Meteorologia

  • 27 JANEIRO 2022
Tempo
14º
MIN 9º MÁX 16º

Edição

AO MINUTO: 14 detidos desde ontem. Mais 443 mortes em Itália

Acompanhe aqui, AO MINUTO, os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo.

AO MINUTO: 14 detidos desde ontem. Mais 443 mortes em Itália

Portugal regista 714 mortos associados à doença Covid-19 em 20.206 casos confirmados de infeção, segundo o último boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS) sobre a pandemia. Das pessoas infetadas, 1.243 estão hospitalizadas, das quais 224 em unidades de cuidados intensivos, e 610 foram dadas como curadas.

A pandemia causada pelo novo coronavírus já ultrapassou os 160 mil mortos e infetou quase 2,3 milhões de pessoas em todo o mundo desde dezembro, de acordo com os últimos dados. Os Estados Unidos são, neste momento, o país mais afetado do mundo, com mais de 38 mil mortes em mais de 730 mil casos de infeção reportados.

A nível europeu, Itália continua a ser o país mais impactado pela pandemia, com 23.660 mortos desde o início da pandemia no país, em 21 de fevereiro, e casos de infeção que ascendem agora a 178.972. Espanha regista agora um total de 20.453 óbitos e 195.944 casos de infeção.

Acompanhe AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo:

Continue a acompanhar a evolução da Covid-19 AO MINUTO aqui.

18h43 - A Turquia registou nas últimas 24 horas, 127 óbitos e 3.977 novos casos de infeção. No total, são já 2.017 as vítimas mortais e mais de 86 mil os infetados pelo novo coronavírus, informou o ministro da saúde.

18h31 - Desde a renovação do Estado de Emergência, em vigor desde ‪as 00h00‬ do dia 18 de abril, foram detidas 14 pessoas, das quais quatro por desobediência à obrigação de confinamento obrigatório e 10 por desobediência ao dever geral de recolhimento domiciliário. Foram também encerrados 22 estabelecimentos por incumprimento das normas estabelecidas.

18h23 - As empresas em dificuldades em 2019 são inelegíveis para captar apoios do Portugal 2020 para produção de equipamentos e dispositivos médicos para combater a pandemia de covid-19, de acordo com uma portaria publicada em Diário da República.

18h12 - O Infarmed vai levantar e distribuir, na segunda-feira, 49 paletes de equipamentos de proteção individual que se encontram à guarda do Laboratório Militar e têm como destino instituições do Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, foi hoje anunciado.

18h06 - O primeiro-ministro espanhol, Pedro Sánchez, disponibilizou hoje às comunidades autónomas "liquidez extra" no valor de 14 mil milhões de euros para enfrentarem a pandemia de Covid-19.

17h57 - O ministro Eduardo Cabrita deslocou-se a Ovar, este sábado, e o que não passou despercebido a Altino Bessa, vereador da Proteção Civil de Braga, foi a viseira que o responsável pela pasta da Administração Interna usava. "Nunca tinha visto uma viseira personalizada", escreveu, referindo que vai mandar fazer uma com o seu nome.

17h51 - Como já é habitual, a GNR partilhou, no Facebook, uma sequência de exercícios para colocar a população a mexer. Os exercícios de hoje servem para treinar as zonas abdominal e lombar.

17h46 - O cardeal patriarca de Lisboa, Manuel Clemente, considerou hoje que os gestores do "bem comum", em Portugal e na Europa, têm de assegurar um "apoio forte" às famílias e instituições, numa altura de economias "abaladas", devido à Covid-19.

17h39 - O Canadá registou, neste domingo, um aumento de 12% no que diz respeito ao número de óbitos pela Covid-19, nas últimas 24 horas. O número total de vítimas mortais ultrapassa assim os 1.500. No decorrer do último dia foram também diagnosticados 1.510 novos casos de infeção.

17h30 - Nas últimas 24 horas, morreram 507 pessoas devido à Covid-19 em Nova Iorque, informou hoje o governador Andrew Cuomo. Com o número de mortes e infetados pelo novo coronavírus a descer, Cuomo revelou que acredita "que o pico já passou" e que o estado "está agora no outro lado da montanha". "A continuação desta tendência positiva depende das nossas ações", acrescentou, durante a conferência de imprensa de hoje.

Acompanhe o briefing sobre a evolução do novo coronavírus naquele estado. 

17h23 - A Áustria registou hoje 59 novos infetados com Covid-19 e contabiliza no total 3.743 casos da doença, dados que as autoridades destacam como positivos, embora apelem à manutenção das medidas de distanciamento social e higiene.

17h19 - "Em pouco mais de 3 minutos vamos levá-lo num passeio pelo Chiado e pela Avenida da Liberdade, mas sem sair de casa. Aceita o convite?" É esta a proposta da Câmara Municipal de Lisboa para a sua tarde deste domingo

17h10 - De acordo com o último balanço divulgado, o número de mortes e de infetados desceu em Itália. Todavia ainda se registaram 443 óbitos no decorrer das últimas 24 horas, elevando a cifra total de mortes desde o início da pandemia para 23.660.

17h04 - O ministro da Educação britânico, Gavin Williamson, recusou hoje indicar quando será possível reabrir as escolas públicas, encerradas há quatro semanas, contrariando notícias de que poderá acontecer já em maio.

17h00 - Direção-Geral da Saúde (DGS) recorreu ao Facebook para deixar mais recomendações aos portugueses nesta altura de isolamento social devido à Covid-19. Desta feita, o alerta é sobre a saúde mental, com especial enfoque para as crianças e os jovens. "Cuide de si, cuide de todos", lembra a autoridade da Saúde.

16h56 -  O Ministério da Saúde francês informou, neste domingo, que se registaram 395 óbitos no decorrer das últimas 24 horas, elevando para 19.718 o total de vítimas mortais no país desde o início da pandemia.

16h45 - Paulo Dybala testou positivo para o novo coronavírus no último dia 21 de março. Passado quase um mês, o avançado da Juventus deu conta do seu estado de saúde atual: "Já estou bem, já me encontro muito melhor. Até porque já passou muito tempo desde que fiquei infetado, juntamente com minha namorada", explicou o argentino, em declarações prestadas à Tyc Sports.

16h38 - O vice-presidente norte-americano, Mike Pence, avançou que o país está a fazer 150 mil testes à Covid-19 por dia e considerou que o número podia ser maior, se os governadores usassem os meios disponíveis em cada estado.

16h29 - Está à espera de correio registado ou encomendas? Saiba que, temporariamente, não vai necessitar de assinar. O regime excecional e temporário de suspensão das formalidades de citação e notificação postal, integrado nas medidas de combate à pandemia de Covid-19, entrou hoje em vigor, após a sua publicação em Diário da República.

16h25 - "Bolsonaro é um coronalouco. Está louco. Não tem nível". O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, deixou duras críticas ao homólogo norte-americano: "As ameaças de Trump tomaram um caráter personalizado, produto do seu ódio, do seu desejo de vingança".

16h14 - Dois polícias foram suspensos após agredirem jovens que violaram a quarentena. O episódio sucedeu na cidade espanhola de Girona, veja aqui

16h10 - O primeiro-ministro espanhol, Pedro Sánchez, propôs às comunidades autónomas que adiram ao acordo de reconstrução nacional para superar o impacto económico e sanitário da atual crise, convite que vai alargar à Fundação Espanhola de Municípios e Províncias (FEMP).

15h59 - O primeiro-ministro vai reunir-se na segunda-feira com o cardeal patriarca de Lisboa, Manuel Clemente, para "preparar o levantamento das limitações às celebrações religiosas", disse à Lusa fonte do gabinete de António Costa.

15h52 - PSP publica uma imagem de um agente a cumprimentar as filhas através de um vidro, relembrando o importante que é manter a distância, pelo menos, para já.

15h51 - Andrew Cuomo, governador de Nova Iorque, o estado mais afetado nos EUA, volta a apelar aos cidadãos. "A curva pode estar a achatar, mas não podemos parar agora o que temos vindo a fazer. Distanciamento social salva vidas. Fiquem em casa. Parem a propagação. Salvem vidas", escreveu, no Twitter.

15h40 - As autoridades da Eslováquia vão testar para despistagem da Covid-19 todos os funcionários dos lares de idosos do país, devido ao crescente número de pessoas infetadas naquelas instituições, anunciou hoje o primeiro-ministro, Igor Matovic.

15h25 - Depois de fechar as lojas físicas, o Grupo Inditex colocou as suas fábricas ao serviço do governo espanhol, para fabricar luvas, máscaras e batas de proteção. As primeiras já começaram a chegar aos hospitais.

15h10 - Hoje chegaram a Lisboa sessenta e cinco ventiladores comprados pelo Governo português a uma empresa chinesa. O SNS indicou hoje também ter 250 profissionais de saúde aptos para os manusear.

15h00 - Drones apanham violações de quarentena em Itália. As autoridades da cidade italiana de Rimini divulgaram, este domingo, imagens da maneira como estão a fazer uso de drones para impor as medidas de isolamento social decretadas pelo governo devido à pandemia do novo coronavírus.

14h40 - As autoridades turcas prolongaram hoje a proibição de viajar entre 31 províncias do país durante mais 15 dias, até 3 de maio, afetando grandes cidades como Istambul, Ancara e Esmirna.

14h35 - Números nos Açores. Depois de, no sábado, se ter verificado o maior aumento de casos desde o início do surto na região, com 22 novos casos, os Açores não registam nenhum caso de covid-19 nas últimas 24 horas.

14h27 - Reino Unido regista 596 novas mortes e 5850 novos casos de infeção. Pandemiainfetou um total de 120.067 pessoas e matou 16.060 pessoas no país.

14h15 - Ministério da Saúde espanhol publica este domingo algumas recomendações para a limpeza do domicílio em tempo de pandemia. Instruções serve para esta altura, mas também como indicações para o futuro. Eis algumas das recomendações:

  • Ventilar todas as divisões, pelo menos, 5 minutos por dia;
  • Não sacudir a roupa que é para lavar e usar água quente sempre que possível;
  • Se houver uma pessoa doente em casa, deve seguir recomendações específicas;
  • Zonas a que se deve prestar especial atenção: casa de banho, cozinha e todos os locais onde se toca frequentemente (maçanetas de portas, armários, gavetas, interruptores, telefones, comandos, mesas, utensílios de cozinha)
  • Usar água e sabão para limpar. Nos locais onde se toca mais vezes (ponto anterior), utilizar também lixívia (20ml de lixívia para 980ml de água).

14h08 - Povoação italiana em quarentena obrigatória por ter violado confinamento. O município italiano de Saviano, nos arredores de Nápoles, foi colocado hoje em quarentena obrigatória, depois de centenas de habitantes terem participado no funeral do presidente da câmara, o médico Carmine Sommese, vítima de Covid-19.

13h59 - O Ministério da Saúde de Cabo Verde registou mais três casos positivos de coronavírus na cidade da Praia, elevando para 61 o número total no país.

13h42 - Depois de, no sábado, se ter verificado o maior aumento de casos desde o início do surto na região, com 22 novos casos, os Açores não registam nenhum caso de Covid-19 nas últimas 24 horas.

13h22 - Catarina Martins assinou e partilhou hoje o apelo à assinatura da petição que defende a celebração do 25 de Abril, salientando que "não se trata de abrir o parlamento para festejar", mas de "não o fechar".

13h03 - A bebé que testou positiva para Covid-19 aos 28 dias e estava internada no Hospital de Gaia já fez o segundo teste com resultado negativo e vai ter alta hoje, disse à Lusa fonte oficial daquela unidade de saúde.

12h59 - A operação de desinfeção ao hostel da rua Morais Soares, em Lisboa, que foi esta manhã evacuado devido a um caso positivo da Covid-19, iniciou-se pouco depois do meio-dia, avançou à Lusa fonte da Proteção Civil municipal.

12h35 - A pandemia de Covid-19 já fez mais de 160 mil mortos em todo o mundo e cerca de dois terços dessas mortes ocorreram na Europa. Em termos de número de casos de infeção, AFP contabilizou 2.334.130 casos, dos quais 1.153.148 foram registados no continente europeu.

12h33 - "A saúde mental não é ausência de doença mental", começou por dizer Miguel Xavier, o diretor do Programa Nacional de Saúde Mental. O responsável, convidado para a conferência de imprensa da DGS, falou num "conjunto de dimensões" que retiram "a capacidade de ter prazer na vida, no nosso trabalho".

O responsável apontou três dimensões que contribuem para esta realidade: o medo, a disrupção social (ausência dos hábitos sociais) e o confinamento.

Miguel Xavier afirmou, ainda, que a pandemia já levou alguns portugueses e profissionais de saúde a procurarem ajuda ao nível da saúde mental, nomeadamente nos núcleos locais de catástrofe e em alguns hospitais centrais.

12h33 - Conferência da DGS. Foram já realizados 249 mil testes para a Covid-19 (32% no mês de março e 68% no mês de abril). Linha SNS24 recebeu 7.700 chamadas no último dia, com um tempo média de espera de cerca de 28 segundos para atendimento.

12h31 - Conferência da DGS. A conferência de imprensa diária de atualização de informação relativa à infeção pelo novo coronavírus irá contar hoje com a Ministra da Saúde, Marta Temido, a Diretora-Geral da Saúde, Graça Freitas, e o Diretor do Programa Nacional de Saúde Mental, Miguel Xavier.

12h00 - Números em Portugal. Comparando com os dados de sábado, em que se registavam 687 mortos, hoje constatou-se um aumento percentual de 3,9 por cento (714, mais 27 do que na véspera). O registo diário de mortes tem-se mantido em cerca de 30 desde o início de abril, com algumas variações, conforme pode ver no gráfico abaixo, a partir da data da primeira morte em Portugal (18 de março).

11h55 - Portugal registou mais 27 mortes e 521 casos de infeção nas últimas 24 horas. O país contabiliza agora 714 mortes e 20.206 casos de infeção. Este aumento diário de mortes é o número mais baixo numa semana.

11h23 - Equipas de saúde mental devem "manter-se em funções durante todo o período da pandemia". Os Serviços de Saúde Mental devem disponibilizar espaços de "acesso fácil e confidencialidade garantida" para profissionais de saúde, e devem ser adotados "critérios mais estritos de internamento" de doentes agudos, refere uma norma da Direção-Geral da Saúde (DGS).

11h10 - Um "novo normal" na saúde? Pessoas infetadas (ou até mesmo suspeitas) com o novo coronavírus e idosos em total proteção pode passar a ser um "novo normal" para a humanidade devido à pandemia, alertou, este domingo, David Nabarro, membro da Organização Mundial da Saúde.

11h08 - Hostel evacuado em Lisboa. Um hostel com cerca de 200 pessoas localizado na rua Morais Soares, na freguesia de Arroios, em Lisboa, foi esta manhã evacuado devido a um caso positivo da Covid-19.

10h49 - Avião fretado chega a Lisboa com equipamento médico. Sessenta e cinco ventiladores comprados pelo Governo português a uma empresa chinesa chegaram hoje a Lisboa, num avião fretado, junto com outro equipamento médico, incluindo máscaras de proteção respiratória.

10h30 - A Bélgica regista hoje mais 1.313 casos confirmados de Covid-19, totalizado 38.496 casos e um total de 5.683 mortes (mais 230 em relação a sábado). Os números de doentes hospitalizados, porém, estão a descer. Há 4.871 pacientes hospitalizados, menos 198 do que ontem

10h12 - Espanha regista mais 410 mortes, no último dia, o número mais baixo desde o dia 22 de março. O número de vítimas mortais é, agora, de 20.543. São notícias positivos vindas do país vizinho, que conta ainda 4.218 novos casos de infeção, elevando o total de infetados para 195.944.

O estado de emergência está em vigor em Espanha desde 15 de março e será agora alargado até 9 de maio, manifestando o executivo espanhol a vontade de de aliviar as medidas de confinamento a partir de 27 de abril. Em baixo, uma relação do número de óbitos diários no país.

10h07 -  Novos casos na Rússia. Este domingo, o país reportou 6.060 novos casos de infeção pelo novo coronavírus, o maior aumento diário desde o início da pandemia, perfazendo, assim, 42.853 casos totais. O novo coronavírus já matou um total de 361 pessoas na Rússia.

Vladimir Putin emitiu, este domingo, a tradicional mensagem de Páscoa ao povo cristão ortodoxo da Rússia, na qual aproveitou para assegurar que, pese embora o crescente número de infeções e mortes causadas pela pandemia, "a situação está sob total controlo".

9h55 - Mais dois médicos morreram em Madrid. A presidente da Comunidade de Madrid, Isabel Díaz Ayuso, deixou a sua homenagem a dois profissionais de saúde que morreram vítimas de Covid-19 durante o fim de semana. Joaquín Díaz Domínguez, de 64 anos de idade, chefe do serviço de cirurgia geral do Hospital La Paz, e Jesús Vaquero, chefe de neurocirurgia do hospital universitário Puerta de Hierro.

9h34 Pandemia paralisa mercado negro de artigos de luxo na China. Com a prestação do imóvel e carro para pagar, Yang Yang perdeu recentemente a sua lucrativa fonte de rendimentos: revenda de artigos de luxo na China, trazidos da Europa ao abrigo do 'tax free' para não-residentes.

9h30 - Médicos Sem Fronteiras apoiam lares em Lisboa. A organização Médicos Sem Fronteiras (MSF) em Portugal está a apoiar no combate à pandemia da Covid-19 nos lares da Grande Lisboa, onde encontrou profissionais muito dedicados que, mesmo correndo riscos, ajudam os mais vulneráveis a vencer o medo.

9h08 - Boris Johnson pode regressar ao trabalho já na próxima semana. O jornal The Sun cita fonte próxima do primeiro-ministro do Reino Unido, que assegura que, pese embora este tenha sido aconselhado a manter-se em repouso, a prioridade passa por liderar o planeamento da 'reabertura' do país após 11 de maio, dia no qual termina o estado de emergência.

9h00 - Grávidas recebem máscaras sujas no Japão. Centenas de mulheres grávidas japonesas queixaram-se este fim de semana de terem recebido máscaras de proteção sujas enviadas pelo governo na sequência da medida do primeiro-ministro japonês, Abe Shinzo, de reutilizar vestuário antigo para produzir máscaras de proteção.

8h47 - O perigo da máfia em Itália. Em declarações prestadas à estação televisiva CNN, Roberto Saviano, jornalista e autor do livro 'Gomorra', informa que, "os traficantes já aproveitaram a falta de vigilância das autoridades nos portos e nos aeroportos" para aumentar a influência.

Uma opinião partilhada pelo chefe da polícia italiana, Franco Gabrielli, que explica que a máfia já tem presença reforçada nos setores da economia "que não foram bloqueados pelas restrições da Covid-19, como a cadeia da agricultura e da comida, o fornecimento de medicamentos e equipamento médico e o transporte rodoviário".

8h30 - Autoridades de saúde britânicas reforçam o aviso para não se realizarem encontros com amigos ou familiares, por causa dos casos assintomáticos. É possível estar infetado, não saber e contagiar outros. "Se um dos teus amigos ou familiares ainda faz isto, estão a pôr vidas em risco", avisam as autoridades.

8h20 Austrália juntou-se, este domingo, ao 'coro de vozes' que, um pouco por todo o mundo, vão exigindo que seja levada a cabo uma investigação tendo em vista a real origem do novo coronavírus e os culpados pelo facto de este ter adquirido uma escala global.

8h10 - O vice-diretor do Instituto de Virologia de Wuhan, Yuan Zhiming, quebrou, este sábado, o silêncio para refutar as acusações da parte de vários países (entre eles os Estados Unidos) de que este tenha sido o local de origem da pandemia do novo coronavírus.

7h59 - Validados pelas declarações do presidente, Jair Bolsonaro, dezenas de manifestantes pró-Bolsonaro bloquearam parcialmente, pelo menos, dois hospitais. Os manifestantes buzinavam contra João Doria, governador de São Paulo, por causa das medidas de restrição aplicadas.

Nas redes sociais, criticam-se as manifestações, feitas em frente a hospitais quase lotados com pacientes de Covid-19.

7h55 - Alemanha regista descida nos números, com 2.458 casos de infeção pelo novo coronavírus e 184 óbitos nas últimas 24 horas. Número de infeções detetadas em solo germânico é de 139.897 e número de mortes é de 4.294.

7h50Portugueses a residirem na China queixaram-se à Lusa de discriminação por parte de chineses por medo da covid-19, uma realidade que afeta a comunidade estrangeira e ignorada por Pequim, confirmou a organização não-governamental Human Rights Watch (HRW).

"O Governo central tem o dever de proteger toda a gente (...) Este racismo tem de ser parado", afirmou hoje à agência Lusa o vice-diretor da HRW para a Ásia

7h48 - Bolsonaro continua a minimizar Covid-19. O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, apelou hoje novamente aos brasileiros para não "fugirem" do coronavírus e voltou a criticar as medidas de contenção da pandemia, numa manifestação pública em Brasília.

7h30 - Os números que saíram enquanto dormia:

  • A China registou 16 novos casos da covid-19, nas últimas 24 horas, incluindo sete de contágio local. O país asiático mantém assim a tendência de queda no número de infetados, depois de um aumento significativo, no início da semana, sobretudo de casos importados.
  • Os Estados Unidos registaram 1.891 mortos causados pela covid-19 nas últimas 24 horas, elevando para 38.664 o total de óbitos no país, anunciou a Universidade Johns Hopkins. O número de infetados é já 732.197, desde o início da epidemia.
  • O Japão registou 568 novos casos da Covid-19, anunciou hoje o Ministério da Saúde nipónico. Com os 712 casos da doença detetados no cruzeiro Diamond Princess, que no início do ano esteve sob quarentena, no porto de Yokohama, a sul de Tóquio, o país contabilizou até agora 11.073 doentes, desde o início da epidemia no país em meados de janeiro.
  • A Coreia do Sul registou oito novos casos da covid-19 nas últimas 24 horas, elevando para 10.661 o número total de infetados no país, anunciaram hoje as autoridades sanitárias sul-coreanas.
  • As autoridades de saúde de Timor-Leste anunciaram hoje mais um novo caso da covid-19, o que eleva para 19 o número total de infetados no país desde o início do surto, um dos quais já recuperado.

Pode relembrar aqui as atualizações da noite de sábado.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório