Meteorologia

  • 24 SETEMBRO 2018
Tempo
20º
MIN 17º MÁX 24º

Edição

Donald Trump descreve condenação de Manafort como "vergonhosa"

O antigo diretor de campanha do presidente dos Estados Unidos foi esta terça-feira considerado culpado de oito acusações de fraude fiscal e bancária.

Donald Trump descreve condenação de Manafort como "vergonhosa"

Donald Trump reagiu à condenação do seu antigo diretor de campanha, Paul Manafort, por oito crimes de fraude fiscal e bancária, apelidando-a de "vergonhosa".

De acordo com a AP, o presidente norte-americano disse aos jornalistas, na Virgínia Ocidental, que a condenação "não tem nada a ver com conluio com a Rússia", ao passo que se demarcou dos crimes de Manafort: "Não tem nada a ver comigo".

"Sinto-me muito triste", disse Trump, reiterando que Manafort é "um homem de bem" e que a sua condenação faz parte de uma "caça às bruxas", expressão que utiliza para designar a investigação sobre um eventual conluio entre Moscovo e a sua equipa de campanha.

O consultor político, recorde-se, foi considerado culpado de oito acusações de evasão fiscal e fraude bancária, num veredicto parcial, uma vez que os membros do júri não chegou a unanimidade nas restantes 10 acusações.

A sentença de Manafort será anunciada numa data posterior, sendo que este incorre numa possível pena de vários anos de prisão.

Este é o primeiro resultado efetivo da investigação levada a cabo pelo procurador especial Robert Mueller sobre a eventual ingerência russa nas presidenciais norte-americanas de 2016.

Paul Manafort, de 69 anos, entregou-se às autoridades em outubro do ano passado, na sequência dessa investigação, embora este caso incida, sobretudo, sobre os crimes financeiros de que Manafort era acusado, no âmbito do trabalho de consultoria que fez para a Ucrânia, como conselheiro de Viktor Ianukovitch, até à sua fuga do país, em 2014.

Era também acusado de defraudar os bancos quanto às suas finanças para obter empréstimos, quando as suas fontes de rendimento cessaram.

A deliberação do júri sobre este caso durou quatro dias, tendo o veredicto sido anunciado esta terça-feira, depois de duas semanas de apresentação de provas por parte dos procuradores. As implicações deste veredicto estão muito além dos crimes financeiros de Manafort e ajudam a levantar o pano sobre a polémica em torno da campanha de Donald Trump e as suas alegadas ligações ao Kremlin.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório