Meteorologia

  • 28 JUNHO 2022
Tempo
27º
MIN 15º MÁX 27º

Norte e Centro com mais potenciais investidores da diáspora no turismo

A secretária de Estado das Comunidades Portuguesas, Berta Nunes, disse hoje que o Norte e o Centro são as regiões de Portugal que têm o maior número de potenciais investidores da diáspora no setor do turismo.

Norte e Centro com mais potenciais investidores da diáspora no turismo
Notícias ao Minuto

20:23 - 31/03/21 por Lusa

Economia Turismo

"O turismo é um investimento muito procurado nas nossas comunidades [portuguesas] e em particular a região Norte e a região Centro são as regiões que têm o maior número de potenciais investidores da diáspora", declarou a secretária de Estado das Comunidades Portuguesas, na sua intervenção no 'webinar' intitulado "Wellnessbinar", sobre a apresentação da nova marca Termas Porto e Norte de Portugal.

Os países de onde há mais potenciais investidores são "França, Reino Unido, Suíça, EUA, Luxemburgo", ou seja os países onde Portugal tem as maiores comunidades de emigrantes portugueses.

Berta Nunes recordou, na sessão, que foi criado um gabinete especial para o "investidor da diáspora" e foi criado também o "estatuto de investidor da diáspora".

"Estamos a trabalhar para que, ao nível dos fundos europeus, o investidor tenha uma majoração, ou linhas dedicadas. E estamos a trabalhar nisso em colaboração com a Secretaria de Estado de Valorização do Interior e do Ministério da Coesão Territorial", explicou.

Dados mais recentes indicam que houve "160 estatutos de investidores da diáspora atribuídos" e "72 empresários investidores da diáspora que pediram apoio ao investidor da diáspora" e que desses 72, há 38% de projetos na área do turismo".

O programa nacional de atração de investimento da diáspora foi aprovado em agosto de 2020 pelo Conselho de Ministros e que tem várias medidas transversais aos ministérios para apoiarem o investimento da diáspora portuguesa.

A secretária de Estado das Comunidades Portuguesas lembrou que os lusodescendentes já contribuíram de várias formas para aumentar o turismo em Portugal, mas refere que esse fenómeno precisa de ser "melhor conhecido" e "quantificado".

Segundo a secretária de Estado, verifica-se que há uma "correlação entre o número de turistas que vêm de vários países" e a "existência de comunidades portuguesas fortes" nesses países.

"Seria importante ter uma quantificação mais fina do número de portugueses e lusodescendentes que vem a Portugal ao longo do ano, porque hoje em dia não podemos falar só do meu querido mês de agosto e das festas nas aldeias e na vinda de emigrantes e seus familiares nessa altura. Na verdade o que percebemos é que essas visitas acontecem também no Natal, Páscoa ou até num fim de semana para ver um concerto.

No 'webinar', o diretor-geral da Associação das Termas de Portugal anunciou que em breve a rede termal portuguesa iria ter novas terapêuticas desenhadas para dar resposta à recuperação e reabilitação de doentes que sobreviveram à doença da covid-19.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.805.004 mortos no mundo, resultantes de mais de 128,1 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 16.848 pessoas dos 821.722 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Leia Também: Açores. Tarifas a 60 euros para residentes em vigor a 1 de junho

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório