Meteorologia

  • 06 OUTUBRO 2022
Tempo
29º
MIN 16º MÁX 30º

Talkdesk vai despedir. "Saídas representam baixo impacto", diz a empresa

Empresa justifica os despedimentos com o facto de estar a "alinhar recursos com as prioridades da empresa e com o contexto económico".

Talkdesk vai despedir. "Saídas representam baixo impacto", diz a empresa
Notícias ao Minuto

14:46 - 05/08/22 por Notícias ao Minuto

Economia Talkdesk

A Talkdesk está a alinhar os seus recursos com as prioridades da empresa e com o cenário económico, o que significa que vai despedir colaboradores nos próximos meses. A empresa menoriza estas saídas, diz que representam um "baixo impacto" e que o negócio do unicórnio continua forte. 

"As saídas representam um baixo impacto de apenas um dígito percentual no número de colaboradores a nível mundial - continuamos com mais de 1.000 profissionais baseados em Portugal e estamos profundamente orgulhosos da sua contribuição. O negócio da Talkdesk continua forte, com o crescimento da procura no setor", pode ler-se num comunicado enviado ao Notícias ao Minuto

A notícia, sublinhe-se, foi avançada pelo ECO, dando conta que esta 'onda' de despedimentos, que tem impactado as várias tecnológicas pelo mundo fora, deverá abranger menos de duas centenas de pessoas. A Talkdesk conta atualmente com 2.100 funcionários

Ao Notícias ao Minuto, a Talkdesk explica que "as mudanças na equipa em Portugal e noutras regiões foram realizadas com o objetivo de melhor alinhar recursos com as prioridades da empresa e com o contexto económico, o que inclui reduções baseadas no desempenho e no nível de contribuição".

Leia Também: SoundCloud é a mais recente tecnológica a despedir trabalhadores

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório