Meteorologia

  • 22 OUTUBRO 2019
Tempo
14º
MIN 11º MÁX 19º

Edição

Especialistas franceses investigam ataque a petrolífera saudita

O Presidente francês Emmanuel Macron disse ao príncipe herdeiro da Arábia Saudita, Mohammed bin Salman, que a França vai enviar um grupo de especialistas para participar nas investigações aos ataques contra a plataforma de petróleo da Aramco.

Especialistas franceses investigam ataque a petrolífera saudita

"Em resposta ao pedido das autoridades sauditas, o Presidente da República confirmou ao príncipe herdeiro o envio à Arábia Saudita de especialistas franceses para participar nas investigações sobre os ataques", é referido num comunicado divulgado terça-feira à noite pelo Eliseu.

Segundo a nota, os dois líderes mantiveram uma conversa por telefone na terça-feira na qual Macron "condenou firmemente" os ataques e transmitiu a solidariedade da França aos sauditas.

Além disso, Macron reafirmou "o compromisso da França com a segurança da Arábia Saudita" e "com a estabilidade da região".

No sábado, aviões não-tripulados ('drones') atingiram instalações da petrolífera Aramco no leste da Arábia Saudita.

O ataque, que foi reivindicado pelos rebeldes Huthis do Iémen, atingiu a maior instalação de processamento de petróleo do mundo e um grande campo de petróleo, provocando grandes incêndios numa zona vital para o fornecimento global de energia.

Os Huthis, apoiados politicamente pelo Irão, grande rival regional da Arábia Saudita, reivindicam regularmente lançamentos de mísseis com 'drones' contra alvos sauditas e afirmam que agem como represália contra os ataques aéreos da coligação militar liderada pela Arábia Saudita, que intervém no Iémen em guerra desde 2015.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório