Meteorologia

  • 20 JUNHO 2021
Tempo
17º
MIN 15º MÁX 22º

Edição

"Não temos que olhar para os outros porque só dependemos de nós"

Treinador do Sporting lança jogo com o Famalicão.

"Não temos que olhar para os outros porque só dependemos de nós"

Rúben Amorim esteve, este sábado, em conferência de imprensa para fazer o lançamento da receção do Sporting ao Famalicão, em jogo agendado para amanhã, domingo, que encerrará a 26.ª jornada da I Liga. 

Medo de perder o campeonato?: "O Sporting está a fazer o caminho que tem de fazer. É um clube muito grande. Tem um projeto que está a levar para a frente. Temos que vencer os jogos e não temos de estar preocupados com mais nada. Ganhando este jogo, temos que ganhar o próximo." 

Campeonato: "Alguém vai ganhar o campenato. Há várias equipas que podem ser campeãs. Nós só queremos ganhar ao Famalicão. Esse é o nosso foco. No fim, alguém vai ganhar e os outros todos vão perder. O Sporting projetou jogadores e vai estar bem no futuro: o Inácio vai ser jogador, o Matheus vai ser jogador, o Dani vai ser jogador. Isso não vai mudar. O treinador é que pode perder o campeonato. O plantel pode estar tranquilo. Eu estou bastante tranquilo. Mais importante do que os resultados é a forma como jogamos. Só o treinador poderá perder."

Reação ao empate: "A resposta começa no início da semana. Foi um empate, temos que pensar no próximo jogo e temos de estar preparados para isso. Podemos ter um dia menos bom e não ganhar alguns jogos. Foi mais difícil lidar com a vitória contra o Santa Clara do que com o empate frente ao Moreirense. Sinto a equipa bem."

Nuno Mendes: "O Nuno está pronto e todos os jogadores convocados estão prontos para jogar. Tivemos um azar com o [Gonçalo] Inácio e com o Tabata que levaram dois toques. Ficaram fora da convocatória. Devem estar recuperados para a semana. O Nuno Mendes recuperou e isso é uma excelente notícia." 

Estrelinha acabou?: "Foi apenas um comentário a seguir ao jogo... Não sinto que os jogadores facilitem. São rigorosos em tudo o que fazem. Somos uma equipa jovem e talvez não sejamos tão acutilantes como éramos. A verdade é que as outras equipas não têm grandes oportunidades. O jogo é atacar e defender e nós controlamos muito bem os jogos. O controlo do jogo está lá. Agora, falta o resto. Vem com o tempo. Foi um empate injusto, mas há que seguir em frente." 

Pressão dos rivais: "Faz parte do campeonato. Sempre disse que o importante era jogar a uma certa hora até pela minha experiência de jogador. É indiferente jogar depois ou antes [dos rivais]. É a minha forma de encarar as coisas. Ainda se vão perder pontos, é normal. Com este jogo podemos alcançar uma marca importante: melhor série sem perder no clube. Claro que queremos ganhar. Estamos a fazer um excelente campeonato. Concordem ou não, entendo que a equipa está a melhorar. Não temos que olhar para os outros resultados porque só dependemos de nós."

Famalicão em crescendo: "É uma equipa que vive um bom momento. Já estamos habituados a receber equipas que atravessam bons momentos. O Ivo Vieira teve um grande impacto na equipa. O Famalicão tem jogadores de grande qualidade, jovens e irreverentes. Saíram de um momento mau e estão agora num momento bom. Jogamos em casa, precisamos de ganhar e é isso que vamos fazer."

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório