Meteorologia

  • 19 MAIO 2021
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 25º

Edição

AO MINUTO: Restrições no fim de semana; Medidas mais apertadas à vista

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo.

AO MINUTO: Restrições no fim de semana; Medidas mais apertadas à vista

Depois de Portugal ter ultrapassado pela primeira vez os 10.000 casos diários de Covid-19, foi aprovada, ontem, a renovação do Estado de Emergência, por um período de oito dias.Este é o oitavo (e mais curto) Estado de Emergência, que irá vigorar entre as 00h00 de 8 de janeiro, sexta-feira, e as 23h59 de dia 15 de janeiro.

A renovação foi justificada pelo Presidente da República pelo facto de serem "escassos ainda os dados que possam ser relacionados" com o período do Natal e do Ano Novo, pese embora "os números mais recentes sejam muito preocupantes, demonstrando a imperiosidade das medidas de emergência".

O agravamento da pandemia também levou a ministra da Saúde a alertar que Portugal enfrenta uma nova "fase de imensa pressão" no Serviço Nacional de Saúde (SNS) e que os próximos dias vão ser "muito duros". Marta Temido ordenou ainda à Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo a suspensão de toda a atividade não urgente nos hospitais da região.

Entretanto, o Governo reúne-se hoje em sede de Conselho de Ministros para eventualmente decidir novas medidas de combate àpandemia.

Mas, há boas notícias. Com a aprovação da Agência Europeia do Medicamento e autorização da Comissão Europeia, as primeiras vacinas da Moderna chegam a Portugal nos "próximos dias".

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo:

15h55 - Este registo terminou. Continue a acompanhar aqui os principais desenvolvimentos da pandemia em Portugal e no Mundo, desta quinta-feira.

15h52 - Mais de 25 milhões de casos na Europa. O número de casos reportados, desde o início da pandemia, na Europa ultrapassou esta tarde os 25 milhões, de acordo com uma contagem realizada pela agência Reuters.

15h48 - Câmara de Ponta Delgada testou 803 funcionários. A Câmara de Ponta Delgada testou esta semana 803 funcionários à Covid-19, um rastreio que visou ser "um contributo responsável para o esforço das autoridades locais e regionais na luta contra a propagação" da pandemia.

15h45 - Lar de Miranda do Douro com quatro mortos e todos os utentes infetados. O número de mortes associadas à Covid-19 no Lar da Misericórdia de Miranda do Douro, distrito de Bragança, subiu hoje para quatro e todos os 68 utentes estão infetados pelo SARS-CoV-2, disse hoje à Lusa a provedora da instituição.

15h40 - Dezembro foi "tempestade perfeita" para aumento de casos na Régua. O presidente da Câmara da Régua disse hoje que dezembro criou a "tempestade perfeita" para o aumento exponencial de infetados no concelho e lamentou que a Saúde Pública continue a "reagir muito tarde" aos casos positivos.

15h36 - Governo aprova prolongamento do apoio à retoma até 30 de junho. O Governo aprovou, esta quinta-feira, em sede de Conselho de Ministros, o prolongamento do apoio extraordinário à retoma progressiva para empresas em situação de crise empresarial até ao dia 30 de junho de 2021.

"Estabelece-se que todos os trabalhadores que estejam abrangidos pelo lay-off simplificado, lay-off do Código do Trabalho (motivado pela pandemia da doença Covid-19 e que se inicie após 1 de janeiro de 2021) e apoio extraordinário à retoma progressiva de atividade passem a auferir 100% da sua retribuição normal ilíquida até 3 Retribuição Mínima Mensal Garantida (RMMG), não havendo lugar a esforço adicional dos empregadores", pode ler-se em comunicado.

15h32 - Aumento de casos motiva fecho de escolas de Santa Cruz. A Secretaria da Educação da Madeira decidiu hoje encerrar as cerca de 20 escolas do município de Santa Cruz devido ao aumento de casos de Covid-19, que coloca o concelho na lista de risco elevado.

15h25 - Sobe para 37 o número de infetados em lar de Arruda dos Vinhos. O número de infetados do surto de Covid-19 do lar da Cartaxaria da Santa Casa da Misericórdia de Arruda dos Vinhos, no distrito de Lisboa, subiu de 16 para 37, disse hoje o delegado de saúde.

15h11 - Pandemia colocou em destaque trabalho das IPSS e misericórdias. O presidente do Secretariado Regional de Leiria da União das Misericórdias Portuguesas considerou hoje que a pandemia de covid-19 colocou em destaque o trabalho destas entidades e das instituições particulares de solidariedade social, e realçou o papel das funcionárias dos lares.

"Esta situação da pandemia veio destacar o trabalho das misericórdias e das IPSS [instituições particulares de solidariedade social] no apoio aos idosos, mas não só", disse à agência Lusa Joaquim Guardado, também provedor da Santa Casa da Misericórdia de Pombal, no distrito de Leiria, exemplificando com as ações no combate à pobreza.

15h06 - Comissão de acompanhamento prevê aumento de casos em São Miguel. O presidente da Comissão de Acompanhamento da Luta Contra a Pandemia nos Açores, Gustavo Tato Borges, admitiu hoje que o número de casos de infeção pelo novo coronavírus na ilha de São Miguel continue a aumentar nas próximas duas semanas.

15h04 - Surto no serviço de Medicina Interna do hospital de Leiria está resolvido. O surto de Covid-19 que atingiu o Serviço de Medicina Interna do Hospital de Santo André, em Leiria, no final de novembro, está ultrapassado, revelou hoje fonte hospitalar à agência Lusa.

14h59 - Total de mortes do surto no lar da Misericórdia de Mértola sobe para 16. O total de mortes provocadas pelo surto de Covid-19 no lar da Santa Casa da Misericórdia de Mértola, no Alentejo, subiu para 16, com a morte de mais três utentes.

14h51 - Portugal regista mais 95 mortos e 9.927 novos casos. A Direção-Geral da Saúde (DGS) informou esta tarde que, nas últimas 24 horas, foram reportados mais 95 óbitos e 9.927 infetados pelo novo coronavírus no país.

14h50 - Pandemia reduziu violência física nas escolas mas trouxe outras agressões. A pandemia de Covid-19 fez diminuir os casos de violência física a docentes e funcionários, mas surgiram novas formas de agressão, em especial durante as aulas 'online', que muitas vezes "ridicularizaram os professores".

14h43 -"Podemos ter medidas semelhantes às de março". Já no fim da sua intervenção, o primeiro-ministro admitiu um confinamento, como na primeira vaga da pandemia, se o número de casos diários de coronavírus em Portugal continuar a rondar os 10 mil.

"O cenário que podemos ter como provável são medidas semelhantes àquelas que tivemos em março, mas sem prejudicar o ano letivo como aconselham os especialistas", frisou, acrescentando, no entanto, que, tal como "todos os especialistas indicam", deve-se assegurar "o normal funcionamento das escolas".

14h26 - "Medidas mais restritivas a partir da próxima semana". O chefe do Governo admitiu também que, perante o "agravamento" da situação pandémica, o Executivo também prevê decretar "medidas mais restritivas a partir da próxima semana".

Sobre as possíveis novas regras a partir de dia 15, António Costa adiantou que as medidas apresentadas hoje deverão ser estendidas "ao resto da semana" e, sublinhando que ainda irá ouvir os parceiros sociais e os partidos políticos, revelou ainda que "há um grande consenso entre técnicos e especialistas" no sentido de não se interromper a atividade letiva.

14h12 - Novas restrições mais apertadas a partir de amanhã. Referindo que os ontem os casos diários foram superiores a 10 mil e hoje "praticamente chegam de novo aos 10 mil”, o primeiro-ministro anunciou que, no próximo fim de semana, em todos os concelhos que registem mais de 240 casos de Covid-19 por 100 mil habitantes será proibida a circulação entre concelhos e proibida a circulação na via pública a partir das 13h00.

Assim, só 25 concelhos do país ficarão de fora destas restrições, designadamente: Alcoutim; Aljezur; Almeida; Arronches; Barrancos; Carrazeda de Ansiães; Castanheira de Pêra; Castelo de Vide; Coruche ; Ferreira do Alentejo; Freixo de Espada à Cinta; Lagoa; Manteigas; Monchique; Odemira; Pampilhosa da Serra; Proença-a-Nova; Resende; Santiago do Cacém; Sardoal; Sernancelhe; Sines; Torre de Moncorvo; Vila de Rei; e Vila do Bispo

14h10 - António Costa já fala ao país depois de ter decorrido a reunião de Conselho de Ministros, no âmbito da renovação do Estado de Emergência que irá vigorar entre amanhã e dia 15 de janeiro.

Acompanhe aqui em direto:

13h55 - Com o tempo frio e o vírus SARS-CoV-2 ainda por aí, a DGS explica como devem ser usados os sistemas de aquecimento, ventilação e ar condicionado (AVAC), desde que sejam cumpridas estas regras:

13h43 - Num momento em que os ministros ainda estão reunidos, a definir as regras para o oitavo Estado de Emergência, a TVI está a avançar algumas medidas que podem estar a chegar. De acordo com a televisão de Queluz, em cima da mesa pode estar novamente o recolher obrigatório aos fins de semana e a limitação de circulação entre concelhos, sendo que, admite a TVI, algumas destas regras podem mesmo vir a ser implementadas também nos dias de semana.

Excluído parece estar, desde já, num confinamento geral pelo impacto que teria na economia nacional, já de si muito fragilizada, bem como o encerramento das escolas, que será uma medida de último recurso pelo transtorno que causaria no ensino mas também aos pais e encarregados de educação.

13h34 - BE/Açores reitera a exigência de que o Governo Regional apoie os pais que vão perder rendimentos devido ao encerramento de escolas, garantindo o salário completo e a gratuitidade de creches e jardins de infância. O executivo regional de coligação PSD/CDS-PP/PPM anunciou o fecho das escolas na ilha de São Miguel, até pelo menos 15 de janeiro.

13h29 - Surto em lar da vila de Cuba. Há 22 utentes e 10 funcionários infetados no lar de idosos da Santa Casa da Misericórdia de Cuba (SCMC), no Alentejo, disse hoje à agência Lusa o provedor.

13h15 - Identificados mais de 50 casos da nova variante nos Estados Unidos. Centro de Controlo e Prevenção de Doenças (CDC) alerta que este número não representa o total de casos que circula no país, mas sim aqueles que foram identificados através de análise de uma amostra positiva.

13h07 - Misericórdias de Coimbra com 120 casos em 22 instituições. Cinco misericórdias do distrito registam cerca de 120 casos de contágio, com a instituição de Soure a registar a situação mais grave, informou hoje um dirigente distrital da União das Misericórdias Portuguesas (UMP).

13h04 - Moderna: CEO diz que vacina deverá oferecer proteção durante alguns anos. Segundo o CEO empresa de biotecnologia, a vacina de mRNA deverá oferecer proteção durante alguns anos. As declarações, feitas esta quinta-feira e divulgadas pela Reuters, não colocam de parte a necessidade de mais dados para uma avaliação definitiva.

13h03 - Hospital das Forças Armadas internou mais de 500 doentes desde março. O Hospital das Forças Armadas (HFAR) tratou 506 doentes de Covid-19 transferidos do Serviço Nacional de Saúde (SNS), desde o início da crise pandémica, em março, informou hoje o Estado-Maior-General das Forças Armadas (EMGFA).

12h56 - São Miguel com recolher obrigatório e escolas fechadas a partir de sexta. O Governo dos Açores vai implementar, a partir de sexta-feira, novas medidas de contenção da Covid-19 na ilha de São Miguel, como limitação de ajuntamentos, recolher obrigatório, limitação de horário de restaurantes e lojas, e encerramento de escolas.

12h45 - Pandemia já matou pelo menos 1.884.187 pessoas no mundo. A Covid-19 já matou pelo menos 1.884.187 pessoas no mundo desde o início da pandemia, em dezembro de 2019, segundo o levantamento realizado hoje pela agência de notícias AFP de fontes oficiais às 11h00.

Mais de 87.162.540 casos de infeção pelo SARS-CoV-2 foram oficialmente diagnosticados desde o início da epidemia, dos quais pelo menos 54.233.100 pessoas já foram consideradas curadas.

12h42 - África com mais 1.108 mortos e 35.475 casos horas. África registou 1.108 mortes devido à Covid-19 nas últimas 24 horas, para um total de 69.863, e 35.475 novos casos, valores dos mais elevados desde o início da pandemia, segundo os dados mais recentes do continente.

12h38 - Ordem alerta para falta de orientações para vacinar dentistas. A Ordem dos Médicos Dentistas (OMD) alertou hoje que há profissionais que trabalham no Serviço Nacional de Saúde através de contratação de empresas que não estão a ser vacinados por falta de orientações das administrações regionais de saúde.

12h33 - PSD quer saber quando será criada uma 'task-force' para doentes não-Covid. O PSD questionou hoje o Governo quando será publicado o despacho de criação de uma 'task-force' para doentes não-Covid-19, anunciada no final de setembro.

"Volvidos mais de três meses do anúncio, não foi publicado qualquer despacho sobre a criação desta 'task-force', facto que foi reiterado pelo vice-presidente da ARS Centro, João Rodrigues, a 6 de janeiro de 2021, em audição na Comissão Eventual para o acompanhamento da aplicação das medidas de resposta à pandemia da doença covid-19 e do processo de recuperação económica e social", refere o requerimento, assinado à cabeça pelo vice-presidente da bancada do PSD e médico Ricardo Baptista Leite.

12h24 - África do Sul anuncia 1,5 milhões de vacinas para o serviço de saúde. A África do Sul vai receber 1,5 milhões de vacinas produzidas na Índia, que serão destinadas nos próximos dois meses a profissionais de saúde, anunciou hoje o ministro da tutela, Zweli Mkhize.

12h21 - Autarcas de Évora exigem suspensão dos campeonatos distritais. Sete presidentes de câmaras municipais exigiram a suspensão urgente dos campeonatos distritais organizados pela Associação de Futebol de Évora (AFE), durante este mês, devido à "escalada sem precedentes" de casos do novo coronavírus na região.

12h16 - IPSS da Guarda pedem celeridade na vacinação dos idosos da região. A União Distrital das Instituições Particulares de Solidariedade Social (UDIPSS) da Guarda pediu hoje celeridade na vacinação dos idosos acolhidos em unidades da região, face ao aparecimento dos últimos surtos de infeção por Covid-19.

12h10 - Centro hospitalar Tondela-Viseu "praticamente no limite". O Centro Hospitalar Tondela-Viseu ativou o nível máximo do plano de contingência devido ao crescente número de casos de Covid-19 e, apesar de ainda estar a responder às necessidades, está "praticamente no limite".

12h07 - Natal veio "animar um pouco" o comércio de Coimbra. A época natalícia permitiu criar alguma folga nas contas dos comerciantes de Coimbra, muito afetados pela pandemia de Covid-19, mas há receio em relação aos próximos meses, disseram responsáveis do setor.

11h54 - Presidente da Câmara de Ponte da Barca infetado. O presidente da Câmara de Ponte da Barca está infetado com o vírus SARS-CoV-2, estando elementos do executivo e alguns chefes de divisão em isolamento profilático depois de terem já testes com resultado negativo, disse hoje fonte autárquica.

11h48 - Restrições na África do Sul dificultam travessia na principal fronteira. O teste à Covid-19 e o recolher obrigatório imposto na África do Sul estão a causar "enormes filas de carros e morosidade" na travessia de viajantes na fronteira moçambicana de Ressano Garcia, havendo pessoas retidas desde domingo.

11h40 - Açores com mais 103 casos, maioria na ilha de São Miguel. Os Açores registaram nas últimas 24 horas 103 novos casos positivos de Covid-19, sendo 100 em São Miguel e três na Terceira, e 39 doentes recuperaram, informa hoje a Autoridade de Saúde Regional.

11h21 - África do Sul terá de vacinar 70% da população para quebrar contágios. A África do Sul terá de vacinar 41,3 milhões de pessoas para quebrar o contágio do novo coronavírus que causou 844 mortes e mais de 21 mil infeções nas últimas 24 horas, disse hoje o ministro da Saúde.

11h08 - Quais os riscos da variante detetada na África do Sul? A nova variante do novo coronavírus, detetada na África do Sul, já atravessou fronteiras - Reino Unido, Áustria, Noruega e Japão já encontraram casos, por exemplo. Os especialistas procuram, com urgência, entender o risco que esta variante representa. Conheça aqui tudo o que já se sabe sobre esta nova estirpe.

11h01 - Uma em cada três pessoas não tem sintomas. De forma a apelar ao cumprimento das medidas de prevenção individuais contra a Covid-19, o Serviço Nacional de Saúde (SNS) recordou esta manhã que "uma em cada três pessoas infetadas não apresenta sintomas de Covid-19".

"Esteja atento e siga as recomendações da DGS. Use máscara. Mantenha distanciamento e higienize as mãos. Cuide de si, cuide de todos!", pode ler-se numa publicação partilhada, esta manhã, nas redes sociais.

10h54 - Vendas a retalho recuam na Europa em novembro com medida de confinamento. As vendas no comércio de retalho na Europa sofreram de outubro para novembro uma quebra, devido a novas medidas de confinamento adotadas em vários Estados-membros da União Europeia (UE) por causa da pandemia da covid-19, segundo o Eurostat.

10h33 - OMS Europa recomenda reforço de medidas face a nova variante. A Organização Mundial de Saúde apelou hoje aos países europeus para reforçarem medidas de controlo de contágio pelo novo coronavírus face à "situação alarmante provocada pela nova variante descoberta no Reino Unido".

Numa conferência de imprensa virtual, o diretor regional da organização, Hans Kluge, afirmou que a Europa está "num ponto de viragem" da pandemia, defendendo que "ciência, política, tecnologia e valores têm de formar uma frente unida para fazer recuar este persistente e elusivo vírus".

Reveja aqui a conferência:

10h22 - Sentimento económico recupera em dezembro na zona euro e UE. O indicador de sentimento económico recuperou acentuadamente na zona euro e União Europeia (UE) em dezembro depois da queda registada em novembro, tendo também subido as expectativas de emprego, divulgou hoje a Comissão Europeia.

10h06 - Irlanda prevê administrar 470 mil doses de vacinas até março. O ministro da saúde irlandês, Stephen Donnelly, revelou esta manhã que o governo prevê administrar 470 mil doses das vacinas contra a Covid-19 - 360 mil da Pfizer/BioNTech e 110 mil da Moderna - até março.

Em declarações à rádio RTÉ, o governante admitiu ainda esperar que a Irlanda adquira uma "quantidade significativa" de doses das vacinas produzidas pela AstraZeneca e pela Johnson & Johnson, que ainda não foram aprovadas ou autorizadas.

9h56 - "Temos de adiar cirurgias, porque temos pessoas a morrer com Covid-19". Médico intensivista do Hospital Pedro Hispano, em Matosinhos, mostra-se preocupado com o "descontrolo" da pandemia e aumento desmesurado dos casos de Covid-19 em Portugal e considera que os hospitais já não têm capacidade de tratar doenças não-Covid.

9h31 - Quase metade dos casos nos Açores em 2020 diagnosticados em dezembro. Quase metade dos casos de Covid-19 registados nos Açores no ano passado foram diagnosticados em dezembro, mês em que foi testada a população da vila piscatória de Rabo de Peixe.

9h22 - Província chinesa adota medidas de bloqueio e confinamento face a surto. As autoridades chinesas estão a impor bloqueios e medidas de confinamento na província de Shijiazhuang, no norte da China onde os casos do novo coronavírus mais que duplicaram nos últimos dois dias.

9h18 - Covid e ensino à distância pioraram a condição dos professores. O ensino à distância durante o confinamento provocado pela pandemia de Covid-19 piorou a condição dos professores que já tinham sintomas de 'burnout', alerta o diretor clínico do Instituto de Apoio e Desenvolvimento (ITAD), Sérgio Pereira.

9h14 - Espanha vai receber 600 mil doses da vacina da Moderna. O ministro da saúde espanhol, Salvador Illa, avançou, esta manhã, em conferência de imprensa, que o país irá receber 600 mil doses da vacina contra a Covid-19 produzida pela Moderna, em seis semanas. As primeiras doses deverão chegar a Espanha daqui a sete a dez dias.

9h05 - Japão avança com Estado de Emergência em Tóquio. O Primeiro-ministro japonês, Yoshihide Suga, anunciou, esta manhã, que a região de Tóquio entrará em Estado de Emergência amanhã, dia 8 de janeiro, até dia 7 de fevereiro, cita o The Guardian.

9h02 - Maioria dos casos na Madeira em 2020 diagnosticados em dezembro. Mais de metade dos casos de Covid-19 registados na Madeira no ano passado foram diagnosticados em dezembro, mês em que se verificaram 12 das 14 mortes até então, segundo uma análise da Lusa a dados oficiais.

8h49 - Bayer junta-se à Curevac para vacina na última fase de testes. A gigante químico-farmacêutica Bayer anunciou hoje uma parceria com a farmacêutica alemã Curevac para a apoiar no desenvolvimento da sua vacina contra a Covid-19, atualmente na última fase de testes clínicos.

Notícias ao Minuto
Philipp Hoffmann, trabalhador da CureVac, demonstra o desenvolvimento da investigação da vacina contra a Covid-19, no laboratório em Tuebingen.
© Reuters

8h46 -
Governo vai prolongar apoio à retoma. O Governo vai aprovar, esta quinta-feira, em Conselho de Ministros, o prolongamento do apoio à retoma até junho. Em declarações à Renascença, a ministra do Trabalho, Ana Mendes Godinho, diz que a medida assegurará o pagamento do salário integral aos trabalhadores abrangidos. Estas medidas, caso sejam aprovadas, vão abranger 250 mil trabalhadores.

8h32 - Rússia ultrapassa 60 mil mortos. A Rússia registou, nas últimas 24 horas, mais 506 mortos devido ao novo coronavírus, elevando o número total de óbitos no país, desde o início da pandemia, para 60.457. Quanto ao número de infetados, foram contabilizados mais 23.541 novos casos. A Rússia passa, assim, a contar com 3,332.142 contágios de Covid-19, em termos cumulativos.

8h14 - Criação de novas empresas cai 24% em 2020. O nascimento de novas empresas inverteu a tendência dos últimos anos e caiu 24% em 2020, para 37.558 entidades, o "que corresponde a um valor semelhante ao que se registou em 2016", segundo dados da consultora Informa D&B.

7h52 - República Checa atinge maior número de casos diários. A República Checa reportou hoje mais 17.668 novos infetados pelo novo coronavírus, o número mais elevado de casos diários no país, desde o início da pandemia. Foram também registados mais 185 mortos, em 24 horas.

7h34 - Alemanha regista 26.391 novos casos e mais 1.070 mortes. Alemanha registou, pelo segundo dia consecutivo, mais de mil mortes em 24 horas. De acordo com os dados do Instituto Robert Koch, foram registados 1.070 óbitos num dia, sendo agora o total acumulado de 37.607. Já em termos de infetados, foram reportados 26.391 num dia. Desde o início da pandemia, 1.835.038 testaram positivo ao novo coronavírus no país.

7h31 - China soma 63 casos. A Comissão de Saúde da China anunciou hoje ter identificado 63 casos de Covid-19, nas últimas 24 horas, entre os quais 52 por contágio local e 11 oriundos do exterior.

7h26 - Pandemia acelera mudança para digital dos media. A pandemia acelerou a mudança para o digital e incentivou os 'publishers' a reformular as suas redações e a criar novos fluxos de receita, segundo um estudo da Reuters Institute for the Study of Journalism hoje divulgado.

7h22 - Índia com 222 mortos e mais de 20 mil casos. A Índia registou 222 mortos por Covid-19 e 20.346 infetados nas últimas 24 horas, informou hoje o Ministério da Saúde indiano. Desde o início da pandemia, a Índia contabilizou mais de 10,3 milhões de casos e 150.336 mortes.

7h19 - França anuncia hoje simplificação da campanha de vacinação após críticas. A França conhece hoje os pormenores sobre a campanha de vacinação contra a Covid-19, após críticas à lentidão do processo e de o Governo ter adiantado que irá acelerar e simplificar as operações.

7h16 - México atinge número de casos diários mais alto desde o início da pandemia. O México contabilizou 13.345 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas, o valor mais alto desde o início da pandemia, além de 1.165 mortes, anunciaram as autoridades mexicanas. Com o novo balanço, o total de óbitos registados no país desde o início da pandemia subiu para 129.987, enquanto o de contágios atingiu 1.479.835.

7h04 - Colômbia com 295 mortes e 16.805 infeções. A Colômbia registou 295 mortes nas últimas 24 horas e 16.805 novos casos de infeção por Covid-19, contabilizando um total de 44.723 óbitos, de acordo com os dados divulgados hoje pelo Ministério da Saúde colombiano.

7h02 - EUA com mais 3.674 mortos e 236.601 casos. Os Estados Unidos registaram 3.674 mortos devido à Covid-19 e mais 236.601 infetados, de acordo com a contagem independente da Universidade Johns Hopkins. Com este último balanço, o país contabiliza agora 360.741 óbitos devido à Covid-19 e 21.272.775 casos da doença desde o início da pandemia.

7h00 -Recorde aqui os principais desenvolvimentos, ocorridos ontem, sobre a pandemia em Portugal e no mundo.

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2021 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório