Meteorologia

  • 19 NOVEMBRO 2018
Tempo
MIN 7º MÁX 7º

Edição

Endividamento da economia sobe para 719,2 mil milhões em agosto

Subida ficou a dever-se, sobretudo, ao aumento do endividamento no setor público, segundo o Banco de Portugal.

Endividamento da economia sobe para 719,2 mil milhões em agosto
Notícias ao Minuto

11:13 - 22/10/18 por Beatriz Vasconcelos 

Economia BdP

O endividamento da economia aumentou para 719,2 mil milhões em agosto, anunciou o Banco de Portugal (BdP), esta segunda-feira. A impulsionar esteve, sobretudo, o aumento do endividamento no setor público, segundo o supervisor. 

"Relativamente a julho de 2018, o endividamento do setor não financeiro aumentou 1,6 mil milhões de euros, devido, sobretudo, ao acréscimo do endividamento do setor público", refere o BdP, em comunicado.

Do montante total, 319,7 mil milhões são referentes ao setor público e os restantes 399,5 mil milhões dizem respeito ao setor privado.

"A subida do endividamento do setor público refletiu-se no acréscimo do financiamento concedido pelo setor financeiro, pelas próprias administrações públicas e pelo exterior", explica o BdP. 

Relativamente ao endividamento do setor privado, houve um aumento de 0,2 mil milhões de euros do financiamento concedido pelo setor financeiro aos particulares, revela o supervisor. 

Notícias ao MinutoEndividamento da economia aumentou para 719,2 mil milhões em agosto.© Reprodução do site do Banco de Portugal

O endividamento da economia já sobe há três meses consecutivos. Porém, os números de julho foram revistos em baixa para 717,5 mil milhões de euros,  face à estimativa inicial de 721,9 mil milhões de euros.

[Notícia atualizada com mais informação às 11h30]

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório