Meteorologia

  • 02 ABRIL 2020
Tempo
11º
MIN 7º MÁX 19º

Edição

Morreu Harry Gregg, herói do desastre que matou parte da equipa do United

O ex-futebolista Harry Gregg, considerado um dos heróis da catástrofe aérea de Munique que vitimou parte da equipa do Manchester United em 1958, morreu aos 87 anos, anunciou hoje a sua fundação.

Morreu Harry Gregg, herói do desastre que matou parte da equipa do United
Notícias ao Minuto

13:22 - 17/02/20 por Lusa

Desporto Óbito

com grande tristeza que informamos da morte da lenda do Manchester United e da Irlanda do Norte, Harry Gregg. Harry morreu pacificamente, rodeado da família", comunicou a fundação, na página oficial no Facebook.

O antigo guarda-redes do Manchester United socorreu várias pessoas, incluindo um bebé e os colegas Bobby Charlton e Jackie Blanchflower, após o acidente com o avião que transportava a equipa, em 6 de fevereiro de 1958.

Gregg ingressou no Manchester United em dezembro de 1957, por 23.500 libras, valor que na altura representou a transferência mais cara na história de um guarda-redes, tendo no ano seguinte sido considerado o melhor guardião no Mundial de 1958.

O acidente ocorreu quando a equipa inglesa regressava de Belgrado, após um jogo da Taça dos Campeões Europeus, com o Estrela Vermelha. Após uma escala em Munique, o avião caiu durante a descolagem, devido às más condições climatéricas.

O acidente, que vitimizou 23 pessoas, entre as quais oito jogadores da equipa que tinha conquistado dois títulos consecutivos de campeão inglês, é o mais grave da história do clube. Bobby Charlton é agora o único jogador ainda vivo.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório