Meteorologia

  • 19 NOVEMBRO 2019
Tempo
MIN 7º MÁX 14º

Edição

Perigo! Seis alimentos falsificados que consome sem saber

Acha que já experimentou canela? E chantilly? Talvez não.

Perigo! Seis alimentos falsificados que consome sem saber
Notícias ao Minuto

08:35 - 09/10/19 por Liliana Lopes Monteiro  

Lifestyle Alimentos falsificados

A falsificação de produtos alimentares de mercado é um nicho extremamente lucrativo. Somente nos Estados Unidos o lucro dos negócios de produtos ilegítimos excede os 650 mil milhões de dólares por ano, como indica a revista TIME. 

Sendo assim, é importante ter em mente que até mesmo a comida mais comum pode ser falsa, e a embalagem pode conter uma surpresa desagradável.

1. Ervilhas

Sabe as ervilhas congeladas ou enlatadas que compra no supermercado? As ervilhas verdes nem sempre são o que parecem. As falsas são uma mistura de soja, ervilhas da variedade torta, corantes e metabissulfito de sódio. O último, a propósito, está proibido em muitos países devido ao alto risco de desenvolvimento de cancro e possíveis distúrbios metabólicos.

2. Canela

A nossa vida nunca mais será a mesma: o que nós conhecemos por canela, na verdade sempre foi cássia. A cássia é uma imitação barata da famosa especiaria, e é vendida em grande escala sob a aparência de canela, tem um odor diferente e, o mais importante, é perigosa para a saúde (os compostos aromáticos contidos no falso alimento podem causar enxaquecas). A canela autêntica é obtida a partir da casca interna de várias espécies de árvores do género Cinnamomum, que cresce apenas no Sri Lanka e no oeste da Índia. Já a cássia, por sua vez, é extraída da casca de árvores que crescem na China, Vietname e Indonésia.

3. Vieiras

Já comeu vieiras? Trata-se de um molusco bivalve marinho extremamente caro. Como muita gente desconhece o produto, pode acabar por ser enganado com pedaços de peixe, arraia, cavalo-marinho ou tubarão. Até mesmo cogumelos congelados são por vezes 'disfarçados' de vieiras.

4. Chantilly 

Alguns fabricantes de chantilly são tão engenhosos que não usam creme na produção deste produto. Em 1966, o químico norte-americano William Mitchell inventou um substituto para o chantilly, que era composto por óleo de coco, xarope de milho, aroma natural e espessantes. Ainda contém leite, mas o seu teor é muito baixo. É claro que este tipo de chantilly tem as suas vantagens: não parte, fica com uma ótima aparência e é fácil de manusear sobretudo para um cozinheiro iniciante. Mas os verdadeiros especialistas em culinária detectam a fraude de imediato. 

5. Carne para hambúrgueres

No século XXI, os hambúrgueres deixaram de ser apenas carne moída. Atualmente, grandes empresas do ramo alimentar estão a trabalhar na criação de substitutos para a carne convencional. Portanto, em 2016, a Impossible Foods apresentou um substituto de carne bovina à base de levedura geneticamente modificada, trigo texturizado e fécula de batata. É muito difícil distinguir esta carne 'fabricada' da carne natural, e ainda mais difícil se for um hambúrguer pronto a comer. Além disso, os hambúrgueres costumam ser feitos de soja e outras leguminosas de forma a parecerem mais suculentos e apetitosos. 

6. Água mineral

água mineral é um produto único. O seu processo de produção e engarrafamento não está sujeito a nenhum tratamento e é engarrafado diretamente a partir da fonte. É desta forma que as suas propriedades curativas são preservadas. Mas essa singularidade incentiva os fabricantes desonestos a falsificá-la.

água mineral falsa é uma mistura de água da torneira, iodo e sal. O consumo desta mistela pode causar problemas de saúde devido à falta de controlo de qualidade.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório