Meteorologia

  • 10 ABRIL 2021
Tempo
18º
MIN 14º MÁX 18º

Edição

AO MINUTO: "Fizemos tudo"; Suspensão de voos "é absurda"

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo.

AO MINUTO: "Fizemos tudo"; Suspensão de voos "é absurda"

Conforme anunciou ontem, quarta-feira, o primeiro-ministro, Portugal volta, a partir das 00h00 desta sexta-feira, a ter de cumprir medidas 'mais apertadas'. A regra, como lembrou Costa, é "ficar em casa".

Mas o novo pacote de medidas prevê que, e contrariamente ao que aconteceu na primeira vaga, as escolas se mantenham abertas. Está ainda prevista outra exceção, que diz respeito às eleições presidenciais do próximo dia 24 de janeiro. Reveja todas as regras aqui.

O país registou, esta quinta-feira, um novo recorde diário de casos de Covid-19, ao somar, nas últimas 24 horas, 10.698 infetados, num total acumulado de 517.806. De acordo com os dados divulgados esta quinta-feira pela Direção-Geral da Saúde (DGS), hoje há também mais 148 óbitos, o que perfaz um total de 8.384 desde o início da pandemia.

O epidemiologista Manuel do Carmo Gomes defendeu hoje que a situação epidémica "é tão séria" que devia imperar o princípio da precaução e usarem-se "todas as armas" para a travar o mais rápido possível, nomeadamente o ensino à distância.

Pode consultar nestes mapas interativos a evolução da pandemia em Portugal e no Mundo.

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo:

00h00 -Chegou ao fim este registo, mas o acompanhamento será retomado na manhã de sexta-feira. Já sabe, acompanhe as comunicações das autoridades competentes e, caso tenha sintomas, contacte:

SNS24 de Portugal Continental: 808 24 24 24

SNS24 da Madeira: 800 24 24 20

SNS24 dos Açores: 808 24 60 24

23h18 - Atualização no Reino Unido: Autoridades britânicas reportam mais 48.682 novos casos de infeção, elevando o total acumulado na região para mais de 3,2 milhões de casos confirmados. Dados foram revelados com atraso por causa de "problemas de processamento".

22h21 - Na China, há um robot que é usado para fazer a colheita de amostras para análise da Covid-19, protegendo, assim, os profissionais de saúde.

22h18 - Atualização no Brasil: O Brasil, o país lusófono mais afetado, regista mais de 8,3 milhões de casos de infeção confirmados pelas autoridades desde o início da pandemia no país. Em Manaus, capital do Amazonas, hospitais estão sem oxigénio.

21h53 - Recorde as medidas apresentadas hoje pelo Governo para apoiar a economia.

21h34 - Hospital de Beja aumenta número de camas: O hospital de Beja aumentou o número de camas para internamento de doentes com covid-19, quase duplicando de 24 para 46 as do serviço de medicina e dobrando de quatro para oito as de cuidados intensivos.

21h33 - Os apoios a fundo perdido dirigidos às empresas, previstos no programa Apoiar, vão ser alargados, o montante reforçado e o pagamento da segunda tranche será antecipada para dia 18, anunciou hoje o ministro da Economia, Siza Vieira.

21h32 - Merkel quer intensificar as restrições na Alemanha: A chanceler alemã Angela Merkel sugeriu na noite de hoje medidas reforçadas para combater a pandemia de covid-19 na Alemanha, onde já vigora um confinamento parcial, e pediu uma reunião das autoridades na próxima semana.

21h31 - Escola "vai evoluir e ser capaz de responder aos desafios": O ex-ministro da Educação Eduardo Marçal Grilo afirmou hoje que a escola "vai evoluir e ser capaz de se impor e responder aos desafios", salientando que há um "antes e depois" da pandemia da covid-19.

21h30 - Coimas dos 200 euros aos 20 mil euros: O incumprimento das medidas definidas no atual estado de emergência, devido à pandemia, prevê coimas que vão dos 200 euros aos mil euros para pessoas singulares e dos dois mil aos 20 mil euros para as empresas.

21h29 - O Partido Social Democrata (PSD) questionou hoje o ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, sobre a vacinação de funcionários da rede consular, defendendo a criação de um plano "ambicioso" que garanta condições de trabalho.

21h19 - Suspensão dos voos com Portugal é decisão "absurda": O ministro dos Negócios Estrangeiros português, Augusto Santos Silva, considerou hoje "absurda" e "sem lógica" a decisão do Reino Unido suspender os voos com Portugal, medida "súbita e inesperada" cujos fundamentos disse desconhecer.

21h14 - Atualização na Madeira: A Madeira registou hoje 111 novos casos de covid-19 e mais uma morte, elevando para 23 o número de óbitos associados à doença, revelou a Direção Regional de Saúde (DRS), indicando que há atualmente 1.404 situações ativas.

21h10 - Costa em entrevista: Um dia depois de ter revelado as novas medidas para combate à pandemia da Covid-19 e de ter indicado que a regra para todos é "ficar em casa", António Costa deu uma entrevista ao Jornal das 8 da TVI.

"Acho que fizemos tudo o que estava ao nosso alcance, coletivamente o país, para evitarmos esta situação", declarou o líder do executivo, numa alusão ao crescimento de casos diários de novas infeções com o novo coronavírus e de óbitos por covid-19 em Portugal, sobretudo na presente semana.

21h09 - "Um dos mais extraordinários casos da pandemia": Mulher estava infetada com Covid e teve de ser internada nos Cuidados Intensivos do Hospital Santa Maria. Foi colocada em Oxigenação por Membrana Extracorporal e submetida a um procedimento "de que não havia registos em termos mundiais".

21h08 - Atualização em São Tomé e Príncipe:São Tomé e Príncipe registou nas últimas 48 horas mais 29 casos de covid-19, aumentando o numero de pessoas infetadas para 1.119, indicou fonte do Ministério da Saúde.

20h06 - Sindicato considera "positivo" programa de apoio à Cultura: O Sindicato dos Trabalhadores de Espetáculos, do Audiovisual e dos Músicos (Cena-STE) considerou positivo o programa de apoio ao setor, com uma dotação de 42 milhões de euros, anunciado hoje pela ministra da Cultura, Graça Fonseca.

20h05 - A Associação de Hotéis Rurais de Portugal (AHRP) diz que cerca de 40% destas unidades já fechou ou pretende encerrar, de acordo com os resultados de um inquérito que levou a cabo em novembro.

20h04 - Pandemia "destapou" desigualdades que escolas ajudam a combater: O ex-ministro da Educação Eduardo Marçal Grilo afirmou hoje que a pandemia da covid-19 "veio destapar a pobreza e as desigualdades", acentuando que as escolas podem ajudar a combater as desigualdades "educando as pessoas".

20h00 - "Há escolhas que são mais fáceis do que parecem", lembra o SNS.

19h40 - 95 a 97% dos vacinados no São João apresentam anticorpos em 15 dias: Entre 95 a 97% dos profissionais de saúde vacinados contra a covid-19 no Hospital de São João, Porto, apresentaram, 15 dias após a primeira toma, anticorpos que conduzem à imunidade, revelou hoje o diretor do serviço de patologia clínica.

19h37 - Atualização em Angola: Angola registou mais 188 casos de covid-19, uma morte e 377 doentes considerados recuperados, nas últimas 24 horas, informou a ministra da Saúde angolana, Silvia Lutucuta.

19h34 - "O anúncio, pelo Ministro da Economia, da retoma do apoio extraordinário aos trabalhadores independentes, que existiu em 2020, é a prova do reconhecimento pelo Governo de que o apoio aos recibos verdes inscrito no Orçamento para 2021 não serve e não responde", vinca José Soeiro, numa publicação no Twitter.

19h32 - Tiago Mayan lembrou, na rede social Twitter, o caso de um pequeno empresário afetado pela pandemia.

19h30 - O Governo aprovou um regime de apoio extraordinário ao preço de energia elétrica que beneficiará cerca de 5,2 milhões de consumidores.

19h27 - Restrições à liberdade de circulação e exceções previstas no confinamento: O decreto do Governo que estabelece as medidas a implementar durante o novo Estado de Emergência devido à pandemia da Covid-19 prevê restrições à liberdade de circulação, destacando-se o dever geral de recolhimento domiciliário, e define um conjunto de exceções.

19h26 - Os concursos da Direção-Geral das Artes não irão abrir em 2021, "em função da excecionalidade do ano", estando no entanto garantido o apoio aos projetos artísticos, anunciou hoje a ministra da Cultura.

19h25 - CDS-PP critica Governo por manter todas as escolas abertas: O presidente do CDS-PP criticou a decisão do Governo de manter todas as escolas abertas durante o novo confinamento devido à pandemia de covid-19, e manifestou receio de que as exceções comprometam os esforços que os portugueses vão fazer.

19h22 - Vendas de artigos em supermercado limitadas: Os supermercados e hipermercados vão ficar impedidos a partir da próxima semana de vender artigos não alimentares, como roupa, livros e objetos de decoração, disse hoje o ministro de Estado e da Economia.

19h20 - Marisa Matias lembra que nem todos têm condições para confinar: A candidata presidencial bloquista, Marisa Matias, alertou hoje que "nem toda a gente tem as mesmas condições para fazer um confinamento", dando o exemplo da habitação, que está a perder a batalha "contra a especulação imobiliária e o negócio".

19h19 - França alarga plano de vacinação: O primeiro-ministro francês, Jean Castex, anunciou hoje que o acesso à vacina contra a covid-19 vai ser alargado a todas as pessoas que tenham uma doença que as torne mais vulneráveis ao vírus.

19h14 - O Serviço Nacional de Saúde mostra, esta quinta-feira, a Vacinação na Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados (RNCCI) no concelho de Aguiar da Beira.

19h06 - Transportes em Braga: Os Transportes Urbanos de Braga vão manter a oferta atualmente em vigor aos dias de semana, mas ao sábado e domingo haverá uma redução, na sequência do novo período de confinamento do país, foi hoje anunciado.

18h59 - Atualização em França: As autoridades sanitárias francesas reportam esta quinta-feira 21.228 novos casos de infeção, elevando o número total, desde o início da pandemia, para mais de 2,8 milhões de casos confirmados. O governo francês determinou hoje o horário de recolhimento obrigatório a nível nacional às 18h00.

18h50 - Manter escolas abertas é "medida arriscada": O ex-ministro da Educação Eduardo Marçal Grilo considerou hoje uma "medida arriscada" manter as escolas abertas na atual fase da pandemia da covid-19 e defendeu que os professores devem ser priorizados na vacinação.

18h47 - Atualização em Moçambique: Mais seis pessoas morreram em Moçambique vítimas do novo coronavírus, nas últimas 24 horas, o que eleva o total de mortes para 211, havendo ainda 543 novos infetados, anunciou hoje o Ministério da Saúde.

18h39 - Angola fecha 'portas' a Portugal: Angola vai suspender as ligações aéreas com Portugal, Brasil e África do Sul, a partir das 00h00 do dia 24 de janeiro, anunciou o ministro de Estado e chefe da Casa Civil do Presidente da República, Adão de Almeida.

18h37 - Bloqueio britânico de viagens de Portugal inclui Madeira e Açores: Os corredores de viagem internacional do Reino Unido com os arquipélagos da Madeira e dos Açores vão fechar na sexta-feira e as ligações aéreas suspensas, tal como Portugal continental, devido à estirpe brasileira do coronavírus, clarificou o Governo britânico.

18h36 - A Associação de Socorros da Freguesia da Encarnação, no concelho de Mafra, regista um surto de covid-19 com um total de 56 casos confirmados nas suas valências de Cuidados Continuados e de Internamento, confirmou hoje a ARSLVT.

18h35 - Nova estirpe brasileira "ainda não foi detetada em Portugal": A estirpe brasileira do novo coronavírus ainda não foi detetada em Portugal, garantiu à Lusa o Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA), que tem a decorrer desde março um estudo sobre as variantes do SARS-CoV-2.

18h34 - Atualização em Cabo Verde: As autoridades sanitárias cabo-verdianas diagnosticaram mais 72 infetados pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas, elevando para 12.664 os casos acumulados desde 19 de março, segundo dados divulgados hoje pelo Ministério da Saúde.

18h31 - "Continuaremos a trabalhar e a apoiar a economia para as empresas poderem responder à procura quando ela for retomada", vincou Siza Vieira.

18h29 - No domínio da restauração, "aumentou a possibilidade de refeições ao domicílio" e Governo entendeu limitar as "comissões que estas plataformas [de entrega] cobram". Com efeito, as plataformas podem cobrar 20% do valor da refeição.

18h26 - Para empresários em nome individual, "vamos proceder em 28 de janeiro à abertura de candidaturas para receberem apoio no limite de 5 mil euros. Vamos abrir no dia 4 de fevereiro, o regime de apoio ao pagamento de rendas a fundo perdido".

18h24 - São suspensas, entre 1 de janeiro e 31 de março, as penhoras das Finanças e da Segurança Social.

18h20 - O ministro da Economia anunciou uma linha de crédito de 400 milhões para empresas mais afetadas.

18h19 - Empresas em retoma progressiva podem transitar para lay-off simplificado.

18h15 - "O regime de lay-off simplificado foi recuperado e reforçado", adiantou Siza Vieira em conferência de imprensa.

18h12 - Foi aprovado um apoio de 438,81 euros "que será universal e atribuível a todos os trabalhadores da cultura. Temos consciência que este novo confinamento tem impacto particularmente forte neste setor. Este apoio tem como objetivo atenuar os impactos desta paragem", salientou a ministra da Cultura.

18h08 - Quota da música portuguesa nas rádios atualizada para 30%.

18h06 - O Governo vai abrir, em 2021, "o programa de apoio à rede de teatros e de cineteatros". Adicionalmente, no último trimestre de 2021, "será aberto o novo concurso de apoio a projetos que terá efeitos em 2022". Como anunciou Graça Fonseca, "iremos no primeiro trimestre de 2022 abrir o apoio sustentado às artes, que terá efeito em 2023".

18h01 - "Decidimos que 2021 não é ano para concursos e o Governo irá apoiar as entidades artísticas sem a realização de concursos, adiando-os para 2022", acrescentou Graça Fonseca.

17h59 - A ministra da Cultura anunciou que o Governo aprovou um programa no valor de 42 milhões de euros, a fundo perdido, de apoio ao trabalho cultural e artístico.

17h57 - Governo anuncia novas medidas de apoio:

17h41 - Atualização em Espanha: Ministério da Saúde espanhol reporta, esta quinta-feira, um acréscimo de 35.878 casos de contágio ao balanço total, uma descida em relação à véspera (38.869), mas mantendo-se acima dos 35 mil novos casos pelo segundo dia consecutivo. Há ainda a registar 210 mortes em 24 horas.

17h37 - “Não conseguimos compreender como é que mantém esse ensino aberto, ao mesmo tempo que se decide fechar um conjunto de outros setores. Ao tomarmos meias medidas vamos arrastar situações de restrições e confinamentos”, ataca o PSD.

17h37 - Hospital Garcia de Orta aumentou camas: O Hospital Garcia de Orta (HGO), em Almada, converteu mais 16 camas de enfermarias cirúrgicas para tratamento de doentes covid-19, face à "enorme pressão assistencial e crescente procura de doentes", anunciou hoje aquela instituição.

17h33 - Recolher às 18h em toda a França: A partir de sábado, o horário de recolher obrigatório em todo o território francês passa a ser às 18h00, anunciou esta quinta-feira o primeiro-ministro francês, Jean Castex, em conferência de imprensa, adiantando o horário de recolhimento em duas horas.

17h28 - Mutação encontrada no Brasil pode ser tão contagiante quanto a do Reino Unido: A mutação do novo coronavírus detetada recentemente no Japão e originária da Amazónia brasileira pode ser tão contagiosa quanto as do Reino Unido ou da África do Sul, avaliou Felipe Naveca, investigador da variante do vírus no Brasil.

17h25 - Marcelo faz teste de diagnóstico e reavaliação da sua situação no sábado: O Presidente da República e recandidato ao cargo, Marcelo Rebelo de Sousa, disse hoje à Lusa que, por indicação das autoridades sanitárias, vai fazer novo teste de diagnóstico do SARS-CoV-2 e reavaliação da sua situação no sábado.

17h12 - A Cáritas Portuguesa informou hoje que apoiou mais de oito mil pessoas carenciadas, entre abril e dezembro do ano passado, em plena pandemia.

17h03 - O lar residencial da Cercilei - Cooperativa de Ensino e Reabilitação de Crianças Inadaptadas de Leiria tem os 12 utentes infetados com SARS-CoV-2.

16h55 - Certificado de vacinação mutuamente reconhecido é "importante": A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, defende que um certificado de vacinação mutuamente reconhecido na União Europeia é "importante" e "saúda" a iniciativa do primeiro-ministro grego que pede que os indivíduos vacinados possam viajar livremente.

16h54 - O presidente da Câmara de Aveiro, Ribau Esteves (PSD/CDS) criticou hoje as medidas previstas no novo confinamento, nomeadamente o encerramento dos equipamentos culturais, sustentando que não é aí que está o problema do aumento de casos de covid-19.

16h44 - Atualização em Itália: A Proteção Civil italiana notificou esta quinta-feira mais 17.246 novos casos de infeção pelo novo coronavírus e mais 522 óbitos.

Itália contabiliza agora um total de 2.336.279 casos positivos confirmados desde o início da pandemia no país, a 21 de fevereiro.

16h21 - Catarina Martins ataca o Governo porque "a menos de 8h da entrada em vigor" do decreto que regula o Estado de Emergência, "ainda não se sabe nada sobre os apoios aos trabalhadores e setores afetados".

16h18 - Santuário de Fátima mantém quase todo o programa oficial: O Santuário de Fátima vai manter o programa oficial, com exceção de duas celebrações, assim como a transmissão diária 'online' de uma missa e da recitação do terço, no novo período de confinamento devido à pandemia de covid-19.

16h16 - 'Língua Covid', o novo sintoma: Esta quarta-feira, no Twitter, o professor Tim Spector, epidemiologista do King's College London, publicou uma fotografia de mais um sintoma causado pelo vírus SARS-CoV-2 - 'língua Covid'.

16h11 - Reino Unido proíbe entrada de passageiros de Portugal: O Reino Unido anunciou esta quinta-feira que vai proibir a entrada de passageiros idos de Portugal para o país. A informação foi revelada por Grant Shapps, ministro britânico dos Transportes e em causa está a nova variante do novo coronavírus detetada no Brasil. A medida entra em vigor amanhã, dia 15 de janeiro, a partir das 04 horas da manhã.

16h04 - Produção de vacinas em Paredes de Coura arranca em dezembro: A nova fábrica da farmacêutica espanhola Zendal, em construção em Paredes de Coura, no distrito de Viana do Castelo, num investimento de 15 milhões de euros, vai começar a produzir vacinas em dezembro, foi hoje divulgado.

16h03 - Surto no plantel do Sertanense: Um surto do novo coronavírus infetou 25 elementos do plantel do Sertanense, entre futebolistas, treinadores e colaboradores, estando toda a equipa em isolamento profilático, disse hoje à Lusa o presidente daquele clube do distrito de Castelo Branco.

16h01 - O número de óbitos no surto de covid-19 num dos edifícios do Lar da Misericórdia de Viana do Alentejo (Évora) aumentou para quatro e foram detetados mais 21 casos de infeção na instituição, disse hoje o provedor.

15h54 - O Governo apela, mais uma vez, que se mantenha protegido e proteja os outros.

15h36 - Atualização em Portugal: De acordo com os dados divulgados, esta quinta-feira, pela Direção-Geral da Saúde (DGS), Portugal contabilizou, nas últimas 24 horas, mais 148 óbitos e 10.698 infetados por Covid-19. Com esta atualização, o país passa a contabilizar um total de 517.806 casos confirmados e 8.384 vítimas mortais desde o início da pandemia.

15h21 - Resposta devia ter sido programada com setor social e privado: O bastonário da Ordem dos Médicos acusou hoje o Governo de não ter programado a resposta à pandemia de covid-19, englobando o setor social e privado e usando, se necessário, meios humanos do Serviço Nacional de Saúde.

15h19 - O PSD reagiu, na tarde desta quinta-feira, através do deputado Ricardo Batista Leite, às medidas decretadas pelo Governo, considerando que são "mais uma vez, um conjunto de meias medidas, particularmente quando olhamos para a situação nas escolas".

15h16 - António Costa anunciou ontem multas mais 'pesadas' para quem incumprir as medidas decretadas para controlar a pandemia de Covid-19. Com efeito, foi hoje publicado em Diário da República o decreto-lei que altera o regime contraordenacional no âmbito da situação de calamidade, contingência e alerta e agrava a contraordenação relativa ao teletrabalho obrigatório durante o estado de emergência. Consulte-o aqui.

15h14 - Foi esta quinta-feira publicado, em Diário da República, o decreto que regulamenta o Estado de Emergência decretado pelo Presidente da República. Consulte o documento aqui.

15h13 - A Polícia de Segurança Pública partilhou, esta quinta-feira, no Twitter, as medidas decretadas pelo Governo para este novo Estado de Emergência. Reveja-as aqui:

14h43 - Reveja, abaixo, a conferência de imprensa sobre as regras de voto dos cidadãos em confinamento obrigatório, incluindo os idosos acolhidos em estruturas residenciais.

14h25 - Para impedir a concorrência desleal, o governo pode "determinar que os estabelecimentos de comércio a retalho que comercializem mais do que um tipo de bem e cuja actividade seja permitida no âmbito do presente decreto não possam comercializar bens tipicamente comercializados nos estabelecimentos de comércio a retalho encerrados ou com a atividade suspensa nos termos do presente decreto”, diz o Público. Quer isto dizer que os supermercados podem ser proibidos de vender bens que não sejam de primeira necessidade. A decisão ficará nas mãos do ministro da Economia.

Boa tarde, recorde aqui as anterior atualizações relativas à evolução da pandemia.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório