Meteorologia

  • 19 NOVEMBRO 2018
Tempo
14º
MIN 14º MÁX 14º

Edição

Cinco anos de prisão para religioso por posse de pornografia infantil

Este é o primeiro julgamento do género dentro do Vaticano.

Cinco anos de prisão para religioso por posse de pornografia infantil
Notícias ao Minuto

18:23 - 23/06/18 por Sara Gouveia 

Mundo Vaticano

O Tribunal do Vaticano condenou hoje o antigo diplomata, Carlo Alberto Capella, por posse e distribuição de pornografia infantil, naquele que é o primeiro julgamento género na cidade.

Carlo Capella admitiu ver as imagens de menores durante o que ele chama ter sido "um período de fragilidade", por ter sido transferido para a nunciatura em Washington, nos Estados Unidos, uma espécie de embaixada do Vaticano, mas acabou por ser condenando a cinco anos de prisão e uma multa de cinco mil euros, conta a Fox News. A pena é menor do que a que era pedida pelos promotores  - cinco anos e nove meses, bem como dez mil euros de multa.

Além da sentença o juiz determinou que o material apreendido com o religioso, que incluía 40 a 55 fotografias, filmes e animação japonesa, encontrada no seu telefone, fosse confiscado.

O julgamento teve inicio na passada sexta-feira, dia 22, quando o padre admitiu os crimes e as despesas processuais ficaram também a seu cargo.

Recorde-se que em setembro de 2017, a justiça do Vaticano abriu uma investigação contra este funcionário depois de a polícia canadiana o ter acusado de posse e distribuição de material pornográfico infantil durante uma viagem que realizou ao país em 2016.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório