Meteorologia

  • 23 SETEMBRO 2017
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

'Girassóis' de Van Gogh exibidos em conjunto numa galeria virtual

Cinco quadros dos 'Girassóis' de Van Gogh serão pela primeira vez exibidos em conjunto, numa só sala virtual, via Facebook, no próximo dia 14, numa iniciativa da National Gallery, em Londres, em colaboração com quatro museus.

'Girassóis' de Van Gogh exibidos em conjunto numa galeria virtual
Notícias ao Minuto

17:35 - 11/08/17 por Lusa

Cultura Arte

A reunião de cinco das sete versões dos 'Girassóis', que Vincente Van Gogh pintou entre 1888 e 1889, em Arles, no Sul de França, numa mesma sala, foi anunciada na quinta-feira, pela National Gallery, em Londres, no seu sítio 'online', numa iniciativa que também mobiliza o Museu Van Gogh, em Amesterdão, o Philadelphia Museum of Art, nos Estados Unidos, a Nova Pinacoteca de Munique e o Seiji Togo Memorial Museum of Art, em Tóquio.

Esta mostra sem precedentes é possibilitada pela rede social Facebook, na próxima segunda-feira, superando a localização dos vários museus, em três continentes, o que tem representado um impasse para a reunião real dos diferentes exemplares, num só local.

Assim, na tarde de segunda-feira, todas as instituições reúnem esforços, durante 95 minutos, a partir das 17:50 (a mesma hora em Londres e Lisboa), colocando em linha as cinco pinturas, de forma consecutiva, cada uma durante 15 minutos.

As transmissões terão lugar em frente a cada versão das pinturas, numa experiência imersiva denominada "Sunflowers 360".

Gabriele Finaldi, diretor da National Gallery, em Londres, museu que irá coordenar o evento e que lidera todos os outros que o irão integrar, em declarações disponíveis no 'site' da instituição, realça a singularidade da experiência que considera "absolutamente entusiasmante".

A subdiretora Susan Foister, com a responsabilidade logística e de relações exteriores da National Gallery, destaca a importância do Facebook como "uma solução apelativa" para a "reunião digital" das peças, de acordo com a imprensa internacional, que noticiou o projeto.

Martin Bailey, autor do livro "The Sunflowers are Mine" (2013), especialista na obra de Van Gogh, aponta a questão da conservação e "fragilidade das peças" - que, dada a sua "popularidade", devem permanecer nas repetivas galerias, como defende em declarações ao jornal The Telegraph - para esta ser uma experiência irrepetível.

Durante a sessão, um curador em cada galeria irá falar sobre aspetos diferentes de cada pintura, das escolhas de Van Gogh, no que toca a cores ou texturas, remetendo para a sua paixão pela natureza.

Duas versões dos "Girassóis" estão em falta, uma devido à sua destruição num incêndio, em 1945, e outra por fazer parte de uma coleção privada, sem exibição desde 1948.

Van Gogh (1853-1890) não vendeu nenhum dos cinco quadros até à sua morte, situação que se manteve de 1891 a 1924, quando a mulher do seu irmão, Jo Bonger, vendeu quatro.

A família do pintor ficou com uma quinta versão do quadro, atualmente em exposição no Museu Van Gogh, em Amesterdão.

As diferentes pinturas representam a beleza da renovação dos ciclos da vida e morte, através do conjunto de girassóis, numa jarra.

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório