Meteorologia

  • 29 FEVEREIRO 2024
Tempo
11º
MIN 11º MÁX 16º

Governo britânico financia substituição de revestimento inflamável

O Governo britânico vai financiar, com cerca de quatro mil milhões de euros, a substituição de revestimentos exteriores inflamáveis como o que esteve na origem do incêndio trágico da Torre Grenfell em Londres em 2017.

Governo britânico financia substituição de revestimento inflamável
Notícias ao Minuto

15:30 - 10/02/21 por Lusa

Economia Financiamento

Este pacote financeiro de 3,5 mil milhões de libras junta-se a ajudas avançadas anteriormente, mas consideradas insuficientes, pelo que o total de fundos públicos para este efeito totalizaagora cinco mil milhões de libras (5,7 mil milhões de euros).

"Esta intervenção excecional é o maior investimento alguma vez feito pelo Governo na segurança de edifícios", afirmou o ministro da Habitação, Robert Jenrick, aos deputados no Parlamento.

Foi o revestimento colocado nas paredes exteriores da Torre Grenfell composto por placas de alumínio composto e polietileno (plástico) que fez alastrar rapidamente as chamas do incêndio que destruiu o edifício na noite de 13 para 14 de junho de 2017, matando 72 pessoas.

A primeira fase de um inquérito público concluiu que o revestimento era inflamável e não cumpria a regulamentação, estando em curso uma segunda parte do inquérito para apurar as circunstâncias e responsáveis pela situação.

Hoje, o ministro disse que os proprietários de apartamentos em prédios superiores a 18 metros de altura ou seis andares em Inglaterra não incorrerão em "nenhum custo" para a remoção do revestimento, já que o risco é elevado.

Proprietários em prédios mais pequenos, cujo risco é menor, vão contribuir com, no máximo, 50 libras (57 euros) por mês.

Jenrick considerou a intervenção justificada porque senão os empreendedores poderiam transferir os custos das obras para os proprietários, o que poderia "punir aqueles que trabalharam duramente, compraram a sua própria casa, mas que sem culpa própria se encontraram numa situação absolutamente injusta".

Dezenas de milhares de pessoas continuam a viver em arranha-céus revestidos com material inflamável, mas alguns declararam-se insolventes e entregaram a casa devido à incapacidade em suportar as despesas adicionais, incluindo o custo com seguranças 24 horas por dia devido ao risco de incêndio.

Para recuperar algum deste investimento, o Governo pretende criar um novo imposto sobre o setor imobiliário no próximo ano.

O Governo já tinha prometido repetidamente uma solução para este problema, estando sob pressão não só dos partidos da oposição, mas também de muitos deputados do Partido Conservador.

Leia Também: Bruxelas propõe prolongar aplicação provisória de acordo com Reino Unido

Recomendados para si

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório