Meteorologia

  • 22 FEVEREIRO 2018
Tempo
11º
MIN 10º MÁX 12º

Edição

Frances Bean Cobain confessou que batalhou contra vício

A filha de Kurt Cobain referiu nas redes sociais que está sóbria há dois anos.

Frances Bean Cobain confessou que batalhou contra vício
Notícias ao Minuto

09:05 - 14/02/18 por Mariline Direito Rodrigues

Fama Confissões

Frances Bean Cobain, a filha de Kurt Cobain e Courtney Love, revelou esta terça-feira, dia 13, na sua página de Instagram, que estava a celebrar dois anos de sobriedade.

Na rede social, a jovem de 25 anos explicou por que manteve esta decisão em segredo.

“Pensei que iria começar esta publicação a usar um momento de Oahu [Hawai] à volta da natureza, com o meu amor”, afirmou, referindo-se ao namorado Matthew Cook. “Este momento é a representação de quem eu sou a 13 de fevereiro de 2018. É um dia com significado porque faz dois anos que estou sóbria”, confessa.

“É uma decisão interessante e caleidoscópica de partilhar os meus sentimentos em público sobre algo tão pessoal num lugar público. O facto de eu estar sóbria não é do conhecimento do público, de forma decisiva e deliberada. Mas acho que é mais importante colocar de lado o meu medo de ser julgada, mal entendida e estereotipada por uma coisa em específico”, sublinhou.

A modelo não deu grandes pormenores relativamente ao vício em concreto contra o qual batalhou, mas fez questão de realçar que está focada em levar uma vida saudável e com estabilidade emocional.

“Quero ter a capacidade de reconhecer e observar que a minha caminhada tem de ser informativa, até mesmo útil para outras pessoas que estão a passar por situação similares ou diferentes. É uma batalha diária devido à dor, desconforto e tragédia das coisas que aconteceram e que ainda irão acontecer”, adiantou.

I thought I would start this post by using a pure moment in Oahu amongst nature, with my love. This moment is a representation of who I am on February 13th, 2018. It feels significant here, now because it’s my 2nd sober birthday. It’s an interesting and kaleidoscopic decision to share my feelings about something so intimate in a public forum . The fact that I’m sober isn’t really public knowledge, decidedly and deliberately. But I think it’s more important to put aside my fear about being judged or misunderstood or typecast as one specific thing. I want to have the capacity to recognize & observe that my journey might be informative, even helpful to other people who are going through something similar or different. It is an everyday battle to be in attendance for all the painful, bazaar, uncomfortable, tragic, fucked up things that have ever happened or will ever happen. Self destruction and toxic consumption and deliverance from pain is a lot easier to adhere to. Undeniably, for myself and those around me becoming present is the best decision I have ever made. How we treat our bodies directly correlates to how we treat our souls. It’s all interconnected. It has to be. So I’m gonna take today to celebrate my vibrant health and the abundance of happiness, gratitude, awareness, compassion, empathy, strength, fear, loss, wisdom, peace and the myriad of other messy emotions I feel constantly. They inform who I am, what my intentions are, who i want to be and they force me to acknowledge my boundaries/limitations. I claim my mistakes as my own because I believe them to contribute to the dialogue of my higher education in life. I am constantly evolving. The moment I stop my evolution is the moment I disservice myself and ultimately those I love. As cheesy and cornball as it sounds life does get better, if you want it to. I’ll never claim I know something other people don’t. I only know what works for me and seeking to escape my life no longer works for me. Peace, love, empathy (I’m going to reclaim this phrase and define it as something that’s mine, filled with hope and goodness and health, because I want to ) Frances Bean Cobain

Uma publicação partilhada por Frances Bean Cobain (@space_witch666) a 13 de Fev, 2018 às 9:31 PST

A manequim admitiu assim que a sobriedade não é algo fácil, mas que foi o melhor para ela e para todos os que a rodavam.

“A auto-destruição, o consumo tóxico e a dor não é algo fácil de lidar. Inegavelmente, para mim e para todos à volta foi a melhor decisão que tomei”, terminou.

Frances não foi a primeira da sua família a lutar contra o vício. Também o seu pai, o vocalista dos Nirvava, Kurt Cobain, e a sua mãe, Courtney Love, lutaram contra o abuso de drogas.

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as notícias dos famosos, realeza, moda e as mulheres mais elegantes.

O mundo das celebridades com fotos, vídeos e noticias de atores, atrizes e famosos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Fama ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador.

Ao utilizar o nosso website, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.