Meteorologia

  • 15 OUTUBRO 2018
Tempo
19º
MIN 17º MÁX 20º

Edição

Atiradora de Maryland era funcionária dos armazéns. Não sobreviveu

Tiroteio ocorrido esta quinta-feira em Aberdeen, no estado norte-americano de Maryland, resultou em quatro mortos. Um deles é a atiradora, de 26 anos de idade, que se suicidou.

Atiradora de Maryland era funcionária dos armazéns. Não sobreviveu

A autora do tiroteio levado a cabo esta quinta-feira nuns armazéns de distribuição em Harford County, Aberdeen, no estado norte-americano de Maryland, não resistiu aos ferimentos auto-infligidos e acabou por morrer, de acordo com as últimas informações prestadas pelas autoridades locais e citadas pela Reuters.

Na mesma comunicação, a polícia revelou que o tiroteio foi cometido por uma mulher de 26 anos de idade, que trabalhava nos armazéns em regime temporário.

As autoridades adiantaram também que a identidade da atiradora não será revelada enquanto a família não for devidamente notificada.

O Washington Post noticia, porém, que a mulher estava armada com uma arma semiautomática Glock de calibre 9 mm, registada em seu nome, e que já havia tentado suicidar-se duas vezes.

Tinha sido anteriormente avançado que pelo menos três pessoas tinham morrido e que duas tinham sido levadas para o hospital, sendo uma delas o autor do crime, que estava em estado crítico.

O ataque, que teve lugar nos armazéns de distribuição da Rite Aid, aconteceu às 9h09 da manhã (14h09 em Lisboa). A polícia chegou ao local em cinco minutos, sendo depois apoiada pela divisão de Baltimore do Departamento Federal de Álcool, Tabaco, Armas de Fogo e Explosivos e pelo departamento de Baltimore do FBI.

[Notícia atualizada às 20h38]

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório