Meteorologia

  • 21 ABRIL 2019
Tempo
22º
MIN 21º MÁX 23º

Edição

PETA quer pôr fim a uso de expressões como 'agarrar o touro pelos cornos'

A organização lançou uma campanha para acabar com expressões que "trivializem a crueldade animal". Mas a comparação com insultos racistas ou homofóbicos não caiu bem.

PETA quer pôr fim a uso de expressões como 'agarrar o touro pelos cornos'
Notícias ao Minuto

16:47 - 05/12/18 por Fábio Nunes 

Mundo Polémica

“Agarrar o touro pelos cornos” ou “matar dois coelhos de uma cajadada só” são expressões utilizadas no quotidiano que envolvem animais. A PETA lançou agora uma campanha que pretende acabar com o uso destas expressões que compara a ofensas racistas ou homofóbicas, segundo a CNN.

“Tal como se tornou inaceitável usar linguagem racista, homofóbica ou discriminadora, frases que trivializem a crueldade animal vai desaparecer à medida que mais pessoas comecem a apreciar os animais pelo que são”, escreveu a organização na sua página de Twitter.

A PETA partilhou nesta rede social um gráfico com possíveis alternativas a expressões que envolvem animais. “As palavras importam e, conforme a nossa compreensão de justiça social vai evoluindo, a nossa linguagem também evolui”, frisa a organização.

Mas a comparação com insultos racistas e homofóbicos está a ser alvo de vária críticas e a PETA está a ser acusada de trivializar questões relacionadas com a raça e o género.

“Não estou a dizer que as pessoas são mais importantes que os animais, mas vocês parecem estar a dizer que as pessoas são iguais a animais e é isso que os racistas e homofóbicos afirmam”, escreveu uma pessoa no Twitter.

Outros consideram que a PETA está a dar uma má reputação aos vegetarianos.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório