, o novo decreto "terá ligeiras alterações, sobretudo, por causa do encerramento das escolas, da venda de livros e da possibilidade de fechar fronteiras".

18h21 - Corte de cabelo resulta em multas a grupo de 31 polícias britânicos. Trinta e um polícias britânicos vão ser individualmente multados em 200 libras (226 euros) por violação das regras do confinamento ao cortarem o cabelo numa esquadra em Londres, revelou hoje a Polícia Metropolitana de Londres.

18h15 - Mosquitos passam o vírus? DECO desfaz mitos sobre a Covid-19. Acabe com todas as dúvidas e não se deixe enganar por anúncios enganosos de produtos contra a Covid-19 ou de informações falsas sobre a origem do vírus SARS-CoV-2.

18h11 - Vacinas são janela de oportunidade que não deve ser desperdiçada, diz OMS. O diretor-geral da Organização Mundial de Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, avisou hoje que as vacinas estão a dar "uma janela de oportunidade" para controlar a pandemia de covid-19, que não deve "ser desperdiçada".

18h08 - Deputados começam a ser vacinados para a semana (mas há quem não queira). Ricardo Batista Leite, Alexandre Poço, Cristóvão Norte, André Ventura e João Cotrim de Figueiredo já revelaram que não pretendem 'passar à frente' de grupos prioritários, como os bombeiros, polícias ou os idosos.

18h05 - Boris Johnson lamenta 100 mil mortes e assume responsabilidade. O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, assumiu "total responsabilidade" pela gestão do seu Governo durante a pandemia Covid-19, após o Reino Unido ter hoje ultrapassado as 100 mil mortes confirmadas da doença. "Lamento profundamente cada vida que foi perdida e, claro, como primeiro-ministro, assumo total responsabilidade por tudo o que o governo fez. O que posso dizer é que realmente fizemos tudo o que podíamos e continuamos a fazer tudo o que podemos para minimizar a perda de vidas e minimizar o sofrimento durante o que tem sido uma fase muito difícil de uma crise muito difícil para o nosso país", disse, durante uma conferência de imprensa.

18h04 - Vacinas usadas na UE protegem contra variante britânica, diz regulador. A diretora da Agência Europeia do Medicamento (EMA) disse hoje que as vacinas da Pfizer-BioNtech e da Moderna contra a Covid-19 são eficazes para a variante britânica, admitindo que a mutação da África do Sul é "mais complicada".

18h03 - Polónia enfrenta crise demográfica por causa de pandemia. As estatísticas de 2020 mostram que as mortes aumentaram na Polónia a um nível nunca visto desde a Segunda Guerra Mundial e os nascimentos diminuíram acentuadamente, factos atribuídos à pandemia de Covid-19.

17h57 - Espanha reporta mais de 36 mil novos casos e 591 mortes no último dia. Autoridades de Saúde espanholas indicam que o número total de casos de contágio confirmados no país desde o início da pandemia supera os 2,6 milhões. Morreram 56.799 pessoas por causa da doença Covid-19. Taxa de incidência acumulada continua a subir, aproximando-se dos 900 casos por cada 100 mil habitantes.

17h40 - Itália regista mais de 10 mil novas infeções e 541 óbitos em 24 horas. As autoridades italianas divulgaram o boletim epidemiológico desta terça-feira, que deu conta de 10.593 novos casos de contágio e mais 541 mortes em 24 horas. Itália totaliza nesta altura 2.485.956 casos confirmados e 86.422 vítimas mortais.

17h16 - 'Positivos' no supermercado? Informação nas redes sociais é "falsa". Superfícies comerciais dizem que se tratam de histórias sem "qualquer fundamento real". O Notícias ao Minuto contactou o Continente e o Lidl Portugal, duas das visadas.

17h14 - Chefe do gabinete de António Costa está com Covid-19. Vítor Escária está com sintomas leves e em isolamento, mas o primeiro-ministro não terá que ficar, uma vez que não esteve em contacto com o colaborador nos últimos dois dias.

17h13 - Máscaras comunitárias proibidas em França. As máscaras comunitárias são proibidas em França devido às novas variantes do vírus sendo assim apenas autorizados três tipos de máscara em locais públicos: máscaras cirúrgicas, máscaras FFP2 e máscaras em tecido categoria 1.

16h49 - Reino Unido ultrapassa as 100 mil mortes desde o início da pandemia. Reino Unido superou esta terça-feira a marca dos 100 mil óbitos provocados pela Covid-19 desde o início da pandemia. O Departamento de Saúde e de Assistência Social anunciou que morreram 1.631 pessoas nas últimas 24 horas. O número de casos voltou a descer, tendo sido reportados 20.089 novos casos de infeção.

16h47 - Alguns hospitais do Rio de Janeiro sem roupa de cama por falta de pagamento. Segundo reportou a Globo durante o fim de semana, havia pacientes internados em 16 unidades de saúde do município do Rio de Janeiro que estavam sem roupa de cama desde sexta-feira anterior porque a empresa que a fornece não foi paga.

Notícias ao Minuto Imagens mostram doentes em camas sem proteção© Reprodução

16h44 - Governo britânico resiste a alargar uso de máscaras FFP2. A mudança das circunstâncias no combate à Covid-19 pode vir a implicar a exigência do uso de máscaras tipo FFP2 nos transportes públicos e supermercados no Reino Unido, como defendem especialistas, mas o governo britânico resiste à decisão. "Analisámos a questão do equipamento de proteção individual em relação à nova variante e o conselho clínico que recebi é que as diretrizes atuais são corretas e apropriadas", respondeu o ministro da Saúde, Matt Hancock, na passada quinta-feira no parlamento.

16h23 - Estado brasileiro investigado por fraude em dados do sistema de saúde. O governo do estado brasileiro de Rondónia, localizado na região amazónica, começou a ser investigado hoje por divulgar informações alegadamente falsas para evitar medidas mais duras de isolamento social na pandemia de Covid-19.

16h22 - PCP critica excessiva prioridade dada à vacinação de políticos. O PCP criticou hoje a "generalização excessiva" na prioridade da vacinação contra a Covid-19 dada aos políticos e insistiu que é necessário "garantir as condições para a rápida vacinação da população".

15h56 - Alemanha admite reduzir "a quase nada" tráfego aéreo com destino ao país. A Alemanha admite reduzir "a quase nada" o tráfego internacional com destino ao seu território devido à pandemia de Covid-19, anunciou hoje o ministro do Interior.

15h37 - OMS publica novas recomendações para doentes com sintomas persistentes. A Organização Mundial da Saúde (OMS) publicou hoje recomendações para doentes de Covid-19 com sintomas persistentes, mesmo após a sua recuperação, e que incluem a medição do oxigénio no sangue e o uso de anticoagulantes de baixa dosagem.

15h31 - Transferir doentes? "Não há, neste instante, razão que o determine". Questionado sobre a notícia avançada pelo Jornal Económico, que diz que Espanha é um dos países que está a ser equacionado para enviar doentes portugueses, e sobre quando é que o país pondera tomar essa atitude, Marcelo Rebelo de Sousa confirmou que "há disponibilidade de países amigos para ajudar", mas reforçou que, dos dados que conhece, "não há, neste instante, razão que determine uma ideia de alarme social quanto à necessidade de recursos a ajuda internacional".

15h29 - Presidente considera prematuro avançar data para a sua vacinação. O Presidente da República considerou hoje que é prematuro avançar uma data para a sua vacinação contra a covid-19, referindo que recebeu uma carta do primeiro-ministro sobre esta matéria e remetendo esclarecimentos para autoridades sanitárias e Governo.

15h27 - Número de internados continua a subir, doentes em UCI com pequena descida. O número de pacientes hospitalizados subiu hoje para 6.472 (com mais 52 entradas nas últimas 24 horas), chegando, outra vez, a um novo máximo. O número de internados em unidades de cuidados intensivos (UCI), por seu turno, desceu para 765 (menos dois do que ontem).

15h26 - Maior número de recuperados desde o início da pandemia. Foram esta terça-feira reportados mais 13.728 doentes recuperados, o maior registo diário desde o início da pandemia (o segundo maior registo diário foi a 19 de janeiro, com 10.282). Este aumento de recuperados terá contribuído para a segunda descida no balanço de casos ativos deste mês, tendo sido retirados 3.254 doentes à contagem, esta terça-feira (antes disso, este número só tinha descido em 45 doentes, também no dia 19 de janeiro).

15h23 - Portugal regista 291 mortes (novo recorde) e ultrapassa os 11 mil óbitos. Portugal registou hoje 291 mortes relacionadas com a Covid-19, o maior número de óbitos em 24 horas desde o início da pandemia, e 10.765 casos de infeção com o novo coronavírus, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS).

15h10 - Vacina da Moderna não deve ser administrada em grávidas, alerta OMS. Os especialistas aconselham as grávidas a evitar receber a vacina Moderna, a menos que sejam profissionais de saúde numa unidade de tratamento de pacientes com coronavírus, ou se tiverem uma condição médica que as coloque em maior risco de morte por Covid-19

15h09 - Espanha prolonga até 16 de fevereiro limitações a voos do Reino Unido. A Espanha decidiu hoje prolongar, pela terceira vez, até 16 de fevereiro próximo as limitações à chegada de aviões e barcos vindos do Reino Unido, devido à situação epidemiológica naquele país e à variante da covid-19 ali detetada.

15h08 - CITEVE alerta que máscaras FFP2 têm "um conjunto de problemas". O diretor-geral do Centro Tecnológico das Indústrias Têxtil e do Vestuário de Portugal (CITEVE) afirmou hoje que as máscaras FFP2 "são muito boas" ao nível da filtração, mas comportam "um conjunto de problemas", designadamente no campo da respirabilidade.

15h07 - Iniciámos um novo registo. Para conferir as atualizações da manhã clique aqui.

Leia Também: AO MINUTO: Pico de óbitos em fevereiro; OMS aprova vacina da Moderna

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório