Meteorologia

  • 21 JULHO 2018
Tempo
22º
MIN 21º MÁX 22º

Edição

Bolsa de Lisboa em baixa com BCP a cair 1,13%

A bolsa de Lisboa estava hoje em baixa, com 14 das 18 ações do PSI20 a caírem e com as do BCP a descerem 1,13% para 0,2545 euros.

Bolsa de Lisboa em baixa com BCP a cair 1,13%
Notícias ao Minuto

09:52 - 11/07/18 por Lusa

Economia Mercados

Cerca das 09:25 em Lisboa, o principal índice, o PSI20, com 18 títulos, estava a cair 0,38% para 5.640,17 pontos, com 14 'papéis' a recuarem, três a subirem e um inalterado (Ramada).

Além das ações do BCP, as da Mota-Engil e da Corticeira Amorim eram outras das que mais desciam, designadamente também 1,13% para 3,055 euros e 1,14% para 11,46 euros.

As ações da Jerónimo Martins recuavam 0,47% para 12,635 euros, bem como as da NOS que desciam 0,44% para 4,936 euros.

Em sentido contrário, as ações da Altri e da EDP eram as que mais se valorizavam, estando respetivamente a subir 1,56% para 9,11 euros e 0,26% para 3,499 euros.

As principais bolsas europeias estavam hoje em baixa, preocupadas com a reativação da guerra comercial entre os Estados Unidos e a China.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ordenou a imposição de novas taxas alfandegárias, designadamente de 10% a produtos importados da China no valor de 200.000 milhões de dólares, como represália à resposta de Pequim às primeiras taxas impostas por Washington, que entraram em vigor na última sexta-feira.

Perante o novo anúncio dos Estados Unidos a China anunciou hoje que tomará "as contramedidas necessárias".

Entretanto, a primeira-ministra britânica, Theresa May, enfrenta uma crise política depois da demissão em menos de 24 horas de dois dos seus principais ministros, ambos críticos do plano de negociar uma saída suave da União Europeia.

Em Nova Iorque, Wall Street terminou em alta na terça-feira, com o Dow Jones a subir 0,58% para 24.919,66 pontos, depois de ter subido em 26 de janeiro até aos 26.616,71 pontos, atual máximo desde que foi criado, em 1896, e o Nasdaq a avançar 0,04% para 7.759,20 pontos, após ter subido em 20 de junho até aos 7.781,51 pontos, atual máximo de sempre.

A nível cambial, o euro abriu em alta no mercado de divisas de Frankfurt, a cotar-se a 1,1729 dólares, contra 1,1721 dólares no fecho de terça-feira.

O barril de petróleo Brent para entrega em setembro abriu hoje em baixa, a cotar-se a 78,32 dólares no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres, menos 0,65% do que no encerramento da sessão anterior.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador.

Ao utilizar o nosso website, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.