Meteorologia

  • 02 JUNHO 2023
Tempo
25º
MIN 15º MÁX 26º

CP confirma: 'Rasgou' contrato com empresa de serviço de cafetaria e bar

A transportadora adianta que já deu início aos procedimentos legais para lançar um "novo concurso público internacional, com caráter de urgência".

 CP confirma: 'Rasgou' contrato com empresa de serviço de cafetaria e bar
Notícias ao Minuto

13:39 - 17/03/23 por Notícias ao Minuto

Economia CP

A CP - Comboios de Portugal confirmou, esta sexta-feira, que avançou com a resolução imediata do contrato relativo à exploração do serviço de cafetaria e bar a bordo dos comboios Intercidades e Alfa Pendular, prestado pela Apeadeiro 2020, tal como a Federação dos Sindicatos de Agricultura, Alimentação, Bebidas, Hotelaria e Turismo de Portugal (Fesaht) tinha já adiantando

"A CP avançou com a resolução, com efeitos imediatos, do contrato relativo à exploração do serviço de cafetaria e bar a bordo dos comboios Alfa Pendular e Intercidades. A CP já iniciou os procedimentos legais com vista ao lançamento de um novo concurso público internacional, com caráter de urgência", pode ler-se num comunicado enviado às redações. 

A CP nota que "tudo fará para que, com a contratação de um novo concessionário para o serviço de bar dos comboios de longo curso, os trabalhadores da Apeadeiro 2020 possam manter os seus postos de trabalho".

Estes profissionais estão em greve desde 1 de março. Esta questão afeta cerca de 130 pessoas.

A transportadora assegura que "sempre cumpriu com as suas obrigações, pagando à empresa concessionária Apeadeiro 2020 os valores acordados e de forma atempada", mas "o serviço prestado pela concessionária tem vindo a degradar-se, ao longo dos últimos meses, com o registo de falta de produtos, alimentos e bebidas".

"Por diversas vezes, a CP alertou a concessionária para as falhas no serviço prestado, exigindo o cumprimento do previsto no caderno de encargos. Infelizmente, a situação não se resolveu, suspendendo o serviço de cafetaria e bar a bordo dos comboios Alfa Pendular e Intercidades, com prejuízo para a CP e para os seus clientes", garante a transportadora. 

A CP reconhece que a "situação dos trabalhadores da Apeadeiro 2020 é delicada, especialmente no que diz respeito aos salários em atraso e, mesmo não sendo da sua responsabilidade, a CP está preocupada com estes trabalhadores e tem desenvolvido todos os esforços para garantir que os seus direitos sejam protegidos". 

[Notícia atualizada às 13h58]

Leia Também: Maioria dos partidos apoia tribunal especial para crimes de guerra

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório