Meteorologia

  • 10 ABRIL 2021
Tempo
18º
MIN 14º MÁX 18º

Edição

AO MINUTO: "Lista de exceções é extremamente longa". Ministra infetada

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo.

AO MINUTO: "Lista de exceções é extremamente longa". Ministra infetada

O primeiro-ministro, António Costa, anunciou ontem, quarta-feira, novas medidas decididas em Conselho de Ministros para o combate à pandemia. O confinamento vai regressar tal como em março e abril, no entanto as escolas manter-se-ão abertas e está prevista uma exceção para as eleições presidenciais do próximo dia 24 de janeiro. Conheça aqui todas as 'regras' anunciadas, que entram em vigor às 00h00 de sexta-feira.

Segundo os dados divulgados esta quarta-feira pela Direção-Geral da Saúde (DGS), Portugal contabilizou, nas últimas 24 horas, mais 156 óbitos e 10.556 infetados por Covid-19. O país passou, assim, a contar com 507.108 contágios e 8.236 vítimas mortais devido ao novo coronavírus, desde o início da pandemia. Foi o dia com o número de mortos e casos diários mais elevado.

Pode consultar nestes mapas interativos a evolução da pandemia em Portugal e no Mundo.

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo:

16h00 - Este registo termina aqui, mas pode continuar a acompanhar-nos aqui.

15h57 -O PSD reagiu, esta quinta-feira, pela voz de Ricardo Batista Leite, às medidas anunciadas pelo Governo para o combate à Covid-19. O deputado, a partir da Assembleia da República, começou por apontar o que disse ser uma "falta de preparação do outono/inverno", pela qual estamos hoje a "pagar um preço tão duro, com um custo humano terrível". Leia aqui os pontos importantes ou veja abaixo.

15h42 - Portugal registou novo máximo com 10.698 casos de Covid-19 e mais 148 mortes. Com esta atualização, o país passa a contabilizar um total de 517.806 casos confirmados e 8.384 vítimas mortais desde o início da pandemia. Apesar de o número de mortes ter diminuído face a ontem (156), o país registou um novo máximo no número de novos contágios.

15h17 - Já foi publicado em Diário da República, o decreto que regulamenta o novo Estado de Emergência decretado pelo Presidente da República. Pode consultá-lo aqui.

14h53 - A Confederação do Turismo de Portugal (CTP) alertou o Governo para a necessidade de avançar com novas medidas de apoio às empresas, depois do anúncio de um novo confinamento, devido ao aumento de casos de Covid-19.

14h43 - Acompanhe abaixo a conferência de imprensa sobre as regras de voto dos cidadãos em confinamento obrigatório, incluindo os idosos acolhidos em estruturas residenciais.Estão presentes o Secretário de Estado Adjunto e da Administração Interna, Antero Luís, o Secretário de Estado Adjunto e da Saúde, António Lacerda Sales e a Vice-Presidente do Instituto da Segurança Social, Catarina Marcelino.

14h34 - Judi Dench junta-se ao vasto leque de celebridades que, por fazerem parte do grupo de risco, já receberam a primeira dose da vacina contra a Covid-19. Em declarações aos jornalistas, a atriz, de 86 anos, contou ter levado a vacina há uma semana e disse estar ansiosa por levar a segunda dose daqui a mais ou menos 11 semanas.

14h30 - O Líbano começa hoje o primeiro dia de um confinamento particularmente rígido, imposto pelas autoridades para os próximos 11 dias, a fim de retardar a progressão exponencial dos casos de Covid-19 e aliviar a pressão dos hospitais.

14h25 - Para impedir a concorrência desleal, o governo pode "determinar que os estabelecimentos de comércio a retalho que comercializem mais do que um tipo de bem e cuja actividade seja permitida no âmbito do presente decreto não possam comercializar bens tipicamente comercializados nos estabelecimentos de comércio a retalho encerrados ou com a atividade suspensa nos termos do presente decreto”, diz o Público. Quer isto dizer que os supermercados podem ser proibidos de vender bens que não sejam de primeira necessidade. A decisão ficará nas mãos do ministro da Economia.

14h20 - A pandemia isolou a população e deixou aqueles que estão hospitalizados sem possibilidade de receber visitas. Para atenuar os efeitos negativos da distância entre os doentes e as suas famílias, o Hospital do Espírito Santo de Évora implementou um projeto de visitas online. O gabinete de comunicação daquele hospital esclarece que este projeto serve para "amenizar a estadia no hospital, diminuindo os níveis de ansiedade quer dos utentes, quer dos familiares, permitindo-lhes usufruir da presença virtual e da companhia uns dos outros".

14h18 - A candidata presidencial Ana Gomes considerou hoje que as medidas de confinamento anunciadas na quarta-feira para conter a pandemia são "duras, mas indispensáveis", e saudou o Governo por manter as escolas abertas."Vi-as com a preocupação de todos os portugueses e portuguesas: estas medidas são duras, mas são indispensáveis face à triplicação do número de novos casos no fim do mês se não fossem adotadas", afirmou.

14h17 - A Assembleia da República vai voltar a realizar apenas dois plenários por semana, devido à pandemia da Covid-19, mantendo a redução de deputados em plenário e as comissões em formato misto, decidiu hoje a conferência de líderes.

14h15 - O diretor de medicina intensiva do Hospital de São João, Porto, acredita que a sobrecarga do Serviço Nacional de Saúde (SNS) "só diminuirá muito lá para o final do verão", frisando que "vale a pena" fazer um sacrifício agora.

14h13 - A nova variante do SARS-CoV-2 descoberta no Reino Unido já foi detetada em pelo menos 25 países europeus, incluindo a Rússia, afirmou hoje o diretor regional europeu da Organização Mundial de Saúde (OMS). Hans Kluge defendeu que todos os países europeus devem aumentar esforços para apurar sequências genéticas de amostras do SARS-CoV-2 e trocar informações sobre elas.

14h08 - De supermercados a estabelecimentos de ensino, há um conjunto de 52 tipos de atividade que podem continuar a funcionar durante o confinamento geral devido à Covid-19, de acordo com o diploma do Governo. Entre eles estão os talhos, peixarias, oculistas e outros. Confira aqui a lista completa.

13h59 - São precisas "todas as armas para travar isto o mais depressa possível". Quem o diz é o epidemiologista Manuel do Carmo Gomes que reiterou hoje que a situação epidémica "é tão séria" que devia imperar o princípio da precaução e usarem-se "todas as armas" para a travar o mais rápido possível, nomeadamente o ensino à distância.Neste sentido, considera que "a lista de exceções é extremamente longa", e que, com estas medidas, que entram em vigor às 00h desta sexta-feira, o país vai levar "muito mais tempo a achatar a curva".

13h53 - Parlamento na Madeira com novas medidas de combate à pandemia. Foi hoje anunciado que o parlamento na Madeira vai ter menos plenários em fevereiro, as reuniões das comissões vão realizar-se por videoconferência e os deputados vão usar máscara sempre que usarem da palavra.

13h49 - Adiar as eleições presidenciais? Ferro Rodrigues afasta essa possibilidade. O presidente da Assembleia da República afirma que adiar as eleições implicaria fazer alterações na Constituição que não são possíveis em tão pouco tempo, considerando, por outro lado, que o apelo ao voto tem sido "muito fraco". "As mudanças na Constituição não podem ser feitas em 15 dias. Essa história de fazer uma mudança em 48 horas é qualquer coisa que não me entra na cabeça", sublinhou em declarações ao 'podcast' Política com Palavra

13h46 - Presidente Marcelo já promulgou diploma que prevê multas mais pesadas. O valor das coimas para o não cumprimento das medidas adotadas para o período de confinamento devido à pandemia de Covid-19 vai duplicar.

13h40 - Casinos portugueses pessimistas após quebra histórica de 50% em 2020 e dado o novo período de encerramento e a consequente alteração de hábitos dos frequentadores para outras ofertas de jogo

13h31 - O grupo empresarial Johnson & Johnson anunciou hoje que a sua vacina contra o novo coronavírus produziu uma resposta imunitária que durou mais de dois meses com uma única toma. A vacina, desenvolvida pela Janssen Pharmaceutical, uma empresa do grupo, concluiu as primeira e segunda fases dos testes clínicos e a resposta imune que provoca no organismo durou "pelo menos 71 dias" nos participantes entre 18 e 55 anos, segundo dados provisórios divulgados hoje.

13h22 - A Uber Eats vai analisar as alterações necessárias no seguimento da decisão do Governo de impor limitações às comissões cobradas por plataformas de entregas. Porém, admitem que esta alteração prejudica os utilizadores. As limitações integram o leque de medidas de confinamento geral ao abrigo do novo estado de emergência que foram aprovadas, na quarta-feira, pelo Governo em Conselho de Ministros e, nos serviços de entrega de refeições ao domicílio, as comissões cobradas aos restaurantes são limitadas a 20% e as taxas de entrega não podem aumentar.

13h12 - A CP vai manter a 100% a sua oferta de comboios urbanos, regionais e inter-regionais, com alterações nos Alfa Pendular, na sequência do novo período de confinamento e atendendo às suas especificidades

13h07 - O ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, e a ministra da Cultura, Graça Fonseca, vão apresentar esta tarde, pelas 17h30, as medidas de apoio à Economia e ao setor da Cultura, em conferência de imprensa.

13h04 - O presidente da Associação de Feiras e Mercados da Região Norte manifestou hoje surpresa e indignação com a possibilidade de o comércio ligado à distribuição poder estar aberto e sem restrições de horários, durante o período de confinamento."Vamos analisar bem o diploma e verificar por onde deveremos apresentar a nossa reclamação", disse Fernando Sá, apelando às autarquias do Norte para que suspendam, até dezembro deste ano, as taxas cobradas aos feirantes.

12h53 - O decreto do Governo que regulamenta o novo Estado de Emergência devido à pandemia da Covid-19, em vigor entre as 00h00 desta sexta-feira e as 23h59 de 30 de janeiro, determina o encerramento de espaços e estabelecimentos comerciais. Confira aqui quais são os espaços que estão obrigados a fechar portas.

12h37 - O Papa Francisco, de 84 anos, e o papa emérito Bento XVI, de 93 anos, já foram vacinados contra o novo coronavírus, anunciou hoje o Vaticano. "Hoje podemos confirmar que a primeira dose da vacina foi fornecida ao Papa Francisco e ao Papa Emérito no âmbito da campanha de vacinação que começou no Vaticano", anunciou o porta-voz Matteo Bruni.

12h33 - A Covid-19 já matou pelo menos 1.979.596 pessoas no mundo desde o início da pandemia, em dezembro de 2019, segundo o levantamento realizado hoje pela agência de notícias AFP de fontes oficiais. Mais de 92.321.290 casos de infeção foram oficialmente diagnosticados desde o início da epidemia, sendo que pelo menos 56.637.400 pessoas já foram consideradas curadas.

12h31 - Aos 94 anos, o cantor Tony Bennett já recebeu a vacina contra a Covid-19. A novidade foi partilhada pelo próprio artista nas redes sociais.

12h27 - No podcast do Partido Socialista 'Política Com Palavra', desta quinta-feira, o convidado foi o presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues. Questionado sobre o impacto da pandemia na política reconheceu que é normal a existência de "críticas pontuais" ao combate da crise sanitária e admitiu que ele próprio teve a oportunidade de manifestar a sua "perplexidade" face a alguns aspetos. "Eu próprio, embora não fosse para ser divulgado publicamente, porque era numa parte da reunião que deveria ser fechada à comunicação social, tive a oportunidade de manifestar a minha perplexidade, que continua devo dizer, sobre o facto de, depois de uma primeira onda, em que houve tantas vítimas, não se ter visto uma ação organizada, quase militarizada de apoio às pessoas que trabalham nos lares e de controlo das famílias nas visitas, com testes rápidos", reconheceu.

12h07 - Israel registou nas últimas 24 horas mais de 9.000 casos do novo coronavírus, tal como nos dois dias anteriores e apesar do rigoroso confinamento, indicaram hoje as autoridades de saúde, que considerarão estender o isolamento. Os dados divulgados hoje pelo Ministério da Saúde dão conta de 9.388 infetados na quarta-feira, fazendo aumentar o total desde o início da pandemia da Covid-19 para os 522.000 casos. O total de mortes ascende a 3.826.

11h44 - Ministra do Trabalho testou positivo à Covid-19. "Tem sintomas ligeiros e encontra-se em confinamento domiciliário, sendo substituída pelo Secretário de Estado Adjunto, do Trabalho e da Formação Profissional. Estando já em isolamento desde a passada segunda-feira, participou ontem no Conselho de Ministros por videoconferência", refere o gabinete do primeiro-ministro, em comunicado.

11h26 - O ex-ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, admitiu hoje, em declarações à Renascença, ter dúvidas sobre se as escolas deveriam ter permanecido abertas, comparando ainda a situação atual de Portugal a um carro desgovernado. “A metáfora que podemos utilizar aqui é a de um carro que está relativamente desgovernado e a ir depressa de mais. O travão às quatro rodas impõe-se e isso significa, em si mesmo, um risco também por uma travagem brusca", disse.

10h59 - Após uma visita a uma associação na Ajuda, em Lisboa, Marisa Matias referiu que lhe parece "incompreensível que, mais uma vez, sejam decretadas medidas mais exigentes", sem que ao mesmo tempo sejam conhecidos quais são os apoios que serão atribuídos. "Não podemos continuar, ao fim de quase um ano em sistemático anúncio de medidas, confinamentos e pedidos, e não sabermos nunca, no mesmo momento em que são divulgadas as medidas novas, quais são os apoios que temos para poder garantir que as pessoas podem cumprir esse confinamento com dignidade", criticou a candidata à Presidência da República.

10h51 - África registou nas últimas 24 horas mais 1.265 mortes por Covid-19, para um total de 75.709, e 34.802 novos casos de infeção, segundo os últimos dados oficiais da pandemia no continente. De acordo com o Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da União Africana (África CDC), o número de infetados é de 3.142.781 e o de recuperados nos 55 Estados-membros da organização nas últimas 24 horas foi de 24.073, para um total de 2.562.961 desde o início da pandemia.

10h49 -A Premier League anunciou, em forma de comunicado emitido ao final da manhã desta quinta-feira, que a pandemia obrigou ao adiamento de mais uma partida. Neste caso, a que colocaria, frente a frente, Aston Villa e Everton. O encontro estava, inicialmente, agendado para as 12h (hora de Portugal Continental) do próximo domingo, mas o surto de Covid-19 que continua a afetar o plantel dos villains obrigou a um reagendamento.

10h38 - Um médico decidiu criar, durante a pandemia, uma página de Instagram onde documenta o dia a dia dos profissionais de saúde na luta contra a Covid-19. A página 'The Humans of Covid-19' partilha imagens e histórias dos bastidores da batalha contra a crise pandémica, numa tentativa de "tocar no coração" dos seus seguidores e incentivá-los a seguir as regras de segurança contra o novo coronavírus.

Ver esta publicação no Instagram

Uma publicação partilhada por Humans of Covid-19 (@humansofCovid.19)

10h31 -A Conferência Portuguesa Episcopal Portuguesa (CEP) anunciou, esta quinta-feira, a suspensão de celebrações como batismos, crismas e matrimónios devido "à gravíssima situação de pandemia" que o país vive neste momento. "Estamos conscientes da gravíssima situação de pandemia que vivemos neste momento, a exigir de todos nós acrescida responsabilidade e solidariedade no seu combate, contribuindo para superar a crise com todo o empenho", pode ler-se num comunicado publicada no site do Conselho Permanente da entidade.

10h28 - As empresas de comunicações podem durante o estado de emergência limitar ou inibir os serviços audiovisuais de videoclube, plataformas de vídeo e jogos online para preservar a integridade e segurança das redes de comunicações eletrónicas. De acordo com o decreto que regula o novo estado de emergência, que entra em vigor às 00:00 de sexta-feira, desde que para preservar a integridade e segurança das redes de comunicações eletrónicas, dos erviços prestados através delas e para prevenir os efeitos de congestionamento, devem "dar prioridade ao encaminhamento de determinadas categorias de tráfego".

10h24 -Andy Murray corre sérios riscos de falhar o Open da Austrália em ténis, depois de ter testado positivo para Covid-19,segundo adianta a estação televisiva britânica BBC. A publicação informa que o tenista britânico apresentou sintomas ligeiros nos últimos dias, pelo que foi testado e, consecutivamente, diagnosticado com Covid-19.

10h13 - Ministro do Ambiente em isolamento profilático. O ministro do Ambiente e Transição Energética, João Pedro Matos Fernandes, encontra-se em isolamento profilático determinado pelas autoridades de saúde por contacto de risco numa reunião de trabalho, avança o JN. O jornal cita fontes do gabinete do governante e refere que o isolamento durará até ao próximo dia 19 de janeiro, terça-feira.

09h53 - Cuba fecha escolas de Havana e impõe recolher obrigatório na capital. As autoridades cubanas decidiram fechar as escolas da capital na quinta-feira e proibir as deslocações de pessoas e veículos entre as 19h00 e as 05h00 horas, devido à subida do número de infeções com o novo coronavirus.

09h19 - Dois especialistas da equipa da Organização Mundial de Saúde (OMS) que chegou hoje à China para investigar as origens do novo coronavírus ficaram retidos em Singapura para realizar testes à Covid-19, informou a agência internacional "A equipa internacional de 13 cientistas que vai examinar as origens do vírus que causa a Covid-19 chegou hoje a Wuhan, na China, mas dois especialistas ainda estão em Singapura para realizar testes", disse a OMS na rede social Twitter.

09h05 - Neste novo confinamento, os estabelecimentos culturais voltam a encerrar, mas as cerimónias religiosas podem manter-se, lógica esta que não é compreensível para a deputada do Partido Socialista, Isabel Moreira. "Acho ótimo que a liberdade de culto possa ser exercida. Há, de facto, formas de evitar contágios numa celebração religiosa. Não entendo, porém, na lógica da redução ao mínimo possível das restrições, por que não podemos continuar a usufruir de espetáculos e de equipamentos culturais", escreveu na sua página oficial de Facebook, acrescentando que "sabemos que a cultura é mesmo segura".

08h32 - Pneumonia por Covid-19 causa mais danos do que a pneumonia comum. Bactérias ou vírus que causam pneumonia podem espalhar-se por grandes regiões do pulmão em poucas horas. Mas a pneumonia por Covid-19 é diferente, explicam investigadores da Northwestern University Medicine num novo estudo publicado na revista Nature. Saiba mais aqui.

08h20 - Recorde que ontem o governo anunciou um novo confinamento geral devido à pandemia da Covid-19, que se vai aplicar a todo o território nacional continental e entra em vigor a partir das 00h00 de sexta-feira. As regras gerais passam por:

  • Ficar em casa;
  • Limitar os contactos ao agregado familiar;
  • Reduzir as deslocações ao essencial;
  • Usar máscara de proteção;
  • Manter o distanciamento físico;
  • Lavar as mãos e cumprir etiqueta respiratória.

Pode consultá-las em detalhe aqui.

08h07 -A Alemanha regista hoje 1.244 vítimas mortais da Covid-19 em apenas 24 horas. Este é o valor mais elevado de mortes no país desde o início da pandemia. Adicionalmente, segundo dados do Instituto Robert Koch, foram diagnosticados mais 25.164 casos no país. Em termos acumulados, o país regista agora 43.881 vítimas mortais e 1.978.590 infetados.

08h00 - Ficar infetado duas vezes com Covid-19, é raro mas, segundo um novo estudo realizado por profissionais de saúde do Reino Unido, estas reinfeções estão também associadas a um risco elevado de transmissão. O estudo - pré-publicado no medRxiv a 14 de janeiro e citado pela Nature - contou com com mais de 20.000 profissionais de saúde no Reino Unido e concluiu que as respostas imunológicas de infeções anteriores reduzem o risco de contrair o vírus novamente em 83% durante, pelo menos, cinco meses.

07h46 - Uma equipa de 13 investigadores e especialistas da Organização Mundial de Saúde (OMS) chega hoje à China para investigar a origem do novo coronavírus, o SARS-CoV-2, detetado pela primeira vez em Wuhan, em fins de 2019. Terça-feira, as autoridades chinesas confirmaram que a equipa de especialistas da OMS chegará à China viajando diretamente para Wuhan, procedente de Singapura.

07h33 - O México contabilizou 1.235 mortes provocadas pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas, além de 15.873 casos, o segundo valor mais alto desde o início da pandemia, anunciaram as autoridades mexicanas. Desde o início da pandemia, o México acumulou 136.917 mortes e 1.571.901 casos confirmados.

07h17 - A Comissão de Saúde da China anunciou hoje a primeira morte provocada pelo novo coronavírus nos últimos oito meses, elevando o total para 4.635 desde o início da pandemia. A morte aconteceu na província de Hebei, que circunda Pequim, onde foi detetado um novo surto que levou as autoridades chinesas a impôr quarentena em várias cidades, incluindo na capital, Shijiazhuang, com 11 milhões de habitantes.

07h12 - As visitas a lares de idosos e as atividades nos centros de dia vão ser permitidas no novo período de estado de emergência a começar às 00h00 de dia 15 de janeiro, para tentar conter o avanço da pandemia de Covid-19. No primeiro confinamento geral, em março, a proibição de visitas a lares foi uma das primeiras medidas restritivas adotadas e uma das últimas a ser levantadas.

Os idosos residentes em lares, apesar de considerados em confinamento obrigatório para o exercício do direito de voto, podem também deslocar-se para votar, mas devem "recorrer, preferencialmente, à modalidade de voto antecipado em mobilidade", determina o Governo.

07h07 - A Índia registou 198 mortos por Covid-19 e 16.946 infetados nas últimas 24 horas, informou hoje o Ministério da Saúde indiano. Desde o início da pandemia, contabilizaram mais de 10,5 milhões de casos do novo coronavírus (10.512.093), mantendo-se como o segundo país com mais infeções, atrás dos Estados Unidos, que no último balanço contavam com mais de 23 milhões. Com um total de 151.727 mortes, a Índia é o terceiro país do mundo com mais óbitos, a seguir aos Estados Unidos e ao Brasil.

7h03 - Investigadores norte-americanos detetaram duas variantes do vírus SARS-CoV-2 com um comportamento semelhante à da variante britânica e que poderão ser mais contagiosas que a que atinge o país, segundo um estudo preliminar divulgado na quarta-feira. Uma das variantes sofreu uma mutação semelhante à registada no Reino Unido, enquanto outra, nunca vista, foi detetada em Columbus, no estado do Ohio, onde se tornou na variante dominante em poucas semanas.

07h00 - Bom dia, iniciamos um novo registo de acompanhamento da evolução da pandemia. Pode recordar o anterior aqui.

Leia Também: AO MINUTO: Novos máximos diários em Portugal; Rui Rio testa negativo

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório