Meteorologia

  • 28 JULHO 2021
Tempo
18º
MIN 18º MÁX 28º

Edição

Facebook desenvolve projeto para deteção de imagens manipuladas

Os investigadores que trabalham para o Facebook apresentaram um método que torna possível a eliminação de "deepfakes", falsas imagens hiper-realistas editadas com base na inteligência artificial e na identificação da sua origem.

Facebook desenvolve projeto para deteção de imagens manipuladas
Notícias ao Minuto

17:00 - 18/06/21 por Lusa

Tech Deepfake

As "deepfakes" são um problema na internet, porque podem ser usadas para manipular ou difamar as pessoas, fazendo-as dizer ou fazer coisas que não disseram ou não fizeram.

De acordo com Tal Hassner e Xi Yin, dois investigadores da rede social que trabalharam no assunto, juntamente com a universidade estadual do Michigan (Estados Unidos), o sistema "facilitará a deteção de 'deepfakes' e o seguimento de informações relacionadas".

O método deverá fornecer "ferramentas para melhor investigar incidentes de desinformação coordenada, que utilizem falsificações profundas", disseram, citados pela agência francesa AFP.

Para o desenvolvimento do sistema, os investigadores utilizaram uma técnica conhecida como "engenharia inversa", que consiste em desconstruir o fabrico de um produto ou, neste caso, de um vídeo ou de uma fotografia.

O programa identifica imperfeições acrescentadas durante a edição, que alteram a impressão digital das imagens.

Na fotografia, esta impressão digital pode ser utilizada para identificar o modelo de câmara utilizado; na informática, o objetivo é identificar o sistema de geração utilizado para produzir a mentira.

A Microsoft introduziu, no ano passado, um programa que pode ajudar a detetar falsificações de fotos ou vídeos, um dos vários 'softwares' concebidos para combater a desinformação antes das eleições presidenciais americanas.

No final de 2019, a Google tornou públicas milhares de 'deepfakes' de vídeo, disponibilizando-as aos investigadores que desejassem desenvolver métodos para detetar imagens manipuladas.

Leia Também: Zuckerberg planeia trabalhar remotamente pelo menos metade do próximo ano

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Recebe truques e dicas sobre Internet, iPhone, Android, Instagram e Facebook!

O mundo tecnológico em noticias, fotos e vídeos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Tech ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório