Saldo das balanças corrente e de capital passa a positiva

O saldo conjunto das balanças corrente e de capital situou-se em 211 milhões de euros até fevereiro, tendo aumentado 569 milhões de euros em comparação com o mesmo período de 2016, divulgou hoje o Banco de Portugal (BdP)

© DR
Economia Banco de Portugal

Segundo uma nota estatística hoje divulgada pela instituição, para esta evolução [de défice a excedente] contribuíram todas as componentes da balança de pagamentos, com exceção da balança de bens.

PUB

Até fevereiro, a balança de bens e serviços registou um défice de 134 milhões de euros, influenciado pela evolução da balança de bens, o que compara com um excedente de 66 milhões de euros em fevereiro de 2016.

Em comparação com o período homólogo, as exportações cresceram 14% (13,5% nos bens e 14% nos serviços), abaixo dos 16% registados nas importações (15,5% nos bens e 15,9% nos serviços).

Na balança de serviços, o excedente da rubrica 'Viagens e turismo' aumentou 106 milhões de euros, fixando-se em 757 milhões de euros.

O défice da balança de rendimento primário passou de 578 para 278 milhões de euros, diminuindo 299 milhões de euros, influenciado pela redução dos dividendos pagos ao exterior.

O saldo da balança de rendimento secundário aumentou 448 milhões de euros, "justificado pela variação das transferências correntes recebidas, e pela diminuição da contribuição financeira paga à União Europeia", sinaliza o BdP.

O saldo da balança financeira, por sua vez, registou um aumento dos ativos líquidos de Portugal sobre o exterior no valor de 572 milhões de euros.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias Ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser