Meteorologia

  • 11 DEZEMBRO 2018
Tempo
11º
MIN 10º MÁX 14º

Edição

Talone diz que "a maior renda" foi a extensão dos CAE às centrais da EDP

O ex-presidente da EDP João Talone considerou hoje no parlamento que com extensão dos contratos de aquisição de energia (CAE) às centrais da elétrica, em 1996, surgiu "a maior renda que alguma vez foi criada em Portugal".

Talone diz que "a maior renda" foi a extensão dos CAE às centrais da EDP
Notícias ao Minuto

16:34 - 18/09/18 por Lusa

Economia Inquérito

João Talone, que foi presidente da EDP entre 2003 e 2006, está esta tarde a ser ouvido da comissão parlamentar de inquérito às rendas excessivas, tendo sido questionado, logo no início da audição, pelo deputado do CDS-PP Hélder Amaral sobre a transição dos CAE da EDP para CMEC, mecanismo implementado em 2007.

"O processo não se inicia aí, inicia-se muito mais cedo quando são criados os CAE e quando os CAE são estendidos às centrais da EDP, em 1996. Aí foi criada a maior renda que alguma vez foi criada em Portugal", defendeu.

Quando o que foi criado para o investimento da Tejo Energia e da Turbogás foi extendido às centrais da EDP é, para João Talone, "o ponto zero do relógio", que deveria ser marcado para 1996.

Confrontado com a declaração de João Conceição, antigo consultor do ex-ministro Manuel Pinho, que nesta mesma comissão defendeu que "os CAE são blindadíssimos" e "atribuíram direitos bastante fortes à EDP", o antigo presidente da EDP foi perentório: "Estavam blindados os CAE e a minha obrigação era dar uma blindagem aos CMEC igual ao que tinha os CAE".

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório