Meteorologia

  • 15 ABRIL 2024
Tempo
24º
MIN 13º MÁX 24º

Paul, John, George e Ringo terão cada um o seu filme sobre os Beatles

O Beatles vão ser alvo de um tratamento biográfico no 'grande ecrã' que irá para além de um filme, sendo quatro as longas-metragens, todas realizadas por Sam Mendes, que darão a cada membro da banda o seu próprio destaque.

Paul, John, George e Ringo terão cada um o seu filme sobre os Beatles
Notícias ao Minuto

07:59 - 21/02/24 por Lusa

Cultura Cultura

Pela primeira vez, os Beatles estão a conceder direitos de autor completos de vida e música a um projeto de filme.

A Sony Pictures anunciou esta segunda-feira um acordo que pode 'ofuscar' todos os filmes biográficos anteriores, com as histórias de Paul McCartney, John Lennon, George Harrison e Ringo Starr divididas por um quarteto de filmes.

Espera-se que os filmes, concebidos por Sam Mendes, sejam lançados nos cinemas de forma inovadora, potencialmente a coexistirem ou a cruzarem-se nas telas.

Os planos de lançamento detalhados serão anunciados posteriormente e a Sony tem como meta 2027 para as estreias.

"Estou honrado por contar a história da maior banda de rock de todos os tempos e animado por desafiar a noção do que constitui uma ida ao cinema", sublinhou Mendes, em comunicado.

Já a produtora Pippa Harris realçou que pretende que esta seja "uma experiência cinematográfica épica e emocionante".

"Quatro filmes, contados a partir de quatro perspetivas diferentes, que contam uma única história sobre a banda mais célebre de todos os tempos", acrescentou.

As incursões mais famosas dos Beatles no cinema ocorreram nos seus primeiros anos. Entre 1964 e 1970, apareceram em cinco filmes, incluindo "A Hard Day's Night" (1964) e a animação "Yellow Submarine" (1968).

O quarteto foi tema de muitos documentários, mais recentemente "The Beatles: Get Back", de Peter Jackson, de 2021.

Em 2023, os Beatles reuniram-se com a ajuda da inteligência artificial recém-lançada música "Now and Then". A gravação foi possível graças à tecnologia utilizada por Jackson em "Get Back" e contou com um videoclipe produzido pelo diretor neozelandês.

As tentativas de dramatizar a história dos Beatles têm sido mais esporádicas e menos impactantes.

Um filme biográfico de 1979, feito quando Lennon ainda estava vivo, chamado "The Birth of the Beatles", foi produzido com o baterista original dos Beatles, Pete Best, como conselheiro.

O drama independente de 1994, "Backbeat", narrou o relacionamento de Lennon com Stuart Sutcliffe antes dos Beatles se tornarem famosos. "Nowhere Boy" (2009) estrelou Aaron Taylor-Johnson como o adolescente Lennon.

Mas, na última década, as cinebiografias musicais tornaram-se um grande negócio. Sucessos de bilheteira como "Bohemian Rhapsody", "Rocketman" e "Elvis" levaram os executivos de Hollywood a perseguir o próximo sucesso de bilheteira, sendo que no fim de semana do Dia do Presidente nos Estados Unidos (19 de fevereiro), "Bob Marley: One Love", produzido com o espólio de Marley, foi o filme 'número 1' nos cinemas.

Um filme biográfico de Michael Jackson está em produção.

Leia Também: Correntes d'Escritas abre hoje com anúncio de prémios e conferência

Recomendados para si

;
Campo obrigatório