Meteorologia

  • 27 JUNHO 2019
Tempo
17º
MIN 15º MÁX 18º

Edição

Grécia: Centeno destaca sinais "encorajadores" de 2ª missão de supervisão

Mário Centeno destacou hoje os sinais "muito positivos e encorajadores" vindos da Grécia, no dia em que o fórum dos ministros das Finanças da zona euro vai analisar as principais conclusões da segunda missão de supervisão reforçada àquele país.

Grécia: Centeno destaca sinais "encorajadores" de 2ª missão de supervisão
Notícias ao Minuto

14:51 - 11/03/19 por Lusa

Economia Eurogrupo

"Temos relatórios detalhados das instituições que permitirão avaliar o progresso e os compromissos que a Grécia tem na sua agenda de reformas. Os sinais são muito positivos e encorajadores nesta agenda de reformas, que terá de estar completa para podermos implementar as medidas de alívio da dívida que estão previstas", declarou o presidente do Eurogrupo.

Em declarações aos jornalistas em Bruxelas, à entrada para a reunião do Eurogrupo, Centeno enalteceu os "muito bons sinais" do lado da economia e das condições financeiras e de financiamento na Grécia, destacando como exemplo "a capacidade e a possibilidade que existiu na semana passada" de aquele país emitir obrigações a dez anos no mercado, "dando um sinal de normalidade muito significativo".

A Comissão Europeia apresentará hoje informações ao fórum dos ministros das Finanças sobre as principais conclusões da segunda missão de supervisão reforçada à Grécia, que concretizou, em 20 de agosto, a saída do seu terceiro programa de assistência.

A Grécia, o país europeu mais atingido pela crise económica e financeira, foi o primeiro e último a pedir assistência financeira -- e o único "reincidente" --, e a conclusão do seu terceiro programa assinalou também o fim do ciclo de resgates a países do euro iniciado em 2010, e que abrangeu também Portugal (2011-2014), Irlanda, Espanha e Chipre.

Face às características únicas da tripla assistência prestada ao país, e às fragilidades que a sua economia ainda revelava, a Grécia é alvo de uma "vigilância pós-programa reforçada", com missões de três em três meses, para garantir que Atenas prossegue, nesta nova era pós-resgates, uma "política orçamental prudente".

As medidas de alívio da dívida grega estão, assim, condicionadas ao cumprimento dos compromissos assumidos pelo Governo grego, designadamente 16 reformas setoriais.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório