"Foi uma demonstração de uma equipa que não se rende. Vitória é justa"

Técnico dos 'dragões' considerou a vitória justa e realçou o trabalho da equipa que nunca desistiu ao longo de todo o encontro.

© Getty Images
Desporto Nuno E. Santo

Nuno Espírito Santo era um homem satisfeito com o esforço dos seus jogadores e que culminou com uma vitória conseguida já no período de descontos. O treinador realçou que a equipa tem sabido dar a volta a desvantagens ao longo da época e diz que o grupo de trabalho está capacitado para estar nos 'oitavos' da Champions.

PUB

Análise ao Jogo: Foi uma demonstração de uma equipa que não se rende, que luta até ao final e que acredita que é possível. Não entrámos no jogo como pretendíamos mas, contrariamente ao esperado, o golo em vez de nos prejudicar, melhorou o nosso jogo. A partir desse momento melhorámos, dominámos, controlámos e na segunda parte fomos dominadores e superiorizámo-nos ao adversário. Uma boa reação, primeiro acreditamos no empate e depois a vitória, que é totalmente justa.

Entradas de Brahimi e Corona: Os jogadores que entraram, fizeram-no bem. A ideia era empurrar a equipa, manter a intensidade ofensiva, fizeram o que pretendíamos e acabámos de concretizar o que queríamos, que era a vitória.

Golo de André Silva: Tem concretizado, parabéns. Saltaria mais o trabalho de toda a equipa. Já não é a primeira vez que estamos numa situação complicada e demos uma boa resposta.

Vitória permite olhar para os oitavos de final: É exatamente igual. Estamos numa luta que estamos capacitados para a ter e queremos vencê-la, mas agora é o Arouca.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS