Meteorologia

  • 12 MAIO 2021
Tempo
22º
MIN 13º MÁX 22º

Edição

AO MINUTO: Novo recorde de casos e óbitos; Desperdício de vacinas é falso

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo.

AO MINUTO: Novo recorde de casos e óbitos; Desperdício de vacinas é falso

Mais medidas. Após o presente no 'sapatinho' pelo Natal, Portugal começa a colher os resultados da liberdade que lhe foi concedida pelaépocas festiva, e o resultado é um aumento substancial no número de infetados por Covid-19.

Ora, após a escalada de novos casos, a partir de hoje, o país volta a estar sob regras mais restritivas. Entre as 23h00 de hoje e as 05h00 de segunda-feira, a circulação entre concelhos está proibido em 253 municípios do país, e esta pode ser apenas uma das medidas que o Governo prepara.

António Costa vai estar reunido, hoje e amanhã, com os partidos, para debater a necessidade de mais restrições. Recorde-se que o primeiro-ministro afirmou, esta quinta-feira, após reunião do Conselho de Ministros, que nos próximos dias as medidas podem apertar, e não excluiu a hipótese deum novo confinamento, como aconteceu em março.

"O cenário que podemos ter como provável são medidas semelhantes àquelas que tivemos em março, mas sem prejudicar o ano letivo como aconselham os especialistas", frisou.

Portugal registou, esta quinta-feira, mais 9.927 novos casos de Covid-19 e 95 mortos em Portugal. Este é o segundo valor mais elevado de óbitos num só dia.

Veja aqui os mapas de atualização da Covid-19 em Portugal e no mundo.

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo:

15h25 - Este registo termina aqui, mas pode continuar a acompanhar todas as incidências da Covid-19 aqui.

15h20 -De acordo com os últimos dados do Instituto Nacional de Estatística britânico, uma em cada cinco pessoas está infetada com o novo coronavírus em Inglaterra. O rácio de infeção na população terá aumentado no país entre 28 a 2 de janeiro, refere a estimativa, citada pela Sky News.

De acordo com o estudo, durante o mesmo período 1,122.000 de pessoas tinham Covid-19, sendo que na última análise, que teve em conta os dias entre 12 e 18 de dezembro, havia 645.800 pessoas infetadas com o novo vírus em Inglaterra.

15h03 - Na sequência da polémica em torno da ventilação nas salas de aulas e da denúncia de alunos que se vêem obrigados a ir para a escola munidos com cobertores para combater o frio, o ministério da Saúde emitiu um esclarecimento sobre o assunto, em que refere que a ventilação destes esapços deve ser feito durante os intervalos.

15h00 - Autoridades francesas (também) dão luz verde à utilização da vacina da Moderna. A vacina da farmacêutica Moderna contra a covid-19 "pode ser aplicada em pessoas com 18 anos ou mais, incluindo idosos, devido à eficácia e o perfil de tolerância global satisfatório", declarou hoje a Alta Autoridade de Saúde francesa (HAS).

14h50 - A locutora da Rádio Comercial Elsa Teixeira comunicou esta sexta-feira, dia 8, estar infetada com o novo coronavírus. Tudo começou com o que parecia ser uma constipação, mas o diagnóstico apontou para aquele que é o vírus mais temido do mundo.

14h48 - A Assembleia da República aprovou hoje em sessão plenária dois projetos de resolução, apresentados pelo Bloco de Esquerda e pelo PCP, de prevenção e combate à violência contra profissionais de saúde nos respetivos locais de trabalho.

No contexto da discussão da petição 'Não à Violência sobre os Profissionais de Saúde', que reuniu 7.702 assinaturas, foi sublinhado o impacto das situações de violência junto dos profissionais, com o deputado 'bloquista' Moisés Ferreira a revelar que foram registadas mais de 1.300 agressões a profissionais de saúde em 2019, às quais se juntam, segundo Bebiana Cunha, do PAN, cerca de 500 agressões apenas nos primeiros três meses de 2020.

14h45 - O presidente da Secção Norte da Ordem dos Enfermeiros, João Paulo Carvalho, alertou hoje que fazem falta mais 53 enfermeiros para assegurar o "normal funcionamento" do Serviço de Urgência Médico-Cirúrgica do hospital de Vila Nova de Famalicão.

14h35 - Hospital São João admite ser "expectável" um "aumento elevado" de casos. O presidente do conselho de administração do Centro Hospitalar e Universitário de São João (CHUSJ) admitiu hoje como "expectável" que o número de casos Covid-19 registe um "aumento elevado nos próximos dias ou semanas" na região Norte.

"Olhando para o que está a acontecer nas regiões Sul e Centro, é expectável que na região Norte possamos ter um aumento elevado de casos. Estamos a preparar-nos para os cenários mais exigentes, esperando que tal não aconteça. Mas se acontecer estamos sempre um passo à frente da epidemia para que não exista nenhum constrangimento", disse Fernando Araújo.

14h29 - Ordem reclama mais enfermeiros para o Hospital de Famalicão. O presidente da Secção Norte da Ordem dos Enfermeiros, João Paulo Carvalho, alertou hoje que fazem falta mais 53 enfermeiros para assegurar o "normal funcionamento" do Serviço de Urgência Médico-Cirúrgica do hospital de Vila Nova de Famalicão.

14h26 - Capital económica da Nigéria enfrenta nova vaga mais mortal. A capital económica da Nigéria, Lagos, enfrenta uma segunda vaga de Covid-19, "mais contagiosa" e "mais mortal" que a anterior, com grande parte dos habitantes a ignorarem as recomendações das autoridades de saúde e os hospitais sobrecarregados.

14h11 - Portugal registou, nas últimas 24 horas, mais 118 mortos e 10.176 casos de Covid-19, informou esta tarde a Direção-Geral da Saúde (DGS). Esta sexta-feira é, assim, o dia com mais vítimas mortais e infetados identificados no país, desde o início da pandemia.

Com esta atualização, Portugal passa a contabilizar, em termos cumulativos, 7.590 óbitos e 466.709 contágios de Covid-19.

14h04 - Londres declara situação de emergência. O presidente da Câmara Municipal, Sadiq Khan, declarou hoje uma situação de emergência na capital britânica, onde os hospitais correm o risco de ficar sobrecarregados devido ao aumento rápido do número de infetados.

"A situação em Londres agora é crítica, com o vírus a espalhar-se fora de controlo. (...) A realidade é que vamos ficar sem camas para pacientes nas próximas duas semanas se a propagação do vírus não diminuir drasticamente", justificou, em comunicado.

14h00 - É oficial. Hospital de S. João recebe doentes de Lisboa e Vale do Tejo. As transferências vão acontecer já na tarde desta sexta-feira, dia 8 de janeiro, confirmou o Notícias ao Minuto.

13h58 - Em tempo de pandemia, o gasto médio nas compras do período natalício foi de 39,4 euros, um aumento de 5,6% face a novembro. "Os mais recentes dados do SIBS Analytics revelam que, durante o mês de dezembro de 2020 e em plena época natalícia, os portugueses gastaram em média 39,4 euros por compra na rede Multibanco, um incremento de cerca de 5,6% face ao mês anterior", pode ler-se no comunicado da SIBS hoje divulgado.

13h50 - Agência Europeia uma conclusão sobre a vacina AstraZeneca no "final de janeiro". Através da rede social Twitter, a EMA sublinha que "depois de ter recebido mais dados da empresa", está "à espera de que a AstraZeneca submeta uma candidatura para a autorização condicional de marketing da sua vacina contra a Covid-19 na próxima semana".

Caso isso aconteça, e "dependendo dos dados e do progresso da avaliação", a agência europeia refere que poderá ter uma "possível conclusão" sobre a vacina em questão no "final de janeiro".

13h43 - Portugal já administrou 70 mil vacinas contra a Covid-19. O balanço foi feito esta sexta-feira pelo Ministério da Saúde, sendo que, este número passa a partir de hoje a poder ser acompanhado "nas plataformas online do Ministério da Saúde e do Governo, garantindo transparência em todo o processo de vacinação".

Informa ainda o ministério de Marta Temido que a "atualização será semanal" e poderá ser consultada nestes links:

- https://www.sns.gov.pt/monitorizacao-do-sns/vacinas-covid-19/;
- https://covid19.min-saude.pt/ponto-de-situacao-atual-em-portugal/
- https://covid19estamoson.gov.pt/estado-epidemiologico-covid19-portugal/

13h30 - O Hospital de S. João, no Porto, vai receber, esta tarde de sexta-feira, doentes covid-19 dos hospitais da região de Lisboa e Vale do Tejo. A notícia é avançada pelo Jornal de Notícias que refere que a elevada pressão nos hospitais de Lisboa e Vale do Tejo está a obrigar à transferência de doentes para outras regiões do país.

13h15 - Os Açores registaram nas últimas 24 horas 84 novos casos positivos de covid-19, 82 dos quais em São Miguel e dois na Terceira, elevando para 621 o total de positivos ativos na região.

13h10 - Mais três idosos morreram devido ao surto de covid-19 no lar da Santa Casa da Misericórdia de Mértola (SCMM), no distrito de Beja, subindo para 19 o número total de vítimas mortais, revelou hoje o provedor.

12h59 - O primeiro-ministro elogiou hoje o acordo entre a Comissão Europeia e a Pfizer e BioNTech para a aquisição de 300 milhões de doses adicionais de vacina, considerando tratar-se de mais um sinal de "confiança e esperança".

12h50 - O Sindicato dos Enfermeiros denunciou a "falta de condições" e o "frio que não se aguenta" num novo edifício de apoio do hospital de Vila Nova de Famalicão, construído expressamente para o combate à pandemia da covid-19.

12h45 - O concelho de Pombal, no distrito de Leiria, regista hoje 92 casos positivos de covid-19 em lares, entre utentes e funcionários, anunciou a vereadora com o pelouro do Desenvolvimento Social, Ana Cabral.

12h43 - Petrus tinha, apenas, 9 dias de vida quando foi internado com Covid-19 nos Cuidados Intensivos de um Hospital em Valência, Espanha. Setenta dias depois, venceu a doença e teve alta. Conheça a sua história aqui.

12h40 - A Suécia aprovou hoje, com maioria, uma lei que concede temporariamente ao Governo novos poderes contra a pandemia, permitindo nomeadamente o encerramento de restaurantes e empresas pela primeira vez desde o início da pandemia.

12h30 - Moçambique poderá ser um dos primeiros países a receber a vacina contra o novo coronavírus aprovada pela Índia, anunciou o embaixador cessante da Índia em Maputo.

12h24 - O Reino Unido aprovou mais uma vacina. O governo britânico acaba de dar luz verde à vacina criada pela Moderna, e já encomendou 10 milhões de doses.

12h15 - Atos sexuais a solo são o único método de seguro de ter sexo durante a pandemia da Covid-19, de acordo com orientações do governo australiano.

Perante o panorama mundial de contágio pelo novo coronavírus, especialistas sugerem a "masturbação mútua" e o uso de máscara durante o sexo com parceiros, avança um artigo publicado no portal Daily Telegraph. O conselho foi emitido pelo governo em New South Wales, na Austrália.

12h05 -A Agência Europeia de Medicamentos (EMA, na sigla em inglês) atualizou as informações sobre a vacina covid-19 da Pfizer/BioNTech esclarecendo que cada frasco contém o suficiente para seis doses, em vez das cinco recomendadas até agora.Para obter as seis doses completas, a EMA aconselha o uso de uma seringa de "baixo volume" (não mais do que 0,035 mililitros) para aextraçãoe avisa que "se forem usadas seringas e agulhas padrão, pode não haver vacina suficiente para extrair a sexta dose do frasco".

11h50 -O líder supremo do Irão, o 'ayatolah' Ali Khamenei, proibiu hoje a importação de vacinas norte-americanas e britânicas contra o covid-19, urgindo os cientistas iranianos a desenvolverem um composto nacional.

11h45 -O presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, vai promover em 21 de janeiro uma cimeira de líderes por videoconferência de coordenação das medidas adotadas na União Europeia (UE) contra a covid-19, numa altura de aumento do número de casos.

11h34 - O ministério da Saúde emitiu um comunicado onde esclarece que "é falso que Portugal tenha desperdiçado uma 6.ª dose" da vacina contra a Covid-19. A nota surge depois de o Expresso ter noticiado que a falta de uma norma da Direção-Geral da Saúde que permita preparar seis doses por cada frasco da vacina da Pfizer já obrigou a desperdiçar uma quantidade que daria para vacinar seis mil portugueses.

"Ainda assim, importa afirmar que a utilização da 6.ª dose cumpriu com todas as regras de segurança e qualidade aplicáveis à reconstituição e administração de fórmulas medicamentosas", lê-se no comunicado do ministério de Marta Temido.

11h22 -O Reino Unido vai proibir a entrada de passageiros de Angola, Moçambique e outros países africanos, anunciou o Governo britânico, alargando a medida já aplicada à África do Sul para travar uma nova estirpe da covid-19 identificada naquele país.

11h18 - O número de óbitos por COVID-19 superou o acréscimo de óbitos de 2 a 27 de dezembro relativamente à média dos últimos 5 anos. Entre 2 de março, data em que foram diagnosticados os primeiros casos com a doença COVID-19 em Portugal, e 27 de dezembro, registaram-se 99 356 óbitos em território nacional, mais 12 852 óbitos que a média no mesmo período dos últimos cinco anos. Destes, 52,0% (6 677) foram óbitos por COVID-19.

11h10 - AÁfrica ultrapassou hoje os 70 mil mortos devido à covid-19, tendo registado nas últimas 24 horas mais 690 óbitos e 35.441 novos casos, segundo os dados mais recentes da pandemia no continente.

11h05 - O ministro da Saúde espanhol afirmou, esta manhã, que "as próximas semanas vão ser duras" e que se prevê o "aumento de casos". Por esse motivo, apela para que se reduza ao máximo "as deslocações e os contactos".

10h55 - Macau cancelou hoje o espetáculo de fogo de artifício do Ano Novo Lunar, bem como a tradicional parada para assinalar a efeméride, anunciou a Direção dos Serviços de Turismo (DST) do território.

10h50 - As Nações Unidas temem uma "transmissão em grande escala da covid-19 na comunidade" na região de Tigray, na Etiópia, devido ao deslocamento de pessoas e ao colapso dos serviços de saúde após o conflito armado que ocorreu naquela região.

10h35 -Diana Burlacu Mendes é enfermeira no Hospital Professor Doutor Fernando Fonseca, mais conhecido por Amadora-Sintra, e ao longo dos últimos meses tem relatado o combate à pandemia da Covid-19 na página de Facebook do seu blog ‘Pedaços da Minha Vida’.Esta quinta-feira, depois de mais um turno e perante o crescimento exponencial de novos casos, esta semana, Diana decidiu dedicar um texto “a quem, mais uma vez, preferiu festas em vez de cautela”.

10h27 -O número de casos confirmados de Covid-19 em Wuhan, cidade chinesa na qual o novo coronavírus foi identificado pela primeira vez, pode sido o triplo dos dados oficiais. A conclusão foi apresentada num estudo chinês, citado pela Reuters, publicado, ontem, no jornal científico 'PLOS Neglected Tropical Diseases', no qual foram analisadas mais de 60 mil amostras de sangue, obtidas entre março e maio do ano passado, de cidadãos dados como saudáveis de várias regiões da China.10h24 - Os Estados Unidos ultrapassaram pela primeira vez as 4.000 mortes em 24 horas devido ao novo coronavírus, segundo fontes oficiais, enquanto especialistas do país alertam que a pandemia vai piorar este mês.

10h20 - O surto de covid-19 no lar da Santa Casa da Misericórdia de Montalegre detetado em 22 de dezembro regista um total de 55 utentes infetados, cinco destes hospitalizados, e ainda 26 casos entre trabalhadores, anunciou hoje a instituição.

10h10 - A Comissão Nacional de Eleições admite que os idosos institucionalizados podiam ter sido incluídos na exceção para quem está em isolamento devido à covid-19, permitindo votar nos lares, mas lembra que estes não estão proibidos de sair.

10h00 -A morte de um médico em Miami, nos EUA, depois de lhe ter sido administrada a vacina da Pfizer, está a ser investigada. Gregory Michel, um ginecologista, morreu duas semanas depois de receber a vacina contra a Covid-19. Nas próximas semanas, o gabinete do médico legista do condado irá trabalhar em conjunto com o Departamento de Saúde da Florida e os Centros de Controlo e Prevenção de Doenças (CDC) do governo para determinar a causa de morte.

09h40 - Bruxelas garantiu mais 300 milhões de doses da vacina Pfizer-BioNTech. O anúncio foi feito pela presidente do executivo comunitário, Ursula von der Leyen.

09h10 - Viveram-se momentos tensos no metro de Madrid, quando um idoso decidiu confrontar uma jovem por estar a usar de forma incorreta a máscara de proteção. A jovem contestou a repreensão do homem, alegando que estava a usar a máscara, contudo o mais velho perdeu a cabeça porque esta não tinha o nariz coberto com a mesma.

08h55 - Todos os passageiros vão ter de apresentar um teste negativo de Covid-19 antes de viajarem para Inglaterra ou Escócia, de avião, comboio ou barco, anunciou o Governo britânico. Esta medida, - que deverá entrar em vigor já na próxima semana em Inglaterra e "o mais depressa possível na Escócia - irá incluir passageiros estrangeiros e também domésticos, ou seja, de todos os territórios do Reino Unido.

08h50 - Uma cidade no norte da China está a oferecer recompensas de até 500 yuan (63 euros) para quem denunciar residentes que não fizeram o teste de deteção da covid-19. A oferta das autoridades de Nangong ocorre numa altura em que milhões de pessoas na cidade e na província vizinha de Hebei estão a ser testadas, como parte dos esforços para controlar o recente surto de infeções, o mais sério na China.

08h30 -A polícia britânica anda à caça de um homem que, alegadamente, enganou uma idosa, dando-lhe uma falsa vacina contra a Covid-19. Segundo a mulher, de 92 anos, o homem disse-lhe que pertencia ao Serviço Nacional de Saúde e cobrou-lhe 177 euros pela administração da vacina, que foi feita na sua própria casa, em Londres, Reino Unido.

Notícias ao Minuto Este será o suspeito© The Mirror/City of London police

08h05 - António Costa admitiu um novo confinamento como o que aconteceu em março no país, mas rejeitou a hipótese de voltar a fechar as escolas. O Jornal de Notícias refere, contudo, que esta é uma ideia defendida por peritos, mas que o Governo tem mostrado resistência à mesma. Segundo esta publicação, Fenprof e FNE defendem regime misto no Secundário, alternando as aulas presenciais com ensino à distância.

07h55 - A falta de uma norma da Direção-Geral da Saúde que permita preparar seis doses por cada frasco da vacina da Pfizer já obrigou a desperdiçar uma quantidade que daria para vacinar seis mil portugueses, revela o Expresso.

07h45 - A ilha de São Miguel, nos Açores, tem, a partir de hoje, novas medidas de contenção da covid-19, como limitação de ajuntamentos, recolher obrigatório, limitação de horário de restaurantes e lojas, e encerramento de escolas. As medidas, que vigoram desde as 00h00 locais de hoje (01h00 em Lisboa) e até ao dia 15 no âmbito do estado de emergência, foram anunciadas na quinta-feira pelo Governo dos Açores.

07h39 -A Alemanha reportou, nas últimas 24 horas, mais 1.188 mortes e 31.849 casos de Covid-19, informou, esta sexta-feira, o Instituto Robert Koch. Este é o terceiro dia consecutivo em que a Alemanha regista mais de mil mortes diárias, sendo que ontem foram identificadas mais 1.070. Quanto ao número de contágios, verifica-se hoje um aumento significativo.

07h34 -A vacina contra a Covid-19 da Pfizer-BioNTech parece funcionar contra uma mutação chave que integra as novas variantes descobertas no Reino Unido e na África do Sul, de acordo com um estudo de laboratório conduzido pela farmacêutica norte-americana e citado pela Reuters.

O estudo da Pfizer e cientistas da University of Texas Medical Branch, ainda não revisto por pares, indicou que a vacina foi eficaz na neutralização do vírus com a chamada mutação N501Y da proteína spike.

07h25 -Com Inglaterra mergulhada novamente num caos de casos Covid-19, com a doença a chegar mesmo aos clubes ingleses que vivem numa espécie de bolha, as recomendações para evitar celebrações de golo regressaram. Segundo o The Times, está a ser feito um apelo pela associação de jogadores profissionais para que os atletas, sempre que há motivos para celebrar, não se abracem.

07h18 - O México contabilizou 1.044 mortos devido à covid-19 e 13.734 novos casos nas últimas 24 horas, o valor mais alto pelo segundo dia consecutivo desde o início da pandemia.

07h17 - A Índia registou 234 mortos por covid-19 e 18.139 infetados nas últimas 24 horas, informou hoje o Ministério da Saúde indiano.

07h16 - A Comissão de Saúde da China anunciou hoje ter identificado 53 casos de covid-19, nas últimas 24 horas, entre os quais 37 por contágio local e os restantes oriundos do exterior.

07h14 - O primeiro-ministro recebe hoje, em São Bento, delegações do PSD, PCP, CDS-PP e PS para debater a necessidade de medidas mais restritivas para travar o aumento de contágios do novo coronavírus em Portugal. No sábado, será a vez de o Governo se reunir com as restantes forças políticas com representação parlamentar: BE, PAN, PEV, Chega e Iniciativa Liberal.

07h10 - Os Estados Unidos registaram 3.865 mortos devido à covid-19 e mais de 265 mil infetados, de acordo com a contagem independente da Universidade Johns Hopkins. Com o balanço efetuado às 20h00 de quinta-feira (01h00 de hoje em Lisboa), o país contabiliza agora 364.691 óbitos devido à covid-19 e 21.538.021 casos da doença desde o início da pandemia.

07h05 - A circulação entre concelhos do continente está proibida entre as 23h00 de hoje e as 05h00 de segunda-feira, no âmbito das medidas divulgadas pelo Governo para conter a covid-19, após a escalada de novos casos nos últimos dias.

Os habitantes de 253 concelhos do continente estão também sujeitos ao recolher obrigatório e consequente proibição de circulação na via pública no sábado e no domingo a partir das 13h00 e até às 05h00 do dia seguinte.Desta última restrição apenas estão livres 25 municípios, que são considerados como tendo um risco moderado de contágio por covid-19.

07h00 - Bom dia! Damos início a um novo acompanhamento diário à evolução da Covid-19. Recorde aqui os principais desenvolvimentos, ocorridos ontem, sobre a pandemia em Portugal e no mundo.

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2021 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório