Meteorologia

  • 22 MAIO 2022
Tempo
21º
MIN 17º MÁX 22º

AO MINUTO: Votação dos utentes em lares?; Brasil passa 8 milhões de casos

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo.

AO MINUTO: Votação dos utentes em lares?; Brasil passa 8 milhões de casos

É o pior dia de sempre em Portugal. O país registou, esta sexta-feira, um novo recorde diário de óbitos e casos de Covid-19, ao contabilizar, nas últimas 24 horas, 118 óbitos e 10.176 infetados pelo novo coronavírus. De acordo com o boletim epidemiológico de hoje divulgado pela Direção-Regional da Saúde (DGS), passámos a contabilizar, desde o início da pandemia, 466.709 contágios e 7.590 mortos.

Ontem, após a reunião de Conselho de Ministros, António Costa informou que, no próximo fim de semana - dias 9 e 10 de janeiro - em todos os concelhos que registem mais de 240 casos de Covid-19 por 100 mil habitantes, será proibida a circulação entre concelhos e a circulação na via pública a partir das 13h00.

Portugal administrou 70 mil vacinas contra a Covid-19, desde 27 de dezembro, dia em que o Plano de Vacinação começou a ser colocado em marcha. O Ministério da Saúde anunciou que, a partir de hoje, estes dados podem ser consultados nas plataformas online do ministério e do Governo, "garantindo transparência em todo o processo".

De recordar que, também hoje, a Comissão Europeia chegou a acordo com a Pfizer e BioNTech para a aquisição de 300 milhões de doses adicionais da sua vacina contra a Covid-19, anunciou a presidente do executivo comunitário, Ursula von der Leyen.

Veja aqui os mapas de atualização da Covid-19 em Portugal e no mundo.

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo:

00h00 - Boa noite! Este registo chegou ao fim, mas será retomado um novo na manhã de sábado. Já sabe, consulte a informação no site da DGS e acompanhe sempre as comunicações das autoridades competentes.

Caso tenha sintomas:

  • SNS24 de Portugal Continental: 808 24 24 24
  • SNS24 da Madeira: 800 24 24 20
  • SNS24 dos Açores: 808 24 60 24

23h30 - Doentes continuam com sintomas seis meses após alta hospitalar. Um estudo realizado na China, e hoje divulgado, revela que a maioria dos doentes Covid-19 continuou a ter pelo menos um sintoma seis meses após a alta hospitalar, sendo a fadiga ou a fraqueza muscular o mais apontado.

22h40 - França, Alemanha e CE mantêm estratégia de aquisição das vacinas. A Presidência francesa assegurou hoje que o país, a Alemanha e a União Europeia estão empenhados em continuar a estratégia conjunta de aquisição das vacinas contra a Covid-19. "Esta coordenação europeia deve abranger tanto a gestão da vacinação como os locais de produção na Europa", sublinhou fonte da Presidência francesa, citada pela agência AFP.

22h31 - Brasil passa os 8 milhões de infeções. O Brasil, o país lusófono mais afetado pela pandemia, notificou esta sexta-feira 52.035 novas infeções pelo novo coronavírus e 962 mortes relacionadas com a Covid-19. Estes dados representam uma descida do número diário de casos e de mortes, já que ontem foram reportados 87.843 casos e 1.524 óbitos. No total, desde o início da pandemia, o país registou 8.013.708 diagnósticos positivos e 201.460 vítimas mortais.

22h10 - Presidenciais: Votação dos utentes nos lares está a ser ponderada. Marcelo Rebelo de Sousa anunciou estar a ser equacionada a possibilidade de permitir aos utentes dos lares votarem sem terem de se deslocar às urnas. Marcelo Rebelo de Sousa adiantou hoje, em entrevista à TSF e ao Diário de Notícias, estar a ser conjeturado o alargamento do conceito de isolamento profilático, de forma a que seja possível, nas eleições presidenciais de 24 de janeiro, votar sem sair das instituições, devido ao cenário de pandemia.

21h41 - Madeira regista 91 novos casos e um total de 1.082 infeções ativas. A Madeira registou hoje 91 casos de covid-19, elevando o total de infeções ativas para 1.082, indicou a Direção Regional de Saúde, referindo também 36 recuperações e 308 situações suspeitas em estudo.

21h34 - Última semana foi a mais mortal nos lares das Misericórdias. Mais de 130 idosos morreram nos últimos sete dias nos lares das Misericórdias por causa de Covid-19, segundo a União das Misericórdias Portuguesas, tendo sido a semana em que morreram mais residentes desde o início da pandemia.

21h04 - Surto com 31 trabalhadores infetados numa fábrica em Santiago do Cacém. Um surto com 31 trabalhadores infetados pelo vírus que provoca a Covid-19 foi identificado numa unidade industrial na freguesia de Ermidas-Sado, no concelho de Santiago do Cacém (Setúbal), foi hoje revelado.

20h55 - Novos casos mais do que duplicam em 19 concelhos da região Norte. Os novos casos de infeção pelo SARS-CoV-2 mais do que duplicaram, entre a última semana de dezembro e a primeira de janeiro, em 19 concelhos a Norte e 16 registaram uma incidência superior a 960, revela hoje um relatório oficial.

20h51 - Hospital Santa Maria eleva nível de contingência e abre mais 52 camas. O Hospital Santa Maria elevou o nível de contingência e vai abrir mais 52 camas para doentes Covid-19, 12 das quais em cuidados intensivos, avançou hoje à Lusa fonte oficial do Centro Hospitalar Universitário Lisboa Norte (CHULN).

20h20 - Fecho de restaurantes e comércio. Governo anuncia reforço de apoios. O ministro de Estado e da Economia, Siza Vieira, admitiu esta sexta-feira que as novas restrições para conter a pandemia de Covid-19 podem passar pelo encerramento da restauração e do comércio não alimentar. Perante este cenário, o governante anunciou o reforço dos apoios a estes setores.

20h17 - Joe Biden diz que distribuição de vacinas está a ser uma "farsa". O Presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, afirmou hoje que a distribuição das vacinas contra a covid-19 por parte da administração de Donald Trump está a ser uma farsa. "As vacinas dão-nos esperança, mas a distribuição tem sido uma farsa", afirmou Joe Biden, citado pela agência AFP.

20h03 - Hospital de Castelo Branco recebe doentes de Lisboa e Vale do Tejo. O Hospital Amato Lusitano (HAL) de Castelo Branco vai receber cinco doentes infetados pelo novo coronavírus da região de Lisboa e Vale do Tejo, foi hoje anunciado.

20h00 - António Costa no Twitter. "Comecei hoje a ouvir os partidos políticos, que convoquei de urgência, para prepararmos a adoção das medidas que correspondam à necessidade imposta pelo agravamento da situação que atravessamos. Esta tarde ouvi as posições de PSD, PCP, PS e CDS. Amanhã prosseguimos as audições."

19h44 - Compra de vacinas pela Comissão Europeia pode antecipar calendário. A compra de mais 300 milhões de doses da vacina da Pfizer-BioNTech hoje anunciada pela Comissão Europeia pode levar à antecipação do calendário das segunda e terceira fases de vacinação contra a covid-19 em Portugal.

Segundo o coordenador da 'taskforce' para a vacinação em Portugal, Francisco Ramos, o país poderá ter direito a cerca de seis milhões de doses de vacinas neste "pacote" adicional assegurado por Bruxelas, um número que corresponde à proporção da população portuguesa a nível europeu, traduzida em 2% deste universo.

19h30 - "CDS está muito alarmado com números escandalosos". Depois do PSD, PCP e PS, foi a vez do CDS ser recebido, esta sexta-feira, pelo primeiro-ministro, em São Bento. À saída, o líder centrista apontou o dedo ao Governo, acusando-o de não ter tomado as medidas de combate à pandemia em tempo útil.

19h28 - França regista 281 mortos devido ao vírus. A França registou nas últimas 24 horas 281 mortes devido ao vírus, elevando assim o número total de óbitos em França para 67.431, segundo divulgaram hoje as autoridades francesas.

19h26 - Pedida de autorização para uso de emergência da vacina de Oxford. A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) entregou hoje à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), órgão regulador de medicamentos no Brasil, o pedido de uso de emergência da vacina contra a Covid-19 da Universidade de Oxford e do laboratório AstraZeneca.

19h21 - Transporte de doentes de LVT para o Norte. Estão a ser preparados para serem transportados os primeiros 5 doentes para o Hospital de São João, provenientes do Beatriz Ângelo, apurou o Notícias ao Minuto. É previsível que cheguem ainda hoje.

19h14 - Hospital das Forças Armadas convertido em unidade de campanha. O polo de Lisboa do Hospital das Forças Armadas (HFAR) vai ser convertido numa unidade de campanha para auxiliar o Serviço Nacional de Saúde em virtude do recente crescimento dos números de infetados pelo novo coronavírus SARS-CoV-2.

19h06 - Governo grego prolonga confinamento até 18 de janeiro. O Governo grego anunciou hoje um novo prolongamento até 18 de janeiro do confinamento em vigor há dois meses, devido aos receios de um recrudescimento da pandemia, após a suavização das medidas durante as festas de fim de ano.

Notícias ao Minuto[Atenas, na Grécia]© Getty Images

18h58 - Mais 11.736 mortes do que o esperado em dez meses de pandemia. Nos primeiros 10 meses da pandemia da Covid-19 morreram mais 11.736 pessoas em Portugal do que seria esperado nesse período, um "excesso de mortalidade de 13,6%", anunciou hoje a Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP).

Segundo o mesmo estudo, dessas 11.736 mortes, 59% (6.906) deveram-se à Covid-19, enquanto que 41% (4.830) resultaram de causas naturais, a que os investigadores chamam de "mortalidade colateral".

18h53 - Joe Biden quer acelerar distribuição da vacina nos EUA. O Presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, pretende acelerar a distribuição para o maior número possível de doses de vacina contra a Covid-19 para que o fármaco possa chegar a mais pessoas, revertendo a política da Administração Trump.

18h46 - OMS contra "nacionalismo das vacinas". Países pobres ainda não receberam. O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Ghebreyesus, avisou hoje que o "nacionalismo das vacinas" contra a Covid-19 prejudica a todos e é "autodestrutivo", e disse que os países pobres ainda estão sem vacinas.

18h33 - Hospital de Santa Maria ativa plano de contingência para nível elevado. A maior unidade hospitalar de Lisboa ativou, esta sexta-feira, o plano de contingência para nível elevado, devido ao agravamento dos internamentos em unidades Covid-19, avança a TVI24. De recordar que já o Hospital Amadora-Sintra tinha ativado, na quarta-feira, o plano de catástrofe.

18h25 - Vacinação "deve manter-se" em cenário de novo confinamento. A vacinação contra a covid-19 deve manter-se mesmo num cenário de novo confinamento em Portugal, face ao agravamento da pandemia, defendeu hoje o coordenador da 'taskforce' nomeada pelo Governo.

"Espero que haja condições para manter o processo de vacinação como uma exceção a esse confinamento, embora a prioridade nas próximas duas ou três semanas continuará a ser, claramente, a vacinação em lares e entidades de cuidados continuados. Portanto, a questão de confinamento não coloca especiais preocupações", afirmou Francisco Ramos à agência Lusa, sobre o cenário já admitido na quinta-feira pelo primeiro-ministro, António Costa.

18h21 - Surto no hospital de Torres Vedras com 62 casos ativos e sete mortes. O número de casos ativos no surto de covid-19 do hospital de Torres Vedras subiu de 50 para 62, registando-se sete mortes e três recuperados, de acordo com o boletim epidemiológico do município hoje divulgado.

18h02 - Confinamento deverá voltar como em abril e pode vir a fechar restauração. O ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, indicou que temos de "preservar a capacidade de resposta" face à pandemia da Covid-19 e afirmou que se deverá voltar ao confinamento geral como em abril - isto poderá implicar o fecho da restauração e do comércio. "O Governo está, neste momento, a ponderar a necessidade de ter medidas mais restritivas da mobilidade da população, de maneira a travar o ritmo de crescimento de novos contágios que vimos assistindo nestes últimos três dias", apontou. 

18h00 - Francisco Ramos não confirma total aproveitamento das doses de vacina. O coordenador da 'task force' de vacinação contra a covid-19, Francisco Ramos, admitiu hoje que o aproveitamento de uma sexta dose por cada frasco da vacina da Pfizer-BioNTech não ocorreu em todos os pontos de vacinação em Portugal. "Não consigo confirmar isso. A vacina foi aprovada com uma organização de cinco doses por frasco e apenas hoje, 8 de janeiro, a Agência Europeia do Medicamento (EMA) - que é a entidade competente - aprovou a sexta dose por frasco", afirmou, acrescentando: "Até hoje, temos boa parte dos pontos de vacinação a utilizarem seis doses, mas outros, de uma forma conservadora, ainda cinco doses".

17h47 - Hospitais privados têm de estar sob alçada do SNS. A líder do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, defendeu que os hospitais privados têm de ficar sob a alçada do Serviço Nacional de Saúde (SNS) para responder à pandemia de Covid-19.

17h41 - Surto em centro social e paroquial de Monforte com 18 infetados. Um surto no Centro Social e Paroquial de Santo Aleixo, no concelho de Monforte (Portalegre), infetou 18 pessoas, entre utentes e funcionários, revelou a câmara municipal.

17h35 - Galiza permanece isolada até final de janeiro. A região da Galiza permanecerá isolada até final de janeiro, por causa da pandemia de Covid-19, principalmente para restringir a mobilidade com o norte de Portugal, em particular com as cidades fronteiriças de Verín e Tui.

17h31 - Espanha soma 25.456 novos casos e 199 mortes desde quinta-feira. O Ministério da Saúde espanhol notificou, esta sexta-feira, 51.874 novos casos de infeção pelo novo coronavírus e mais 199 mortes desde ontem. O país passou na quinta-feira os dois milhões de casos confirmados desde o início da pandemia. No total, 2.050.360 pessoas foram infetadas e 51.874 morreram. 

17h27 - Ordem envia lista à tutela. 4 mil médicos fora do SNS querem a vacina. A Ordem dos Médicos (OM) enviou hoje ao Ministério da Saúde uma lista de mais de 4.000 médicos que trabalham fora do Serviço Nacional de Saúde (SNS) e querem ser vacinados contra a Covid-19, anunciou a instituição.

Segundo a ordem, o bastonário dos médicos, Miguel Guimarães, tem recebido "diversos contactos" de colegas que não trabalham no Serviço Nacional de Saúde e que não receberam nenhuma informação sobre quando serão vacinados.

17h15 - Confinamento pode ser o "preço" por "irresponsabilidade" no Natal. O presidente da Comunidade Intermunicipal do Algarve (AMAL) disse hoje que o cenário de confinamento poderá ser o preço a pagar pela "falta de consciência" de famílias e "irresponsabilidade" no período de Natal face ao cenário de pandemia.

17h12 - Itália regista 17.533 casos de Covid-19 e 620 óbitos num dia. Itália registou 17.533 novos casos de infeção pelo novo coronavírus e 620 óbitos nas últimas 24 horas, divulgaram, esta sexta-feira, as autoridades de saúde italianas. É uma descida desde ontem em que foram registados mais 18.020 casos e 414 mortes. Desde o início da pandemia, o país contabiliza 2.237.890 casos confirmados e 77.911 vítimas mortais.

17h08 - Bebé curado em Espanha após 70 dias nos cuidados intensivos. Um bebé espanhol de apenas três meses teve alta do hospital depois de ter combatido a Covid-19 nos cuidados intensivos durante quase toda a sua curta vida, anunciou o estabelecimento de saúde onde esteve internado.

17h05 - Sessenta e dois infetados em lar de Torres Vedras. Sessenta e duas pessoas estão infetadas pela covid-19 no Lar de São José, em Torres Vedras, no distrito de Lisboa, depois de um residente ter ficado infetado após uma ida ao hospital, revelou hoje a instituição.

16h42 - Brasil regista reinfeção com mutação do vírus encontrada na África do Sul. Cientistas identificaram no Brasil o primeiro caso de reinfeção provocada por um tipo de mutação do novo coronavírus (SARS-CoV-2) encontrada inicialmente na África do Sul, e que preocupa as autoridades de saúde devido à sua elevada transmissibilidade.

16h35 - Reino Unido regista o maior número diário de óbitos e de casos de sempre. O Reino Unido reportou esta sexta-feira 68.053 novos casos e 1. 325 óbitos nas últimas 24 horas, num recorde de infeções e mortes diárias desde o início da pandemia. Segundo os dados divulgados pelo Departamento de Saúde e de Assistência Social britânico, houve um aumento desde ontem relativamente às infeções (52.618 contágios) e um aumento nas mortes (1.162). Em termos acumulados, o Reino Unido contabiliza 2.957.472 casos de contágio e 79.833 mortes.

16h16 - Ucranianos confinados até 24 de janeiro para travar segunda onda. O governo da Ucrânia confinou hoje o país até 24 de janeiro para travar a segunda onda de infeções pelo novo coronavírus no país, que já contabilizou mais de 1,1 milhões de casos.

16h07 - São Miguel. Compras essenciais e ida ao médico permitidas no recolhimento. O recolher obrigatório que se inicia hoje na ilha de São Miguel prevê um conjunto de exceções, como deslocações para acesso a cuidados de saúde, ao local de trabalho ou para compra de bens essenciais.

16h02 - Madeira regista em sete dias 26% dos casos desde início da pandemia. A Região Autónoma da Madeira registou nos primeiros sete dias do ano 619 novos casos de covid-19, o que representa 26% do total de diagnósticos positivos desde o início da pandemia, segundo dados oficiais.

15h48 - Autoridades de saúde suspeitam de variante britânica no surto de Tavira. As autoridades de saúde do Algarve revelaram hoje que há suspeitas de existirem em Tavira casos de infeção com a nova variante do coronavírus originária do Reino Unido, cujas amostras foram enviadas para análise.

15h40 - "Se números continuarem assim, teremos confinamento muito mais apertado". À saída do encontro com o primeiro-ministro, Rui Rio afirmou que a confirmar-se "aquilo que quase de certeza vai acontecer", ou seja, "continuarmos neste patamar dos 10 mil novos infetados, isso aponta para medidas mais drásticas".

"Aquilo que o Governo quis [saber do PSD] a nossa disponibilidade para apoiar medidas mais eficazes, mais pesadas até, para travar a pandemia", disse o líder social-democrata, assinalando parecer-lhe uma evidência que, se os números continuarem assim, temos de travar os números, ou seja, temos de travar os contactos entre as pessoas". E, portanto, "teremos, provavelmente, no país um confinamento muito mais apertado", acrescentou Rio, em sintonia com aquilo que António Costa disse ontem.

15h35 - O dia com mais mortos, mais internamentos e novos casos em Portugal. Portugal registou esta sexta-feira, dia 8 de janeiro, o maior número de doentes internados devido à Covid-19, 3.451, no dia em que também foram atingidos novos máximos de mortes e infeções pelo novo coronavírus. Veja aqui os dados completos.

15h22 - Tâmega e Sousa espera mais internamentos nas próximas semanas. O Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa (CHTS) espera, nas próximas semanas, um aumento no internamento de doentes com Covid-19, o que explica o cancelamento das visitas a partir de hoje, disse à Lusa a administração.

15h18 - Estima-se que uma em cada cinco pessoas tenha Covid-19 em Inglaterra. De acordo com os últimos dados do Instituto Nacional de Estatística britânico, uma em cada cinco pessoas está infetada com o novo coronavírus em Inglaterra. O rácio de infeção na população terá aumentado no país entre 28 a 2 de janeiro, refere a estimativa, citada pela Sky News.

15h14 - Portugal regista novo recorde diário de óbitos e casos de Covid-19. Portugal registou, esta sexta-feira, um novo recorde diário de óbitos e casos de Covid-19, ao contabilizar, nas últimas 24 horas, 118 óbitos e 10.176 infetados pelo novo coronavírus. Recorde o boletim epidemiológico.

15h10 - LVT tem 323 surtos ativos dos quais 121 nos lares de idosos. A região de Lisboa e Vale do Tejo contabiliza hoje 323 surtos ativos de covid-19, dos quais 121 estão identificados em estruturas residenciais para idosos, com um total de 3.133 casos confirmados, revela a Administração Regional de Saúde.

15h00 - Boa tarde! Começa aqui um novo registo onde poderá acompanhar todas as incidências da Covid-19 em Portugal e no Mundo. Clique aqui para recordar as notícias desta manhã. 

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2022 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório