Meteorologia

  • 26 SETEMBRO 2018
Tempo
17º
MIN 15º MÁX 19º

Edição

'El verano del léon eléctric' vence curtas-metragens em Cannes

O filme chileno 'El verano del léon eléctrico' recebeu hoje o primeiro prémio de curtas-metragens no Festival de Cannes, França, anunciou a organização do certame.

'El verano del léon eléctric' vence curtas-metragens em Cannes
Notícias ao Minuto

23:43 - 17/05/18 por Lusa

Cultura Filme

Os prémios foram atribuídos hoje pelo júri da Cinefundação e das curtas-metragens, presidido por Bertrand Bonello, numa cerimónia realizada na sala Buñuel, seguida da projeção dos filmes premiados.

"El verano del léon elétrico" tem realização de Diego Céspedes.

Em segundo lugar, ex-aequo, ficaram a curta-metragem russa "Kalendar", com realização de Igor Poplauhin, e a chinesa "Dong wu xiong Meng", realizada por Shen dDi.

Em terceiro lugar ficou "Inanimate", da realizadora britânica Lucia Bulgheroni.

O primeiro prémio tem o valor de 15.000 euros, o segundo de 11.250 euros, e o terceiro é de 7.500 euros.

O vencedor do primeiro prémio tem, ainda, a possibilidade de apresentar a sua curta-metragem durante o festival de Cannes.

Os filmes voltarão a ser exibidos em Paris, no Cinema do Panteão, no dia 22, às 18:00 locais e a Cinemateca francesa projetará igualmente uma seleção de filmes, no dia 11 de junho, às 21:00 locais,.

O juri das curta-metragens era composto por Khalil Joreige, Valeska Grisebach, Alanté Kavaïté e Ariane Labed e o Festival de Cannes emncontra-se a decorrer nesta cidade francesa até sábado.

O filme português "Diamantino", de Gabriel Abrantes e Daniel Schmidt, venceu, na quarta-feira, o Grande Prémio da Semana da Crítica do Festival de Cinema de Cannes.

O anúncio foi feito na quarta-feira em Cannes, numa cerimónia que começou pelas 19:00 locais (18:00 em Lisboa), de acordo com a produtora do filme, num comunicado divulgado. Entretanto, a informação foi também divulgada na conta oficial da Semana da Crítica na rede social Twitter.

O prémio foi atribuído por um júri, presidido pelo realizador Joachim Trier e composto pelos atores Chloe Sevigny e Nahuel Pérez Biscayart.

"Diamantino", a primeira longa-metragem de ficção de Gabriel Abrantes e Daniel Schmidt, conta "a história de Diamantino, interpretado pelo ator Carloto Cotta, uma superestrela do futebol mundial, cuja carreira cai em desgraça".

"À procura de um novo objetivo para a sua vida, Diamantino entra numa odisseia delirante, que envolve neofascismo, crise dos refugiados, modificação genética e a busca pela origem da genialidade", lê-se no comunicado divulgado pela produtora.

Além de Carloto Cotta, o elenco desta coprodução entre Portugal, Brasil e França inclui Cleo Tavares, Anabela Moreira, Margarida Moreira, Carla Maciel, Filipe Vargas, Manuela Moura Guedes, Joana Barrios e Maria Leite.

O filme volta a ser exibido em Cannes na quinta-feira, às 14h15 locais (13:15 em Lisboa).

'Diamantino', refere a produtora, "vai ter estreia comercial em Portugal, numa data a anunciar brevemente".

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório