Meteorologia

  • 16 JULHO 2019
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 19º

Edição

Português nomeado curador chefe de exposições do museu Kiasma

O curador português João Laia foi nomeado curador chefe do programa de exposições do Museu de Arte Contemporânea Kiasma, em Helsínquia, entrando em funções a 03 de junho, foi hoje anunciado.

Português nomeado curador chefe de exposições do museu Kiasma
Notícias ao Minuto

23:00 - 28/05/19 por Lusa

Cultura Finlândia

"João Laia (nascido em 1981), de Portugal, foi nomeado chefe curador das exposições no Kiasma. Ele será responsável pelo programa de exposições no Kiasma, em conjunto com o diretor do museu, Leevi Haapala. A iniciar funções a 3 de junho, João Laia sucede a Maria Sakari, nomeada diretora do Museu de Arte Ateneum, em Helsínquia", refere o Kiasma num comunicado divulgado na plataforma e-flux.

O diretor do museu, Leevi Haapala, citado no comunicado, mostrou-se satisfeito por ter João Laia na sua equipa, "para reforçar o papel internacional do Kiasma e da National Gallery finlandesa".

O responsável recorda que João Laia, "um curador altamente relacionado", é "bem versado na cena global de arte contemporânea e na teoria social da arte", e "nos últimos anos integrou projetos no Brasil, Reino Unido, Itália, Lituânia, Portugal, Rússia, Espanha e Suécia".

O curador português, citado no mesmo comunicado, mostrou-se "muito feliz" por assumir o cargo, e, como parte da equipa do museu, anseia por apresentar "trabalho desafiador, experimental e poético, e engajar a variedade eclética de públicos que formam os amplos grupos locais, regionais e internacionais da instituição, abordando os principais debates sociais que definem o presente e futuro próximo".

João Laia tem mestrados em Estudos de Cinema, da King's College, e em Curadoria de Filmes, do London Consortium, ambos em Londres, e uma pós-graduação do programa CuratorLab da Konstfack, em Estocolmo.

O curador português, que tem estado envolvido na organização de exposições, não só em Portugal, mas também Espanha, Suíça, Brasil e Reino Unido, é curador da Opening, a secção da feira de arte ARCO Lisboa, dedicada a galerias com menos de sete anos de atividade, e membro das equipes curatoriais da exposição inaugural do Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia (MAAT), em Lisboa (2015-17), além de colaborar com publicações como frieze, Spike Art Quarterly, Flash Art, Terremoto ou Público.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório